FOFOCA DAS CELEBRIDADES

SEJAM BEM VINDOS !!!!!!!! FOFOCA DAS CELEBRIDADES DO MUNDO DA TELEVISÃO, TEATRO,CINEMA, MÚSICA...



Sexta-feira, Outubro 30, 2009


EM ENTREVISTA A JORNALISTA MARILIA GABRIELA NO
SEU PROGRAMA DO CANAL GNT RODRIGO LOMBARDI REVELA:
" NUNCA FUI O CARA QUE SAIU NA NIGHT PARA CAÇAR "


fonte/globo




FLAVIA ALESSANDRA:
" AMO LEITE CONDENSADO.JÁ TOMEI A LATA TODA "


fonte/ig





JESUS LUZ TOMA ÁGUA DE CÔCO COM UM AMIGO NO RIO


fonte/terra




GIOVANA ANTONELLI:
" EU JAMAIS FICARIA COM UM HOMEM CASADO "


fonte/globo

postado por: 23:57





ENTREVISTA CONTIGO


BRUNO GARCIA




fonte/contigo




Paixão em criar e atuar
Bruno Garcia volta à telinha em Cinquentinha, série
prometida para novembro, e, em meio às gravações,
arranca risadas dos paulistanos no teatro com
A Comédia dos Erros, de sexta a domingo


Acostumado com os palcos desde os 11 anos, o ator
Bruno Garcia, 38, começou a trabalhar em Recife, sua
cidade natal, dirigido por seu pai, Seu João, formado em
balé clássico. Foi para o Rio em busca de reciclagem
profissional em uma época, início dos anos 1990, em que
o crescimento cultural do terceiro polo cultural brasileiro
(só atrás de SP e Rio) deu uma estagnada, sem rodar filmes.

Com um videobook embaixo do braço, seu portfólio vanguarda
com telejornais e comerciais já feitos, e indicação de uma amiga
(Yolanda Rodrigues), Bruno nem precisou fazer teste na Globo.
Daniel Filho gostou da originalidade e do que viu na tal fita e o
chamou para seu primeiro trabalho na emissora: o programa
Caso Especial (1991), com Adriana Esteves e Miguel Falabella,
exibido às terças. Como diz o próprio ator, começou com o filé
mignon e depois foi fazendo pequenas participações aqui e ali
até conquistar seu primeiro protagonista e o reconhecimento do
público, em Coração de Estudante (2002).
Alto astral, bonito e cativante, Bruno recebeu a reportagem antes
da apresentação da peça em São Paulo e revelou ao site Contigo!
seus projetos, curiosidades ao longo da carreira e o que pensa
sobre as Olimpíadas no Rio, em 2016.

A peça A Comédia dos Erros estreou em junho no Teatro Imprensa
e agora fica em cartaz no Teatro da Anhembi Morumbi até
1º de novembro. Para você, qual a melhor fase de um espetáculo:
a da estreia ou quando o texto já está na ponta da língua, que dá
para brincar mais?
Gosto de todos os processos envolvidos, desde a leitura.
Só não gosto da última noite, que é muito triste. Como tiveram
duas substituições no elenco de um teatro para outro, a gente teve
de ensaiar novamente, e pessoas novas trazem outros ingredientes
ao espetáculo, é enriquecedor. Só não podemos reinventar
Shakespeare, mas refinar a cada dia é importante. Acertar o
timming da comédia é uma verdadeira equação. Sabia que a
segunda entrada do fantasma em Hamlet foi acrescentada depois
por Shakespeare? Ele fez isso porque muita gente chegava atrasada
ao teatro e perdia a grande cena da peça. Era uma segunda chance
para assistir (risos).

Você tem muita facilidade para a comédia. Esse seu jeito divertido
acaba incentivando as pessoas a chamá-lo para os papéis cômicos?

Bom, o Brasil já é um país inclinado a produções cômicas. E minha
veia cômica é mais explorada também. Mas é difícil o fazer rir; como
eu disse, é uma equação, porém, não é exata. Normalmente eu faço
papéis híbridos, em que o personagem tem seu lado cômico e, ao
mesmo tempo, é o galã. Ele não pode ser bobo, só um palhaço, tem
sua parte romântica. Mas quando faço muitas comédias, peço por
papéis mais dramáticos. Fiz Queridos Amigos (2008) recentemente
em um núcleo que não tinha nada de cômico.

Conte um pouco como começou sua carreira de ator. Sei que foi
ainda criança. Seus pais são do meio artístico? E como chegou ao
Rio de Janeiro e à Rede Globo?

Meu pai é formado em balé clássico; minha mãe, professora.
Comecei a atuar com 11 anos, em Recife - onde nasci -, dirigido ,
por meu pai. Não parei mais. Fiz teatro, comerciais, um telejornal
do governo por um ano. Lá, minha cara já era conhecida. Mas em
1990, uma crise chegou à cidade, terceiro polo cultural brasileiro, e
as produções ficaram estagnadas. Achei que fosse a hora de me
reciclar profissionalmente. Fui para o Rio com um videobook embaixo
do braço. Na época, uma coisa bem sui generis. Com a ajuda de
uma amiga, a Yolanda Rodrigues (produtora de elenco da Globo),
tive as portas da emissora abertas e mostrei meu portfólio. O Daniel
Filho viu, gostou, e nem precisei fazer teste. Fui chamado para o
programa Caso Especial, exibido às terças, com Adriana Esteves
e Miguel Falabella.

Daí foi para as novelas...

Diferente da maioria dos atores, comecei na Globo com o filé
mignon e depois fui fazendo participações aqui e ali, como
Você Decide, Retrato Falado (com a querida Denise Fraga) e
papéis em novelas. A primeira foi Felicidade (1991), de
Manoel Carlos, já com sua Helena - vivida por Maitê Proença.
Mas o curioso foi que as pessoas não associavam os diferentes
trabalhos que eu fazia ao meu nome. Não associavam um com
o outro. Soube que o mesmo Daniel Filho, que me chamou logo
de cara, dias depois viu outro trabalho meu e disse: ''Nossa, que
cara bom. Tem aparecido atores bons ultimamente, igual o da
semana passada'' (risos). Saber disso foi legal por eu ser
reconhecido por ter várias facetas, vários jeitos de atuar. Por
outro lado, eu precisava fazer alguma coisa para que as pessoas
associassem meu perfil e trabalho ao meu nome.

E quando percebeu existir essa associação e o
reconhecimento do público?

Foi só com Coração de Estudante (2002), quando fui o
protagonista. Nessa época percebi que as pessoas já sabiam
que aquele ator ali era o Bruno Garcia e conseguiam me
associar com outros trabalhos feitos, como em O Auto da
Compadecida (2000), nos cinemas.

O que faz além de atuar?

Adoro criar. Desenho, escrevo, faço stopmotion (arte com
massinhas). No filme Saneamento Básico, o Filme (2006),
fiz uma espécie de trailer do trailer existente no filme, o qual
batizei de O Monstro da Fossa - no filme é O Monstro do
Fosso. Dá para ver nos extras do DVD (e no site oficial do filme: http://www.saneamentobasicoofilme.com.br/extras_animacao.html).

Sério? Como foi isso, improviso?

Não, nada de improviso. Eu sabia que ficaria em Bento
Gonçalves (RS) por vários dias gravando e que não teria muito o
que fazer nas horas vagas. Levei vários materiais, comprei outros
lá e transformei o quarto do hotel em um verdadeiro estúdio,
retirando o estrado da cama - só ficou o colchão. Chamei o Jorge
Furtado para ver e ele adorou. Disse para eu colocar isso, de
alguma forma, no filme. Então, escrevi o roteiro e saiu a animação.

Além da peça em São Paulo, algum outro projeto para este ano
ainda ou início de 2010? O que já pode adiantar de seu futuro
próximo?

Bom, estreio Cinquentinha na Globo; a peça aqui em São Paulo
vai até 1o de novembro. Gostaríamos muito de levá-la para o Rio
também e talvez sair em turnê, mais isso é mais difícil pelo
tamanho do espetáculo. Para o ano que vem, posso adiantar que
estão previstos dois longas. E gostaria muito de colocar em cartaz
uma peça que escrevi há algumas décadas para crianças de todas
as idades.

Antes de sua filha, então? (ela está com 10 anos)
Sim, antes mesmo de eu conhecer a mãe dela.

Ela acompanha seus trabalhos, acha que vai seguir carreira?

Acompanha, já esteve em São Paulo vendo A Comédia dos Erros,
conhece a minha peça infantil. Vamos ver. Só não gostaria que
começasse tão nova como eu. É muito cansativo o trabalho.

Você é mais caseiro ou gosta de sair de casa? O que faz nas
horas vagas?

Eu gosto de programar o tempo livre para ficar com minha filha.
Adoro acompanhar a rotina dela, levá-la para a escola. Vamos
ao cinema, gosto de filmes para crianças. Para sair, prefiro às
idas ao bar e as conversas com os amigos, principalmente
aqueles que não são artistas, para falar de outras coisas, não
só de trabalho.

O que achou da vitória do Rio para sediar as Olimpíadas
de 2016?

Uma importante vitória de marketing. Espero que dê tudo
certo e, mais do que isso, que o Brasil, assim como os
outros países candidatos, obtenha um programa de incentivo
aos esportes - o que, infelizmente, não existe por aqui.



postado por: 23:46







REPORTAGEM " CÂMARA RECORD "


O QUE OS FAMOSOS FAZIAM ANTES DA FAMA ?


Após o sucesso, celebridades passam a ter sua vida
acompanhada de perto e exposta em páginas de revistas
e programas televisivos. Mas o que elas faziam antes da fama?
O "Câmera Record" desta sexta-feira mostra a vida comum que
artistas e personalidades do futebol levavam antes do estrelato.




A dupla sertaneja Bruno e Marrone, do sucesso "'Dormi na Praça",
trabalhava atrás do balcão de uma farmácia. Já Gian e Giovani eram
jornaleiros. Entregavam jornais e revistas de bicicleta e enfrentavam
uma dura rotina diária.






O ator Alexandre Barilari, da novela "Caminhos do Coração" é arquiteto
e entrou na faculdade com apenas 16 anos para satisfazer a vontade
dos pais.






O humorista Pedro Manso, o "Fala Silva", foi à Rua 25 de Março para
relembrar os tempos em que ganhava a vida fazendo locução para
lojas populares.






A funkeira carioca Perlla começou a vida trabalhando num ferro velho.
A equipe do jornalístico foi com a cantora até lá para saber mais
sobre essa fase difícil.






O jogador Finazzi, que já atuou pelo Corinthians, é formado em
engenharia civil. Ele conta que, quando pensava no futuro, via
plantas e construções. Já Amaral, ex-jogador do Palmeiras e do
Vasco, trabalhava em funerárias.






A dançarina Sheila Mello, que agora investe na carreira de atriz,
já encarou a chapa de sanduíches numa lanchonete. E prova
que é boa nisso, fazendo lanches para a equipe do
"Câmera Record".






Reconhecidos internacionalmente, os repentistas premiados
Caju e Castanha sabem bem o que é passar dificuldades e
já tiveram que morar embaixo da ponte.


postado por: 23:37




NA NOVELA " VIVER A VIDA "
QUAL PERSONAGEM VOCÊ ACHA
QUE VAI " ROUBAR "A CENA ?
HELENA ( TAIS ARAUJO )
LUCIANA ( ALINE MORAES )
TEREZA ( LILIA CABRAL )
DORA ( GIOVANA ANTONELLI )
RENATA ( BARBARA PAZ )


Ver Resultado

postado por: 23:23



BRUNO GAGLIASSO GANHA UMA CADELINHA DE
PRESENTE DA GIOVANNA EWBANK


fonte/globo




FABIANA KARLA FESTEJA ANIVERSÁRIO EM CLIMA
DE " DIA DAS BRUXAS" NA BOATE PEOPLE NO RIO

FABIANA KARLA E KATIUSCIA CONORO


fonte/extra



FABIANA E SAMANTHA SCHMITZ


fonte/extra




SABRINA SATO: " CONSEGUI COMPRAR MEU
APARTAMENTO QUANDO POSEI NUA "


fonte/terra

postado por: 23:09


Quinta-feira, Outubro 29, 2009




REPORTAGEM CONTIGO


VERA FISCHER




fonte/contigo


Vera Fischer
Um sonho de criança na terra dos faraós
Vera Fischer relata com exclusividade histórias
de sua viagem ao Egito, realizada após o trabalho
em Caminho das Índias, e revela que queria ser
arqueóloga quando era criança


Por Redação Online

Após vivenciar os costumes orientais no papel da
empresária Chiara em Caminho das Índias, Vera Fischer,
57 anos, deixou de lado a ficção e viajou ao Egito,
onde passou 15 dias desvendando os mistérios da terra
dos faraós. Entre pirâmides, templos e lendas da
Antiguidade, a atriz buscou energia e inspiração para
levar adiante seus novos projetos: o livro Allegra,
que está em fase final de produção, e uma peça de
teatro - ainda indefinida -, que fará com o amigo e
diretor Ulysses Guimarães. Antes de voltar ao trabalho,
no entanto, Vera conta com exclusividade aos leitores
da CONTIGO! como foi a viagem.

''Este é o Egito, terra dos faraós, terra dos Ptolomeus,
lar de Cleópatra. O meu olhar ávido logo se fixou nas
gigantescas estátuas de pedra, nas ruínas cobertas de
areia, nos relevos dos hieróglifos e nas imagens
coloridas em paredes e tetos, nas colunas que sustentam
os templos, nas palmeiras ao longo do Nilo, nas feluccas
barcos a vela) brancas, que deslizam pelas águas, e nas
areias infinitas.

Assim que botei os pés no Cairo fiquei extasiada com os
cheiros, as cores, os homens andando de mãos dadas, as
mulheres cobertas dos pés à cabeça. Tudo tão misterioso
e romântico. Adoro países exóticos! Já conheci alguns
países da África, o Marrocos, a Turquia, a Índia e agora
o Egito. E este me fascinou.

Vi de perto as riquezas de Tutancãmon, no Museu do Cairo.
E é claro que eu fui ver as pirâmides de Quéops - a única
das sete maravilhas do mundo antigo que ainda está em pé ,
Quéfren e Miquerinos.

Também visitei a Esfinge de Gizé, uma escultura de
considerável tamanho, com 57 metros de comprimento e
20 metros de altura. Conta uma lenda que a esfinge
perguntou a Édipo, rei de uma província grega: ''O que
é que anda com quatro pernas pela manhã, com duas à tarde
e com três à noite?'' Édipo, então, respondeu: ''Pela
manhã é um bebê engatinhando, à tarde um adulto andando e
à noite é um ancião com suas duas pernas e uma bengala''.
Diante da exatidão da resposta de Édipo, a esfinge se
atirou do alto do rochedo. Lendas...

Compras
No país ainda há muitas mesquitas e mercados. O maior
mercado do Cairo é Khan el-Khalili, onde eu ia todos
os dias. Comprei camisetas para meus filhos e meus amigos,
pashminas de cashmere lindas e túnicas longas de algodão e
seda para mim. Além de colares de turmalina, coral, prata,
pedras da lua, lápis-lazúli. Comprei, em especial, um
brinco de prata com ametistas para a minha filha, Rafaela,
e coloquei dentro de um baú lindo de madrepérola e madeira.
Ela adorou!

Para Gabriel, trouxe uma túnica de algodão azul-clara.
Ele estranhou um pouco, mas disse que ia usar para
receber a namorada e os amigos. Comprei também pirâmides
de lápislazúli e alabastro, cinzeiros com a cara de
Tutankamon, sarcófagos com múmias de madeira e dois
gatos pretos, um para Rafaela e outro para mim, que
representavam Bastes, a deusa felina protetora.
E muitas e muitas outras coisas mais.

Magdy Rachad, meu guia do Cairo, foi incansável me
acompanhando, sempre querendo o melhor para mim.
Afinal sou uma consumidora nata! Ele também me
ensinou a pedir as comidas certas e cuidou de mim
como quem cuida de uma criança. Certo! Sou uma criança
e adorei que ele cuidasse de mim.

Ele era um senhor gracinha, de uma generosidade a
toda prova, inteligente, sensível, que morou no
Brasil e fala português. A mulher dele disse que viu
minhas novelas e gostava muito de mim. Disse que eu
era elegante.

Nas águas do Rio Nilo
Depois de curtir o Cairo, fui conhecer os sítios
arqueológicos em um cruzeiro no barco Sun Boat IV pelo
Rio Nilo. Vi os Colossos de Memnon, estátuas monolíticas
de quartzo cristalino, de 24 metros de altura, que
representam o faraó Amenófis III.

Seguimos, ainda de barco, até o Templo de Philae, e à
noitinha cheguei a Karnak, quando os templos estão
iluminados e tudo fica mágico. No céu brilhava a lua
cheia, coroando esse dia imperdível. Eu me emocionei.
Esse é o mais solene e mais majestoso complexo de
templos encontrado em todo o Egito. Impossível
descrever tudo. Povo abençoado, o egípcio, onde
crescem deuses nos seus jardins.

Aprendi logo que a gentileza e a educação eram as
coisas mais importantes para eles. Quando visitei
a mesquita muçulmana na cidadela de Saladino, no
Cairo, por exemplo, me puseram uma capa fechada,
cobrindo os meus ombros. As pantufas sobre as minhas
sandálias serviam para não danificar os tapetes e não
pisar em solo sagrado com os pés sujos. Há que se
respeitar a crença religiosa.

Durante a viagem, fiz dois grandes amigos: os
guias, Magdy e Alaa Saleh, este um homem elegante,
natural da Núbia, muito culto e gentil, que me
acompanhou no barco. Eles não saíam do meu lado, me
contando histórias antigas e me dando sempre água
mineral, para que eu não me desidratasse. Aprendi
que água quer dizer ''maya'' e é a coisa mais
importante no calor egípcio.

Meus guias foram meus anjos da guarda e vou me
corresponder com eles. Afinal, o que há de mais
importante num lugar se não a figura humana, os
amigos que se faz?!

Ruas como as da Índia
Os egípcios têm, como coincidência com os indianos,
o caos no trânsito. Os sinais ficam verdes o tempo
todo, os carros vêm de todos os lados, eles buzinam
sem parar e estacionam de qualquer maneira, em
qualquer lugar. Às vezes, é impossível passar, e
atravessar a rua, então, é uma temeridade.

Mas, tirando isso, o povo é amistoso e gentil. Os
homens vestem túnicas longas e turbantes na cabeça.
As mulheres cobrem as pernas e os ombros e usam um
véu na cabeça.

Desde que comecei a estudar a história dos egípcios
na escola, meu sonho era conhecer essa terra. Quando
eu era menina queria ser arqueóloga. E aqui estou,
descobrindo coisas novas, nas coisas já descobertas.

Bom, se eu chamei a atenção dos homens? Chamei, sim.
Há muitas turistas loiras de shortinhos por lá, mas
eu me enfeitava com vestidos longos e colares no
pescoço. E modéstia à parte, sou simpática. Dava
bom-dia para todos, sorria e era educada. É claro
que os homens me olhavam. Teve um que me mostrou
uma estátua da Nefertiti e disse que eu era mais
bonita que ela. Depois me deu a estátua.

Fui ainda a vários outros templos. Impossível não
se encantar com a pujança daquelas obras. Foram duas
semanas de puro encantamento. Como saber qual era a
maneira com que eles construíram obras gigantescas
naquela época? Muitos já tentaram descobrir, mas
tudo ainda não passa de mistério...''




postado por: 23:22


Quarta-feira, Outubro 28, 2009




ENTREVISTA QUEM ACONTECE



PAULINHO VILHENA



fonte/quem



fonte/quem


Paulo Vilhena:
"Beta foi um grande amor. Sandy foi diferente"

Ator responde às perguntas dos leitores de QUEM

Priscila Bessa

Em cartaz no Rio de Janeiro com a peça O Arquiteto e
o Imperador da Assíria, o ator Paulo Vilhena, 30 anos,
fica completamente nu em cena. Ele afirma que não tem
pudor de expor o corpo, mas defende a proibição do uso
de celulares durante o espetáculo. “Em teatro nenhum se
pode filmar ou fotografar. Se a cena for divulgada fora do
contexto, vira um filme pornô”, diz o ator, que recebeu a
repórter Priscila Bessa para responder às perguntas dos
leitores enviadas ao site de QUEM.

Vilhena, que atualmente namora a atriz Thaila Ayala,
relembrou seu primeiro amor, a cantora Sandy, e negou
que tenha tido qualquer envolvimento com a atriz Carolina
Dieckmann. “É um boato que todas as novelas geram quando
se trata de um par romântico.”

1 - Você namorou celebridades como Sandy, Luana Piovani,
Priscila Fantin e agora está com a Thaila Ayala.
Prefere as famosas?

Tais Lima, Santo André (SP)

Não é uma questão de preferência. Há um monte de fatores:
personalidades que batem, ideais, valores, química, pele,
beijo. É isso que faz uma pessoa estar junto da outra.
Namorei a Roberta Alonso por três anos. Ela é atriz, mas
ainda não é famosa.

2 - Você sempre falava que o grande amor de sua vida
era a Sandy. Depois disso encontrou outro grande amor?

Paulo Batista, Canela (RS)

A Beta foi um grande amor. A Sandy foi diferente, porque foi
o meu primeiro amor. Já tinha tido outras namoradas, tinha
21 anos, mas antes era garoto, sentia tesão, mas não me ligava.

3 - Atualmente como é seu relacionamento com a cantora Sandy?

Maria da Graça, Vitória (ES)

A gente se vê muito pouco e se fala pouco também, mas é
super cordial. Seria bom se tudo fosse para sempre, mas não é.

4 - É verdade que se relacionou com a atriz Carolina Dieckmann?

Martha Gomes, Horizontina (RS)

Não. É um boato que todas as novelas geram quando se trata
de um par romântico. Não tem como fugir disso, você acaba
sendo a bola da vez dos tabloides, das revistas e dos programas
de TV, que precisam de matéria-prima para trabalhar.

5 - Gostou de apresentar o reality show Jogo Duro?

Marcos da Rocha, Santos Dumont (MG)
Gostei de voltar a apresentar. Antes, já tinha apresentado
o Vídeo Show, na Globo, e o Tribos, no Multishow.
O reality foi um convite de grande responsabilidade:
segurar um programa depois do Fantástico, ao vivo, coisa
que nunca tinha feito.



6 - Como está sendo a experiência de ficar nu no teatro?
É verdade que é proibido entrar com celular no espetáculo?

Gustavo Moreira, Carangolas (MG)

Não é difícil (ficar nu em cena). Quase nem se vê o nu, é
discreto. E é lógico que se pode entrar com o celular. Só
não pode fazer nada sem autorização. Em teatro nenhum
se pode filmar ou fotografar. É uma questão de educação.
E, se a cena for divulgada fora do contexto, vira um filme pornô.

7 - Toparia protagonizar cenas de sexo explícito em um
filme sério?

Julio Maia, Volta Redonda (RJ)

Sem problema, se tiver uma Laís Bodanzky (cineasta)
para me dirigir.

8 - Você participou de um programa de TV em que também
estava o Paulo Autran. Foi desse encontro que seu interesse
pelo teatro aumentou?

Luize Gomes, Salvador (BA)

O que aconteceu foi que a Mônica Waldvogel (apresentadora do
programa Dois a Um, em 2004, no SBT) me perguntou:
“Qual é a sua técnica?” Falei que sou muito intuitivo. Aí, o
Paulo disse: “Garoto, técnica é uma coisa, intuição é outra”.
Expliquei que eu não tenho técnica, não sou formado. Ele
disse para eu tomar cuidado porque “a beleza não dura para
sempre”. Com certeza, aquela conversa me marcou e me fez
atentar para isso.

9 - O que a fama significa para você?

Lucélia Montenegro, Araruama (RJ)

Quando moleque, tinha fama de tímido. Fama é um rótulo.
Cria-se fama de qualquer coisa. De comedor, bad boy, galinha,
namorador, bonitinho... Hoje em dia eu não ligo para isso.

10 - Como lida com fãs fanáticas?

Marina Rodrigues, Rio de Janeiro (RJ)

É difícil, porque a pessoa não tem controle.
É diferente de falar: “Eu te admiro pra caramba, posso te
dar um abraço?” Há pessoas que não têm esse limite e
aquilo vira uma explosão. Você se sente acuado. Respeito
muito o sentimento dos fãs, mas, se passo por uma situação
dessas, falo: “Como e cago igual a você, não tem
diferença nenhuma”.

11 - Com o tempo você foi ficando cada vez mais estiloso.
Como se formou seu gosto diferenciado pela moda?

Cíntia Bohns, Rio de Janeiro (RJ)

Tenho uma irmã mais velha e ficava olhando ela se vestir,
sempre estilosa. Você se veste como quer ser visto. Eu pego
a roupa que está no armário ou no chão, ponho uma camiseta
com a calça jeans que estou usando há uns três dias e pronto.

12 - Você está com 30 anos, mas continua com cara de
menino. Como se sente na pele de um balzaquiano?
Teve crise? Sentiu alguma mudança?

Luiza Mendes, Búzios (RJ)

Por enquanto está tudo certo, sem dor (risos). A fase chegou
quando tinha que chegar, não tem como antecipar nem atrasar isso.

13 - Você lançou uma grife em sociedade com a sua ex, Roberta
Alonso. Como fica o projeto agora que está namorando outra pessoa?

Mariana Corrêa, São Paulo (SP)

Imagina! Vai a mil por hora, temos reuniões semanais para
definir coleção, palheta de cores, é um negócio que tem
que andar independente da relação ter terminado ou não.
A gente namorou três anos, temos muita sintonia, não consigo
entender as pessoas que se relacionam durante anos com
uma pessoa, de repente esse amor acaba. Só que não acaba.
Se transforma em alguma coisa. Para mim se transforma em
amor, carinho, amizade e é o que houve com a Beta. A não
ser que haja uma sacanagem, mas eu não acredito. Me
relaciono com pessoas que pressuponho que tenham caráter.
Então acho que nunca vai acontecer de eu terminar um
relacionamento e não querer ver a pessoa, saber da pessoa,
eu me preocupo. Tem pessoas que mesmo não estando
perto é uma questão de compaixão.

14 - Paulinho, que atores e atrizes você mais admira,
tem como referência?

Luize Gomes, Salvador (BA)

Nossa tem tanta gente. Gringo eu gosto muito do
Seann Penn, do Joaquim Phoenix, daqui do Gustavo
Machado, Gero Camilo, Matheus Solano, com quem eu
já trabalhei e é muito bom, o Caio Blat. De mulheres
Andréa Beltrão, Marieta Severo, Silvia Lourenço, Cleo Pires,
acho muito boa atriz. Fazia uma Surya odiosa!


15. O que o Gustavo do seriado Sandy & Júnior representou
em sua carreira?

Kelly Fagundes, Brasília (DF)

Muita coisa. Foi meu primeiro personagem na TV, minha
primeira oportunidade de conhecer a máquina que é a
televisão, me deparar com uma estrutura de profissionais
enorme para fazer um programa. Foi onde comecei a
aprender a atuar mesmo, com os meus colegas, meus
diretores. Aprendi a ser profissional, respeitar os profissionais.
tinha horário, responsabilidades. Eu já tinha essa consciência
de quando trabalhava em São Paulo, durante três anos,
modelando. Meu pai, Sérgio, também me ensinou esse lado
de ser profissional.










postado por: 15:07



EM ENTREVISTA AO PROGRAMA DA MARILIA GABRIELA
NO CANAL " GNT" FERNANDA LIMA DEU DUAS DECLARAÇÕES
QUE CHAMARAM A ATENÇÃO

" NA PRÓXIMA ENCARNAÇÃO QUERO VIM HOMEM "


" PARA TER ORGASMO É PRECISO SE CONCENTRAR "



fonte/globo





LEO MOURA FESTEJA SEU ANIVERSÁRIO EM RITMO DE PAGODE


fonte/ig




DANIELLE WINITS:
" SOU A FAVOR DA LEI SECA, MAS NÃO
QUIZ ME EXPOR "


fonte/terra




LUCIANA GIMENEZ E MARCIO GARCIA SE ENCONTRAM
EM INAUGURAÇÃO DE UMA LOJA EM SP


fonte/ig





CAROLINE BITENCOURT E ALVARO GARNEIRO REATAM !
O CASAL NÃO DECLAROU NADA A IMPRENSA SOMENTE
CONTOU PARA AMIGOS PRÓXIMOS


fonte/ig

postado por: 14:47










1- O ator Ailton Graça:

A- Cobrador de lotação
B- Atendente em um pet shop
C-Engraxate


2- O cantor Alexandre Pires:

A- Auxiliar de escritório
B- Funcionário de lavanderia
C- Porteiro de boate


3- A cantora Ângela Maria:

A- inspetora numa fábrica de lâmpadas
B- Tradutora de documentos russos para o português
C- Cantora de churrascaria


4- O ator Brad Pitt:

A- Modelo
B-afiador de patins de gelo
C- Entregador de geladeiras


5- A atriz Cláudia Jimenez:

A- Monitora de acampamento
B- Animadora de festa infantil
C- Professora de jardim de infância


6- O ator Edson Celulari:

A- Atendente em uma padaria em Bauru
B- Corretor de imóveis
C- Administrador de fábrica de gelo


7- A cantora Elza Soares:

A- Operária numa fábrica de sabão
B- Faxineira de um cartório
C- Garçonete


8- O cantor Fábio Júnior:

A- Assistente de fotógrafo
B- Entregador de jornal
C- Office-boy


9- O diretor de teatro Gerald Thomas:

A- Lanterninha de cinema
B- Assessor de imprensa
C- Motorista de ambulância


10- A cantora Gal Costa:

A- Vendedora de discos
B- Bilheteira de teatro
C- Funcionária da Light


11- O cantor Marcelo D2:

A- Garçom
B- Porteiro
C- Motorista particular


12- O ator Marco Ricca:

A- Professor de História
B- Tradutor
C- Enfermeiro


13- O cantor Rod Stewart:

A- Bartender
B- Coveiro
C- Ascensorista


14- O ator Sylvester Stallone:

A- Carregador de mudanças de casas
B- Entregador de leite
C- Varredor de jaula de leões


15- O cantor Vinny:

A- Empacotador de supermercado
B- Vendedor em loja de sapatos
C-Auxiliar de cabelereiro


QUER SABER SE VOCÊ É FERA? PASSE O MOUSE













postado por: 14:36


Terça-feira, Outubro 27, 2009


NASCE VITORIA A SEGUNDA FILHA DE FERNANDA VENTURINI
E BERNARDINHO.ELA NASCEU SEGUNDA FEIRA (26) PESANDO 3,595KG
E MEDINDO 49,5 CM. MAMÃE E BEBÊ PASSAM MUITO BEM


fonte/globo




ANGÉLICA E LUCIANO HULK PRESTIGIAM LANÇAMENTO DO
LIVRO COM RECEITAS DOS 10 ANOS DO MAIS VOCÊ


fonte/ig



SASHA CIRCULA NO RIO COM PÉ IMOBILIZADO


fonte/globo



MURILO BENICIO ALMOÇA COM SEU FILHO CAÇULA
PIETRO E DÁ COMIDA NA BOCA


fonte/terra




PATRICIA POETA FICARÁ AFASTADA DO " FANTÁSTICO "
POR UNS DIAS A JORNALISTA MACHUCOU O ROSTO
NUMA QUEDA


fonte/globo



MAX FERCONDINI E AMANDA RICHTER TROCAM BEIJOS
APAIXONADOS


fonte/globo

postado por: 23:26




ENTREVISTA CONTIGO


MEGAN FOX



fonte/contigo



Megan Fox
''É muito bom assustar as pessoas!''
A ''nova Angelina Jolie'' abre o jogo sobre a fama,
os cuidados com o corpo e a sensação de virar
um monstro no filme Garota Infernal


Por Robert Hayes/IFA

Eleita uma das mulheres mais sexy do mundo
pelas revistas FHM e Maxim e considerada a
''nova Angelina Jolie'' por causa de suas declarações
bombásticas, a atriz Megan Fox, 23 anos, caminha a
passos largos para se tornar uma das grandes
estrelas de Hollywood. Passou pela modelagem,
fez participações em séries e, finalmente, ganhou
fama na franquia cinematográfica Transformers.
Megan não se preocupa em ser vista como uma intérprete
séria agora, ainda mais quando foi escolhida para ser a
nova garota da campanha da marca Armani. Sabe que
ainda tem uma longa estrada para conseguir vencer pelo
talento. E a estrada começa em Garota Infernal, no qual
faz uma linda líder de torcida que é possuída por uma
entidade maligna - criada pela roteirista oscarizada
Diablo Cody, de Juno. Pela primeira vez, a visão de
Megan Fox causa terror. Acredite se quiser.

Você se considera um símbolo sexual?

Eu não vejo meus filmes e não olho minhas fotos.
Tenho fobia disso, mas o trabalho exige. Então, da
última vez que precisei aprovar minhas imagens,
tomei uma garrafa de champanhe antes (risos).
Acho que o lance sexual vem dos filmes do Michael
(Bay, diretor de Transformers). As mulheres em seus
longas são sexy.

Mas você é a mulher mais sexy do mundo segundo
várias revistas masculinas...

Olhe, eu tenho plena consciência disso, então
reclamar seria um absurdo, não é? Nunca dei razão
nenhuma para alguém me louvar por meus talentos
dramáticos. Não posso reclamar porque as pessoas
não me reconhecem como atriz. Minha responsabilidade
é mostrar que elas deveriam notar isso. Ainda não
consegui, mas não vou chatear ninguém. Se falam que
sou atraente, acho incrivelmente enaltecedor e agradeço.
Mas não me ajuda a passar o dia, porque tenho meus
problemas e minhas inseguranças.

O que você faz para manter a forma?

Eu malhei um pouco, especialmente quando estava
rodando Transformers no Novo México. Mas não da
forma normal. Trabalhava tanto nas filmagens, cerca
de 16 horas por dia, que não tinha energia para ginástica
depois de todo aquele esforço. No único momento de
descanso que tivemos, fomos beber num bar local.

O que você acha dessa obsessão pelo corpo perfeito?

Meu peso flutua constantemente. Não me cuido tanto
assim (risos). Odeio entrar nesse assunto, não quero
pirar e me analisar, mas não sou tão saudável assim,
não sou esse tipo de garota. Nem tenho dieta especial.

Então, você é naturalmente linda, magra e não faz
exercícios?

Não, não. Eu tenho um treinador, mas nem sempre
vou às sessões de treinamento.
Faço uma vez por semana.

Você nasceu numa cidade pequena do Tennessee.
Parte da aventura em ser uma estrela é conhecer
o mundo?

Com certeza! Somos expostas e jogadas nesse
estilo de vida. As experiências são incomuns sempre,
mas se preciso existir dessa forma, que seja. Minhas
necessidades se encaixam.

Com quantas tatuagens você está?

Oito. Cada uma mais bonita do que a outra (risos).

O que mudou em sua vida após o sucesso de
Transformers?

Acho que os dois filmes abriram portas na minha
carreira e me possibilitaram estar em longas que não
mereço estar. Acabei de filmar Jonah Hex (adaptação
de uma história em quadrinhos) com Josh Brolin (Milk
A Voz da Igualdade) e John Malkovich (Queime
Depois de Ler). Atrizes não têm esse tipo de
oportunidade! Então, considero uma benção.

Sua vida cotidiana mudou?

Muito. Ser fotografada no supermercado ou saindo
da farmácia com o xampu nas mãos ainda é novo
para mim, mas não é tão insano. Dá para se acostumar
bem rápido. Tudo bem que preciso pensar muito mais
no meu figurino antes de sair de casa.

O que você já aprendeu com a fama?

É preciso se resguardar um pouco, porque há
pessoas que querem tirar vantagem do que você
fala, distorcendo suas palavras para explorá-las.
Ainda estou aprendendo o jogo. Infelizmente, não
posso ser eu mesma como gostaria.

Como foi interpretar um papel tão diferente em
Garota Infernal?

O que mais amei foi o fato de ele ser tão incômodo o
tempo todo. Era minha parte preferida do roteiro e da
personagem. É divertido falar as bobagens que ela fala,
escapar ilesa e ver as pessoas achando charmoso.

Você não teve nenhum receio em assumir esse tipo
de papel?

Você está falando de sair de Transformers 2 para esse
filme (risos)? Bem, obviamente, não há robôs como
distração para qualquer interpretação que eu faça.
Se for terrível, você vai saber que é terrível. Então, foi
bem intimidante, mas acho a personagem tão divertida
e eu nem tinha certeza do que estava fazendo. Só tentei
aproveitar e acho que estava tirando um sarro da minha
imagem, de como as pessoas acham que sou.

Sabemos que o longa é assustador, mas o quão
sexy ele é?

Ah, muito sexy. É melhor colocar suas botas (risos).
Há um relacionamento entre minha personagem e a
de Amanda (Seyfried, de Mamma Mia!) que indica um
pouquinho de lesbianismo. O longa tem um beijo entre
garotas, mas acho que é mais uma homenagem engraçada
aos filmes de terror, nos quais sempre acontece um
assassinato depois de um momento de sedução.
Neste caso, os homens são seduzidos para se aproximarem
dessa garota morta para que ela os devore. É muito bom
assustar as pessoas!

Você é fã de filmes de terror?

Na verdade, não sou. Nunca vejo esses longas, porque
tenho um medo intenso do escuro e o último filme ao
qual assisti no gênero foi Lenda Maldita. Eu tinha 15 anos
e precisei dormir por duas semanas na cama da minha
mãe depois disso. Sou muito impressionável



postado por: 23:15




MARCELLO NOVAES :
" ESTOU COM SAUDADES DE VOLTAR A VIDINHA DE CASADO "


fonte/globo



PRISCILLA FANTIN:
" ACHO AS MINHAS SARDAS MUITO CHARMOSAS "


fonte/terra



DANIELLE WINITS : " MULHER TEM QUE TER CURVAS. SOU FELIZ ASSIM "


fonte/ig

postado por: 23:03





REPORTAGEM CONTIGO


RODRIGO HILBERT



fonte/contigo




Rodrigo Hilbert
Um homem com mil e uma utilidades
Depois de participar de uma campanha da Bombril,
o ator, pai, marido e, quando sobra um tempinho,
modelo também, Rodrigo Hilbert volta à telinha na
novela Viver a Vida

Por Adriana Del Re

O ator Rodrigo Hilbert, de 29 anos, é o tipo de homem
que toda mulher sonha em ter como marido (bom, isso
Fernanda Lima já conseguiu) e toda mãe, como genro.
Alto, loiro, lindo e boa gente, o ator hoje em dia é um
cara pacato, dedicado à família. Já admitiu que, quando
Fernanda precisa gravar seu programa semanal
Amor & Sexo, não se aperta e cuida dos gêmeos do
casal, Francisco e João.

Em tempos passados, o rapaz já teve fama de
conquistador. Nem Maria Paula e Juliana Paes
resistiram aos seus belos olhos azuis. Com
Fernanda, já havia namorado em 2005, se separaram
e reataram o relacionamento dois anos depois.
Passaram a morar juntos, tiveram os pimpolhos e o
ator sossegou.

No ano passado, Rodrigo chegou a tirar uma espécie
de licença-paternidade após o fim da novela Três Irmãs,
para ajudar a mulher na dupla jornada de troca de fraldas,
banhos, mamadeiras e por aí vai. Agora, está de volta às
novelas, no folhetim de Maneco, Viver a Vida, interpretando
o aventureiro Felipe.

Mas ser ator não foi a primeira opção de trabalho do
bonitão. Natural de Orleans, Santa Catarina, Rodrigo
Hilbert Albertoni trabalhou como ferreiro com o avô e ficou
na dúvida entre Agronomia e Informática. No final das contas,
não seguiu nenhuma dessas áreas. O rapazote tímido, que
não gostava nem que as tias tirassem fotos dele, foi
descoberto por uma agência quando tinha 18 anos. E a
bela estampa o ajudou a estrelar campanhas para grifes
importantes, como da Versace.

De galã a vilão
Morou um tempo em São Paulo, onde chegou com pouco
dinheiro no bolso, e depois se mudou para o Rio. Foi aí
que sua carreira foi parar em outra direção: a da atuação.
Fez um teste de vídeo na Globo e logo depois estreou na
TV, num papel pequeno em Desejos de Mulher, de 2002.
Resolveu investir naquilo. Paralelo ao curso de interpretação,
fez pontas nas novelas Da Cor do Pecado (2004), como o
espírito Roberval, e em Senhora do Destino (2004), fazendo
o caminhoneiro que leva a personagem Maria do Carmo do
Nordeste ao Rio.

Em 2005, foi o galã Murilinho, que é disputado por duas
mulheres na novela América, de Glória Perez. Mas os
papéis de maior destaque vieram mesmo em Pé na Jaca
(2006) e Duas Caras (2007), onde viveu o revoltado Ronildo,
filho tirado da personagem de Marília Gabriela quando ainda
era criança. O fim do personagem foi trágico, mas Rodrigo
carimbou sua presença no elenco da novela das 7,
Três Irmãs, em 2008, interpretando o surfista Gregg.

Cinema e passarelas
No caso de Três Irmãs, o ator não deve ter tido muitas
dificuldades para entrar no personagem, já que é surfista
também fora da ficção. Quando não está em casa, cuidando
da mulher e dos filhos, ou gravando nos estúdios do Projac,
Rodrigo gosta de passar o tempo pegando onda nas praias
do Rio - ou de outra parte do mundo.

Ele ainda encontra brecha para modelar. Apesar de hoje ser
mais ator do que outra coisa, Rodrigo continua a frequentar
as passarelas e as sessões de fotos para marcas famosas.

Está também em cartaz nos cinemas como protagonista do
filme Flordelis - Basta uma Palavra para Mudar, ao lado de
Letícia Sabatella, Isabel Fillardis, Reynaldo Gianecchini e
outros. Vive o chefão do tráfico de um morro carioca, numa
produção que combina documentário e ficção. Não é o
primeiro filme em seu currículo cinematográfico: o ator já
havia participado de longas como Irmãos de Fé (2004) e
O Guerreiro Didi e a Ninja Lili (2008).

Vida corrida? Para um homem com mil e uma utilidades
como Rodrigo Hilbert, desdobrar-se em tantos papéis
é fichinha. Sorte de dona Fernanda Lima!

2009 - Viver a Vida
2008 - Três Irmãs
2007 - Duas Caras
2006 - Pé na Jaca
2005 - América
2004 - Senhora do Destino
2004 - Da Cor do Pecado
2002 - Desejos de Mulher
2002 - A Grande Família

Cinema
2009 - Flordelis - Basta uma Palavra para Mudar
2008 - O Guerreiro Didi e a Ninja Lili
2004 - Irmãos de Fé


postado por: 23:00


Segunda-feira, Outubro 26, 2009





postado por: 21:58



REPORTAGEM FANTÁSTICO


O QUE ACONTECEU COM OS EX- BBBS APÓS 15 MIN FAMA ?

Veja o que aconteceu com ex-integrantes do BBB após os
15 minutos de fama Rogério, da quarta temporada, voltou a
ser zelador de cemitério.

Participante da sexta edição do programa hoje é vendedor de loja.

Do G1, com informações do Fantástico

O que terá acontecido com os participantes do Big Brother Brasil
(BBB) que não conseguiram manter os 15 minutos de fama após
participarem do reality show? O "Fantástico" foi atrás de alguns
dos personagens do programa e mostra o que eles estão fazendo
hoje, longe das câmeras.

Agostinho, que participou da sexta temporada do programa, voltou
a trabalhar no comércio, em uma loja de eletrodomésticos do Rio
de Janeiro. "Eu tenho um filho, né? Eu tenho casa, tenho que
sustentar a casa. Se você não trabalhar, quem vai pagar as
contas?", diz ele.
Agostinho hoje trabalha em uma rede de lojas de
eletrodomésticos





A ex-motogirl Léa hoje trabalha como massagista em
São Paulo – e diz se considerar uma pessoa de sucesso.
"Dos pacientes que eu atendo aqui ou a domicílio, o
pessoal só fala bem da minha massagem", diz ela.







Já Rogério, do BBB 4, voltou à profissão antiga,
trabalhando em um cemitério. “Depois que eu saí do
programa, a freguesia no cemitério aumentou, o que
foi legal”, conta ele, que limpa túmulos e cuida dos
jardins de um cemitério em São Paulo. Ele diz que
o emprego permite que ele pague a faculdade.







Thiago, também do BBB 4, tirou férias, mas acabou por
encontrar uma nova profissão. O ex-auxiliar administrativo
diz ter ficado "dois anos meio que de férias, meio vagabundão,
praia todos os dias". Mas voltou ao batente: hoje ele é sócio
de um restaurante em Niterói (RJ).







Marcos, do BBB 8, agora é chefe de cozinha em Vitória (ES).
“Estudo de manhã, faço estágio à tarde e trabalho à noite.
Quando você entra no Big Brother, você é reconhecido pela
sua feição. Agora, graças a Deus, estou sendo reconhecido
pelo meu trabalho. Eu acho que é muito mais gratificante,
porque é duradouro”, diz ele.






Mais ex-BBBs contam como tocam a vida hoje, depois da
fama Manoela, da 2ª edição do reality show, especializou-se
em cabala.Ela questiona 'obrigação' de seguir carreira artística.


“Fiquei três anos na função Big Brother, né? E ganhando dinheiro,
tem mais é que ganhar mesmo, tem mais é que entrar e fazer
dinheiro, muito evento, muitas festas, entendeu?”, diz Manoela.

Manoela tinha 22 anos quando entrou no BBB2. Ela estudava
administração no Rio de Janeiro. Saiu da casa derrotada na final,
faturou como ex-BBB, trabalhou no mercado financeiro, mas aí
veio a iluminação. “Comecei a estudar tudo, fui pra budismo,
zen-budismo, xamanismo, ufologia, até ufologia eu estudei”,
conta. Ela também estudou a cabala, e há dois anos ganha a
vida dando aulas sobre essa doutrina mística. “Sempre estudei,
sempre fui meio filósofa”, diz.



Por isso, nada de holofotes na vida dessa ex-BBB,
apesar dos convites. “Você sai do Big Brother, um mês depois
tem uma peça de teatro te convidando. 'A Manoela do Big Brother
está aqui fazendo peça de teatro.' Mas ia ser um mico tão inenarrável,
que eu falei, gente, eu não posso aceitar isso, que eu nunca
estudei teatro.”
“Parece que é obrigatório, para as pessoas que fazem Big Brother,
você seguir uma carreira artística. E eu não acho que seja”,
opina Manoela.


Você viu aqui na semana passada o destino de alguns participantes
do Big Brother Brasil. Quem virou artista? Quem está servindo pizza?
Quem é dona de salão de beleza? Hoje você vai ver mais algumas
histórias da vida depois da fama. Tudo é festa na vida dos brothers.


Até chegar a eliminação, quando acaba o sonho de riqueza e fama.



“Ninguém vai pagar minha conta porque eu sou ex-big brother,
sacou?”, diz Felipe Cobra.
É verdade, mas existe uma atividade que garante um dinheiro:
a do ex-BBB profissional. “Fiquei um ano vivendo daqueles bicos
que Big Brother geralmente faz: aparece aqui, aparece ali,
aparece aqui, aparece ali”, conta Felipe.






“Era convidado pra ir em festa, que no final era meio que trabalho
Você ganha uma quantia legal, mas nada que vai te manter
muito tempo, né?”, diz Aírton.







Quem não se lembra da graciosidade da Cida? Ela melhorou a
coordenação motora. Antes do BBB, Cida tinha sido aeromoça
durante vinte anos. Saiu da casa e tentou ralar na mesma
profissão. Não deu certo. Resolveu então assumir, no Rio de
Janeiro, toda aquela vocação artística que o Brasil conhece:
“Resolvi montar uma companhia de teatro, que eu tinha muita
vontade de reunir pessoas talentosas, que não tinham oportunidade
de entrar no Big Brother.”







No BBB2, quem teve oportunidade foi o Moisés. Oportunidade de
comer muito. Não deu outra: ele, que era vendedor, voltou para
Porto de Galinhas, em Pernambuco, e abriu um restaurante.
“Vocês podem ver que o nosso espaço aqui é aconchegante,
climatizado. É uma coisa boa, apareçam aqui cada vez mais,
porque isso aqui foi um upgrade que o Big Brother deu para
minha vida”, afirma Moisés.






Quando estava na casa, o Felipe Cobra sabia que, festas à parte,
o BBB não é moleza. “O Big Brother fez eu amadurecer e
realmente encarar a vida como ela tem que ser encarada, entendeu?
Tipo assim, trabalhar, ralar, correr atrás”, diz Felipe. Antes do BBB,
ele era dono de uma loja. Depois de sair da casa, ele terminou o
curso de educação física e hoje dá aulas em uma academia no Rio.
Está vendendo saúde.







Já o Aírton, que na casa admitiu ser igual ao caubói Alberto no que
diz respeito a pecados capitais, hoje faz como a Cida: rala muito no
Rio de Janeiro. “Não fiquei rico, tô aqui pobre, lutando, acordando
às 5h30, como todo mundo, e chegando em casa às 23h, e é isso
aí”, conta o ex-BBB. Aírton teve vários trabalhos antes do BBB.
Agora tem dois empregos e estuda desenho industrial à noite.
Vida normal.







A Tati Pink chegou a trabalhar no Zorra Total, da TV Globo,
depois do BBB5, mas acabou retomando a profissão de antes
do programa. Voltou para o Recife, e hoje é dona de um salão
de beleza. “Um programa dá um limão, não é? Agora, faz a
limonada quem quiser. Eu tô já fazendo doce de limão com
o limão que eles me deram”, diz Pink.


Outros ex-BBBs




Quem anda fazendo limonada também é a Joseane,
do BBB3: virou corretora de imóveis








A Mariana e o Saullo, do BBB6, são empresários.







A Thaís do BBB2 é personal trainer.








O doutor Marcelo, do BBB8, hoje é psiquiatra;







A Inês, do BBB6, é vendedora.








E a Solange, do BBB4, virou atriz.

postado por: 00:43


Domingo, Outubro 25, 2009



FAMOSOS PRESTIGIAM SHOW DE MARIA BETÂNIA NO " CANECÃO "

CAETANO VELOSO E GLORIA PIRES


fonte/ig



CAETANO VELOSO , VANESSA DA MATA E REGINA CASÉ


fonte/ig



RENATA SORRAH E PAULA BURLAMAQUI


fonte/ig

postado por: 23:50





1.FEZ RECENTEMENTE O PERSONAGEM ZECA NA NOVELA "PARAISO"





a) malvino salvador
b) eriberto leão
c) bruno mazzeo



2. ELA ESTREIOU NA TV NA NOVELA "LAÇOS DE FAMILIA"




a) julia almeida
b) deborah secco
c) juliana paes



3.ELE É UM DOS MELHORES PILOTO DA F1.




a) felipe massa
b) rubens barrichelo
c) caca bueno




4. ESTREIOU NA TV NA NOVELA " TERRA NOSTRA"





a) lu grimaldi
b) maria fernanda candido
c) ana paula arosio


5. BRILHOU NA NOVELA " CABOCLA" COMO BELINHA





a) debora falabella
b) regiane alves
c) vanessa giacomo




6. NOS ANOS 80 SEU PERSONAGEM FAZIA SUCESSO
NA " ARMAÇÃO ILIMITADA"





a) claudia raia
b) debora bloch
c) andrea beltrão




7. FEZ O PERSONAGEM " SIRI " NA MALHAÇÃO





a) andre marques
b) marcos pitombo
c) paulo vilhena




8.FOI A PROTAGONISTA NA MINISSÉRIE "MAISA"





a) larissa maciel
b) giovana antonelli
c) carolina dieckmann




9. ELE É PAI DE GABRIEL FRUTO DE SEU RELACIONAMENTO COM
A JORNALISTA CRISTIANE DIAS





a) thiago lacerda
b) edson celulari
c) thiago rodrigues



10. ELA FOI A CAMILA NA NOVELA "CAMINHO DAS INDIAS"





a) isis valverde
b) carolina oliveira
c)leticia sabatella



PASSE O MOUSE, NA FIGURA ABAIXO E VEJA SE VOCÊ É FERA !


postado por: 23:40



BRAD PITT SOFRE ACIDENTE DE MOTO. MAIS FOI SÓ
UM SUSTO, O MARIDO DA ANGELINA JOLIE NÃO SOFREU
NENHUM FERIMENTO GRAVE



fonte/terra




PRISCILLA FANTIN PASSEIA COM SEU NOVO NAMORADO


fonte/globo




CELEBRIDADES MARCAM PRESENÇA EM FESTA PARA O
BRASILEIRO FRANCISCO COSTA UM DOS ESTILISTAS DA
MARCA " CALVIN KLEIN "

CAROLINA FERRAZ E ELIANA


fonte/quem



ANINHA LIMA, CHRISTINE FERNANDES E LUIZA MARIANI


fonte/quem


CLAUDIA GIMENEZ, JULIA ALMEIDA E FERNANDO TORQUATTO


fonte/quem

postado por: 23:39





NA NOVELA " VIVER A VIDA "
QUAL PERSONAGEM VOCÊ ACHA
QUE VAI " ROUBAR "A CENA ?
HELENA ( TAIS ARAUJO )
LUCIANA ( ALINE MORAES )
TEREZA ( LILIA CABRAL )
DORA ( GIOVANA ANTONELLI )
RENATA ( BARBARA PAZ )


Ver Resultado

postado por: 23:28


Sexta-feira, Outubro 23, 2009


CHRISTINE FERNANDES CAPA DA REVISTA ESTILO
DESTE MÊS A ATRIZ DE VIVER A VIDA, DA TV GLOBO, MOSTRA
COMO CRIAR LOOKS SUPERFEMININOS COM MODELAGENS
ATUAIS E CORES VIVAS

TOMARA QUE CAIA


fonte/abril


UM OMBRO SÓ


fonte/abril



DECOTE V


fonte/abril



DECOTE CANOA


fonte/abril

postado por: 23:41



DAVI FILHO DE CLAUDIA LEITTE JÁ ESTÁ FICANDO EM
PÉ E SUAS " PALAVRAS PREFERIDAS " É MAMA E CUCO
CLAUDINHA BRINCA QUE É AS DUAS COISAS QUE ELE MAIS
GOSTA: MAMA = MAMÃE E CUCO = SUCO


fonte/globo



MARCELLO NOVAES PASSEIA NA PRAIA COM SEU FILHO
MAIS VELHO


fonte/ig



ATOR DE " CARAS E BOCAS " É ATROPELADO NO RIO
MAS PASSA BEM, ASSESSORIA DIZ QUE FOI SÓ O SUSTO


fonte/globo




ALEXANDRE FROTA E SPERLE ( MODELO QUE DESFILOU
NO CARNAVAL COM O MENOR TAPA SEXO DO MUNDO ( 3 CM ) )
TROCAM BEIJOS E CARÍCIAS NUMA BALADA EM SP



fonte/terra

postado por: 23:32







ENTREVISTA PLAYBOY


DIRA PAES



fonte/abril


CONFIRA 10 PERGUNTAS PARA A ATRIZ:

1 Voltando à história do boto que a sua avó teria visto.
Dizem que a mulher que vê um geralmente não resiste.
Acha que pode ser neta de boto?

Não, não! Minha avó não correu risco porque ela já tinha
tido filho. Porque o boto, naquela época, gostava de pegar
virgens. Hoje, não sei se mudou... Vai que tem um que curte
uma mulher mais madura. Mas boto não é novinho, não.
É mais esse homem de quarenta anos. E, olha, o boto é a
salvação da lavoura. E o meu já está em casa. (risos) Sem ele,
muitas mulheres estariam perdidas.


2 Você estreou como atriz em um filme americano, Floresta
de Esmeraldas. Como foram os testes?

O diretor se dirigiu a mim e eu respondi em inglês. Ele ficou
surpreso e perguntou meu nome, respondi “my name is Dirrra”,
com aquele sotaque inglês, forçando o “r”. “Do you speak english?”
E eu “Yes, a little bit”, aquelas coisas que você aprende na primeira
lição. “How old are you?” I’m fifteen. Me lembrei da aula que aprendi
que tinha que pronunciar bem o “teen”.


3 Da literatura paraense, de quem gosta mais?

Olha, conheci a obra de Dalcídio Jurandir (1909-1979) em 2004.
É uma pérola que não foi descoberta nem pelos próprios
intelectuais de época dele, porque ele é de uma leitura que exige
dedicação. É o meu ídolo no momento. O Dalcídio me levou a
lugares únicos, nunca li nada parecido. Acho o Dalcídio atual.
Teve entre seus grandes fãs Graciliano Ramos e Jorge Amado.
Quem tiver a ousadia de ler Dalcídio, que não desista nas primeiras
páginas. Insista. Aí você passa por um portal incrível. Sei que
pertenço a uma restrita faixa de pessoas que puderam ler
Dalcídio, porque seus livros há anos não são reeditados.
Mas vale a pena ir atrás.


4 E na música paraense, quem se destaca?

Mestre Verequete, em primeiro lugar, que está vivo ainda.
Não vai ter nada igual a ele. E Mestres da Guitarrada, que
fizeram algo tão original que é copiado no mundo inteiro.


5 Você interpretou Solineuza, moça de nome estranho
para os ouvidos, aliás, como o seu, Ecleidira. Você gosta?

Eu acho incrível! Quando fiz Nininha, na novela Araponga (1990),
meu primeiro trabalho na televisão, Marcílio Moraes (um dos
autores junto com Dias Gomes, Lauro César Muniz e Ferreira Gullar),
me disse: “Isso é um resquício dos gregos, que se manteve nos
interiores do Brasil. Quanto mais original é o seu nome, mais original
você vai ser.” Lógico que eu odiava meu nome até um certo tempo
atrás até eu perceber que sou a única. Do mundo. Delícia, né? Não
tenho homônimos. Sempre fui Dira, ninguém tem paciência de falar
E-clei-di-ra! Sempre fui Dira, Dirinha, Preta, Pretinha. Hoje tenho um
carinho muito grande pelo meu nome. Prefiro me chamar assim do
que Daniele, Carolina, Cristiane. Daí sempre precisa de um sobrenome.

6 Voltando à Norminha da novela, percebeu logo a empatia do público
por ela? Qual o retorno que tinha dentro do estúdio?

Percebi na hora. O retorno chegava de ouvido, mas sem... (mostra que
foi meio abafado, sem muito alarde). Você tem que ter fôlego para oito
meses no ar. O desafio não é convencer, mas se manter.


7 O que fez para se despir dela quando a novela acabou?

Tive só uma semana. É necessário se despir, voltar à sua essência.
Você volta a ser uma tela branca. Vira terra fértil para um próximo
trabalho.


8 Qual o segredo?

Absorção de realidade. A Dira está presente até quando está em
cena. Mas você precisa esvaziar o compartimento que estava
preenchido, limpar e abrir caminho para o novo. E o novo entra pela
absorção da realidade. Isso se dá muito rápido. Por exemplo, estava
hospedada num super-hotel aqui em São Paulo e fui visitar uma
ocupação feita por sem-tetos. Em um segundo você muda, absorve
Essa é a melhor parte. Preciso da minha verdade cotidiana como
trampolim para novas ilusões.

9 Como é o dia seguinte ao último dia do papel?

Você ta ressacado. Mas no meu caso tenho um menino de um ano
correndo, pedindo carinho. Sabe que o Luis Fernando Carvalho uma
vez num festival de Brasília, fez um elogio que adorei. Disse que
Amarelo Manga tem uma grande qualidade: vc não leva nem um
segundo pra acreditar nos personagens.
Achei de uma profundidade... Minha despedida da Norminha foi
no Casseta & Planeta. Era um último resquício de Norminha.
De manhã fiz a última cena, fui para casa dei comida pro Inácio
e fui pro Casseta gravar. Quando terminou fui para casa dormir.

10 Antes de começarmos a entrevista, você disse que tem cara
de bicho. Que história é essa?

Ah, eu acho que tenho cara de pássaro, ou um inseto.
Tenho um narizinho de pássaro. Brinco muito, fico falando
“ainda não achei o meu inseto”. Tem insetos lindos. Vou procurar
no museu Emílio Goeldi numa próxima oportunidade.




postado por: 23:22


Quinta-feira, Outubro 22, 2009




REPORTAGEM QUEM ACONTECE


FÁTIMA BERNARDES E OS TRIGÊMEOS NA PRAIA


Fátima na praia com as crianças
fonte/quem






Edição: Adriana Carvalho



Na semana das crianças, Fátima Bernardes fez um
programa animado com os trigêmeos – Laura, Beatriz
e Vinícius, de 11 anos –, de seu casamento com o
jornalista William Bonner. Na quarta-feira (14), eles
curtiram a manhã de sol na Praia da Barra da Tijuca,
na Zona Oeste do Rio de Janeiro. A jornalista estava
acompanhada da amiga Andreia, mulher do ator Luigi
Baricelli, e dos dois filhos deles, Vittorio, de 12 anos,
e Vicenzo, de 8, além de outras duas amigas dos
trigêmeos. As crianças estavam todas de folga da escola.

De chapéu, óculos escuros e sem tirar o vestido que usava
por cima do biquíni, Fátima não entrou no mar: ficou sentada
na areia conversando com Andreia enquanto os filhos brincavam
na água. Porém, estava atenta. Quando as ondas começaram a
bater mais forte, ela chamou todos de volta e explicou que
estava perigoso ficar na água. O grupo chegou por volta das
11h e foi embora antes das 13h, após ter sido avisado pelo
dono de um quiosque próximo de que havia fotógrafos por perto.

William Bonner não acompanhou a mulher o os filhos no
passeio porque estava em São Paulo, gravando o programa
Marília Gabriela Entrevista, que foi ao ar no canal pago GNT
no domingo (18), às 22h. Na entrevista, o editor e apresentador
do Jornal Nacional mostrou seu lado mais descontraído, fazendo
uma imitação do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e cantando
o começo da música “New York, New York”, imortalizada por
Frank Sinatra. Além de falar sobre seus 26 anos de televisão,
dez deles dedicados ao JN, Bonner destacou que não há segredo
no casamento feliz de 19 anos que mantém com Fátima –
segundo ele, bastam o respeito e o comprometimento do casal.
Sobre ser chefe e companheiro de bancada da mulher, William
disse: “Ela (Fátima) costuma dizer: ‘O William é rigoroso e justo’.
Acho que isso é bom”.



Fátima e Andreia Baricelli observam os filhos e amigos
brincarem no mar. A apresentadora orientou as crianças para
sair da água quando as ondas ficaram perigosas
fonte/quem




postado por: 23:03



CASAMENTO DE OURO! MURILO E JAQUELINE
DA SELEÇÃO BRASILEIRA DE VÔLEI SE CASAM APÓS
10 ANOS DE NAMORO


fonte/n9ve



SELINHO ! PRETA GIL E ANA CAROLINA SE BEIJAM NA GRAVAÇÃO
DO DVD DA CANTORA


fonte/ig




GIOVANNA ANTONELLI DIZ QUE ESTÁ COM SAUDADES DE
TER UM BEBÊ EM CASA


fonte/globo

postado por: 22:58







ENTREVISTA QUEM ACONTECE


ÁLVARO GARNEIRO



fonte/quem


“Sinto falta da Caroline”

Álvaro Garnero fala com exclusividade a quem sobre
o fim de seu namoro com a modelo Caroline Bittencourt

Por Sônia Vieira

Álvaro Garnero organizou a festa da Fórmula 1, na noite
e domingo (18), na boate The Week, em São Paulo.
Nos bastidores, falou com QUEM sobre o rompimento com
a namorada de cinco anos, a modelo Caroline Bittencourt.

QUEM: Como está depois do rompimento?

ÁLVARO GARNERO: Estou levando. Eu sinto falta da Caroline.
O nosso relacionamento foi inacreditável. Foram cinco anos de
pura cumplicidade e companheirismo.

QUEM: Por que acabou?

AG: A vida profissional atrapalhou um pouco a pessoal.
Ela queria o Álvaro de antes.

QUEM: Comentou-se que vocês estariam vivendo uma
amizade colorida. É verdade?

AG: Não. Isso não funciona comigo. Sou um cara que não
é de ficar por uma noite. Precisa ter amor, uma história.
A gente combinou de dar um tempo.

QUEM: O casamento de vocês foi adiado três vezes.
O que houve?

AG: Toda mulher tem o sonho de se casar. Marcamos para
setembro, porém tive que viajar e adiamos. Depois, fevereiro,
mas minha irmã vai ter bebê em janeiro. Passamos para março,
mas veio o desgaste natural.

QUEM: Você ama Caroline?

AG: Sim. Ela é a mulher dos meus sonhos. Vamos voltar.
Eu sei disso.



postado por: 22:53



FIM DE NAMORO ! BARBARA EVANS " FICA" COM
EX-BBB FERNANDO MESQUITA EM UMA FESTA E SEU NAMORADO
QUE É MODELO DA SUA AGÊNCIA TERMINA RELACIONAMENTO


fonte/globo




MARIAH CAREY DÁ SHOW DE SIMPATIA NO RIO


fonte/terra




fonte/terra





BRUNO GAGLIASSO TATUA UM " OLHO " NA PERNA


fonte/ig

postado por: 22:49



FESTA DA REVISTA " VIP " REUNE FAMOSOS


GRAZI MASSAFERA





IRIS STEFANELLI






MONIQUE E BARBARA EVANS






FLAVIA VIANA E FERNANDO JUSTIN






FRANCINE PIAIA






MALVINO SALVADOR






DANIELA SOUZA E MIRELA SANTOS






APARECIDA PETROWKY E LEONARDO MIGGIORIN

postado por: 22:44




VEJA A LISTA DAS 10 MULHERES MAIS SEXY
DO MUNDO ELEITAS PELOS LEITORES DA REVISTA " VIP "


1º LUGAR - GRAZI MASSAFERA






2º LUGAR - JULIANA PAES






3º LUGAR - SCARLETT JOHANSSON





4º LUGAR - ANA HICKMANN






5º LUGAR - SANDY






6º LUGAR - CLAUDIA LEITTE






7º LUGAR - EMMA WATSON






8º LUGAR - IRIS STEFANELLI






9º LUGAR - IVETE SANGALLO






10º LUGAR - ANAHÍ

postado por: 22:20


Quarta-feira, Outubro 21, 2009



ROBERTA RODRIGUES COMEMORA ANIVERSÁRIO COM FAMOSOS

ROBERTA COM SEU EX- NAMORADO THIAGO MARTINS E FAMÍLIA


fonte/globo



RADAMÉS, VIVIANE ARAUJO, ROBERTA E MARCELO NOVAES


fonte/globo



EX- NO LIMITE ENEIDA , EX- BBB EMANUEL E UMA AMIGA


fonte/globo



PRETA GIL ESTÁ CASADA COM CARLOS HENRIQUE LIMA, DIZ JORNAL


fonte/ig




FERNANDA RODRIGUES COMPRA ROUPAS DE " GESTANTE "


fonte/ig

postado por: 18:33






REPORTAGEM REVISTA ÉPOCA


TONY BENNET



fonte/globo


O último grande crooner
Cantor Tony Bennett vem ao Brasil pela sexta vez para
apresentar o grande cancioneiro popular dos Estados Unidos

POR RAFAEL PEREIRA

Qual é o maior cantor popular americano de todos os tempos?
A resposta natural seria, é claro, Frank Sinatra. Quando, em
1965, no auge da carreira, o próprio Sinatra respondeu essa
pergunta, colocou outro descendente de italianos a seu lado.
“Para o meu dinheiro, Tony Bennett é o melhor cantor no
mercado. Ele me empolga quando canta. Me toca. Ele é o
cantor que vai além do que o compositor tem na cabeça, e
provavelmente um pouco mais”, disse, em entrevista para a
revista Life. Tony Bennett não era bonito como Sinatra –
talvez algum charme no sorriso. Também não tinha o talento
do amigo para o cinema. Seu grande trunfo sempre foi a voz,
rouca, polida com as técnicas do bel canto, tradição dos
cantores líricos italianos do século 19. A disciplina trouxe
longevidade. Sua voz não é a mesma aos 83 anos, mas o
fôlego permitiu que ele se tornasse o último dos grandes
crooners de sua geração. Vivo, e sempre no palco. Tony
Bennett chega ao Brasil nesta semana para uma turnê de
sete shows, em seis cidades diferentes:
Porto Alegre (21 de outubro), Brasília (23), Salvador (24),
São Paulo (26 e 27), Rio de Janeiro (29) e Recife (31).
Em entrevista por telefone a ÉPOCA, Bennett fala da paixão
pela música e pela pintura, sua rusga com o rock n’ roll e
ainda conta sobre um encontro com João Gilberto nos
anos 60, em plena praia de Copacabana.

ÉPOCA – O senhor está vindo para o Brasil para fazer sete
shows, em seis cidades diferentes, entrando e saindo de
aviões. Como, aos 83 anos, você mantém a forma para
turnês como essa?

Tony Bennett – Eu gosto muito de esportes, sou saudável.
Tento me manter em forma comendo bem, jogando tênis...
Tenho uma vida maravilhosa, uma mulher maravilhosa, uma
filha, que inclusive estará comigo aí no Brasil para cantar.

ÉPOCA – E o que te motiva psicologicamente, depois de
anos de sucesso e uma coleção invejável de prêmios?

Bennett – Eu tenho paixão por cantar. É o que me move.
E também pela pintura.

ÉPOCA – A pintura é muito mais do que um hobby na
sua vida, certo?

Bennett – Eu amo pintar. Quando eu vou para o Rio ou
para São Paulo me inspiro muito a pintar. Tenho dois livros
de pintura publicados e em cada um deles tenho quadros
do Brasil.

ÉPOCA – Quando e como foi a primeira das cinco vezes
que o senhor esteve no Brasil?

Bennett – Foi há muitos anos, no começo dos anos 60.
Fiquei em um hotel em Copacabana e ninguém me
conhecia por aí (risos). Mas gostei tanto do Rio que segui
cantando, colocando meu coração nas músicas. Assim,
começou o boca a boca e, com o passar dos dias mais e
mais pessoas chegaram para me assistir.

ÉPOCA – Encontrou-se com algum músico brasileiro nessa
primeira visita?

Bennett – Encontrei o João Gilberto na praia. Ele disse que
era meu fã e me mostrou a bossa nova. Naquela época era
uma novidade ainda. Peguei uma gravação e levei para São
Francisco, onde morava, e mostrei para alguns produtores.
Tornou-se um sucesso muito grande e logo se espalhou
pelo mundo.

ÉPOCA – Seu estilo musical foi um pouco confuso no
início de carreira.

Bennett – Os produtores, na época, tentaram me colocar
para cantar músicas com apelo comercial e eu insistia que
gostava mesmo era de jazz. Na época, a sensação era de
que jazz não vendia discos. “Mas eu canto jazz, é o que
eu faço!”, dizia. Nas minhas primeiras gravações de jazz
eles descobriram que poderia vender bem e me deixaram
em paz.

ÉPOCA – Nos anos 70 houve outra imposição de produtores
na sua música, quando você foi praticamente obrigado a
gravar um disco com sucessos do rock, inclusive algumas
músicas dos Beatles. Mais tarde, você disse que foi como
quando sua mãe, costureira, era obrigada pela cliente a fazer
um vestido ruim. Sua opinião sobre o rock mudou?

Bennett – Não... Eu nunca generalizo. Não gosto de categorias
musicais. Para mim existem apenas músicas boas ou ruins,
seja rock n’ roll, música clássica, pop, jazz... Não consigo dizer
que não gosto de rock n’ roll. Não seria correto.

ÉPOCA – Tem algum jovem artista que você admira?

Bennett – Adoro o (cantor) Michael Bublé.

ÉPOCA – É um cantor de standarts do jazz...
Bennett – Sim. Ele é bom.

ÉPOCA – Frank Sinatra costumava dizer que o senhor
era o “melhor cantor no mercado”, e o senhor fez
recentemente um belo artigo para a revista Vanity Fair
falando da amizade de vocês. Qual a importância dele
na sua carreira?

Bennett – Ele foi o meu mestre, era dez anos mais velho
do que eu. Fiquei muito surpreso quando li essa declaração
numa entrevista dele para a revista Life. Mudou a minha vida.
Recentemente, minha mulher e eu criamos uma escola
chamada Frank Sinatra School of the Arts. É uma escola
pública que ajuda na formação de quem quer entrar para a
faculdade. Ensina todo tipo de arte: música, artes plásticas,
balé, cinema...

ÉPOCA – Como você o descreveria como artista se tivesse
hoje a oportunidade de devolver o elogio?

Bennett – Ele foi o maior artista que já vi. Era um cantor
maravilhoso, um ator maravilhoso nos filmes que fez, e ganhou
todos os prêmios possíveis por isso. Era também uma pessoa
maravilhosa, única, e todo mundo que o cercava o amava
profundamente. Ele me ensinou a nunca cantar uma canção
barata.

ÉPOCA – O que era uma canção barata na definição dele?

Bennett – Algo que iria para o lixo logo, não duraria. Muita
gente diz que canto músicas velhas, mas música não tem
idade. Se ela é boa, dura para sempre.

ÉPOCA – E raramente vocês cantavam juntos. Por quê?

Bennett – Eu nunca fiz parte do Rat Pack (grupo formado
nos anos 60 por Sinatra e cantores como Dean Martin e
Sammy Davis Jr.). Eu morava e cantava em Nova York
quando eles faziam shows em Los Angeles. Mas
costumávamos cantar juntos em shows beneficentes.

ÉPOCA – No fim dos anos 70, começo dos 80, sua carreira
entrou em declínio, e o grande responsável por sua volta foi
seu filho Danny Bennett.

Bennett – Ele tinha a reputação de ser um dos maiores
empresários da indústria da música e mudou minha carreira
para melhor. Era uma época em que eu vivia discutindo com
minha gravadora sobre repertório – eles queriam que eu
cantasse músicas baratas. Eu vivia muito frustrado. Ele
me disse: “Apenas cante e pinte. Deixa que eu cuido dos
negócios. Veja esses caras no fim do ano, no Natal, mas
mantenha-se longe deles”.

ÉPOCA – E, na prática, como ele te ajudou?

Bennett – Ele tomou as decisões certas. Percebeu que a
nova geração não conhecia as minhas canções e
colocou-me na MTV, fazendo duetos com K.D. Lang,
Billy Joel, Elton John, Barbra Streisand...

ÉPOCA – Foi difícil atrair a atenção do público jovem
dos Estados Unidos?

Bennett – Percebi que todo o público do show
MTV Unplugged (disco acústico gravado ao vivo em 1994,
vencedor do Grammy de “Álbum do ano”) era jovem, mas
a plateia estava mais animada que a de seus pais em
meus outros shows. Foi uma surpresa para todos, mas,
como eu já disse, se uma música é boa, ela sobrevive.
Não importa a idade de quem escuta.

ÉPOCA – Existe alguma música que o senhor ame e
ainda não teve a oportunidade de gravar?

Bennett – Ainda fazem muitas músicas belas. Stephen
Sondheim (músico e compositor, famoso por letras de
canções de musicais da Broadway, como West Side Story),
por exemplo, faz belas músicas até hoje.

ÉPOCA – O senhor tem planos para um novo álbum?

Bennett – Sim! Vou gravar um disco com o Stevie Wonder,
produzido por Quincy Jones.

ÉPOCA – O que o senhor preparou para os shows do Brasil?
Sua filha Antonia subirá ao palco com você, certo?

Bennett – Isso. Cantaremos juntos, dançaremos um pouco...

ÉPOCA – Como o senhor apresentaria sua filha para o público
brasileiro? Ela ainda não é conhecida por aqui.

Bennett – Ela canta maravilhosamente bem. É uma pessoa
ótima. Todos que a conhecem gostam dela. E compõe
muito bem, mas quando está comigo canta os standarts
do jazz. É lindo.


postado por: 18:28




GISELE BUNDCHEN ESTÁ GRÁVIDA DE UMA MENINA, DIZ JORNAL


fonte/terra




JESUS LUZ MANDA RECADO EM CAMISETA:
" SOM DE JESUS TEM PODER "


fonte/globo





" ESTAMOS JUNTOS HÁ TRÊS MESES " , DIZ ARTISTA
PLÁSTICO SOBRE MARILIA GABRIELA



fonte/ig



APÓS TER SIDO ELEITA PELA " VIP " A MULHER MAIS
SEXY DO MUNDO, GRAZI MASSAFERA POSA NUMA
EDIÇÃO PRA LÁ DE ESPECIAL



fonte/abril

postado por: 18:19


Terça-feira, Outubro 20, 2009






ENTREVISTA CONTIGO



FABIANA ALVAREZ




fonte/contigo



Por Elisa Duarte


Morando na Grécia com a cara metade, Gabriel Rodrigues,
a atriz Fabiana Alvarez aproveita a estada em Atenas para
viver sua história de amor. ''Moro com meu 'namorido'.
Falo assim porque vivemos como casados mas quero ser
a eterna namorada dele'', contou, apaixonada. Antes de
voltar ao berço da mitologia, ela se entregou a este ensaio
produzido especialmente para CONTIGO! no Buddha SPA.
''Amo cuidar de mim e ter um tempo par ao meu bem estar'',
disse a atriz que revelou procurar sempre as novidades
terapêuticas e receber massagens. Graças a esses cuidados,
três dias de malhação, uma dieta que exclui carboidratos no
jantar, inclui doces apenas uma vez por semana, Fabiana
pode exibir suas curvas sem problemas. ''A roupa que eu
mais gostei foi o maiô branco'', confessou.

Ao lado do jogador de futebol do time grego Panathinaikos,
ela assume se sentir mais segura fora do Brasil. ''A melhor
coisa de morar aqui é que podemos andar de carro com os
vidros abertos ou a pé'', contou. Com tanta tranquilidade, a
atriz já pensa em agitar a vida com a chegada de um
herdeiro.
''Estamos planejando. Quem sabe para o ano que vem.''
Se ela sente saudades do Brasil? A corintiana jura que
sim e que até pretende visitar o país e trabalhar um pouquinho.
Mas se hoje ela é 'Gabriel Futebol Clube', nem a saudade da
família, dos amigos e dos fãs brazucas, a trariam de volta
sem ele.



postado por: 22:56



ELBA RAMALHO É FLAGRADA COM MARIA PAULA ,
SUA TERCEIRA FILHA


fonte/globo




OTAVIANO COSTA: " ESTOU COM A FLAVIA 100 % SE ELA POSAR NUA "


fonte/globo



RICKY MARTIN CURTE TEMPO LIVRE AO LADO DO FILHO


fonte/ig




SERGIO MARONE E A ATRIZ PORTUGUESA MARIA JOÃO
PASSEIAM PELO BAIRRO LEBLON


fonte/ig

postado por: 22:45



LATINO DIZ QUE ESTÁ SE SENTINDO MEGA CARENTE,
POIS MIRELLA SANTOS VIAJOU A TRABALHO


fonte/terra




ZECA PAGODINHO VAI SER VOVÔ PELA 1ª VEZ


fonte/ig




CLAUDIA JIMENEZ É VISTA COM NOVO BONITÃO


fonte/globo

postado por: 22:40







REPORTAGEM REVISTA CRIATIVA



BRAD PITT




fonte/globo


Brad Pitt: homem com H
Ele acha que já passou da idade de interpretar mocinhos.
"Estou envelhecendo e mais rápido do que gostaria", diz,
entre risos, o ator de 45 anos. Para as fãs, está melhorando

Por Elaine Guerini, de Cannes
Diante do grupo de jornalistas a postos para entrevistá-lo,
o ator de 1,80 m e músculos pronunciados não reclama da vida.
Pudera. Aos 45 anos, está casado com Angelina Jolie – eleita
várias vezes a mais sexy do mundo –, parece confortável no
papel de pai de família (sem que isso o deixe menos atraente)
e tem pensado duas vezes antes de aceitar um convite de
Hollywood. “Agora só me envolvo em filmes que significam algo
para mim. Do contrário, prefiro curtir as crianças, andar de moto,
brincar com os cachorros, tocar violão e fazer churrasco”, disse el
e em um encontro com a imprensa no hotel Juana, em
Juan-Les-Pins, a 10 quilômetros de Cannes, na França.

Pitt e o diretor Quentin Tarantino estiveram no Festival de Cannes
para divulgar o longa-metragem Bastardos Inglórios. O filme foi um
dos poucos projetos cinematográficos recentes capazes de tirar o
ator de casa, onde a confusão fica por conta dos três filhos adotados
– Maddox, 8, Pax, 5, e Zahara, 4 – e das três crianças que ele teve
com Angelina – a menina Shiloh, 3, e os gêmeos Knox e Vivienne,
de 1 ano e 3 meses. “Não tenho mais aquela necessidade de rodar
um filme atrás do outro”, conta Pitt, que já foi indicado duas vezes
ao Oscar: de melhor ator pela performance como o homem que
rejuvenesce em O Curioso Caso de Benjamin Button, no início
deste ano, e de melhor coadjuvante como o psicótico de Os 12
Macacos, em 1996 (papel que lhe rendeu um Globo de Ouro).

“O bom de ficar mais velho é que aprendemos a valorizar o
que importa”, diz ele, que recentemente adotou bigode e
cavanhaque, adicionando um toque desleixado-sexy ao visual.
Num set de filmagem, o mais valioso, diz, é a “companhia’’.
“Foi revigorante mergulhar no universo de um autor como Quentin
Tarantino. O cinema é a sua religião”, afirma. Em Bastardos
Inglórios, épico ambientado na Segunda Guerra Mundial, Pitt
interpreta o tenente Aldo Raine, líder de um grupo de soldados
judeus-americanos, os Bastardos, que capturam e escalpelam
nazistas. “Mais insano, impossível.”

A seguir, leia trechos da entrevista:

Ultimamente, você parece inclinado a fazer papéis menos
convencionais, mas em filmes que acabam atingindo o grande
público – como Queime Depois de Ler, O Curioso Caso de
Benjamin Button e Bastardos Inglórios. Esse é um movimento
calculado em sua carreira? Os personagens estranhos e
extremados têm mesmo sido os meus preferidos nos últimos
anos. É divertido enveredar por um caminho totalmente diferente
a cada novo trabalho. Mas não cabe a mim decidir tudo. Depende
das ofertas que chegam às minhas mãos.

Com o seu prestígio em Hollywood, você pode fazer o filme que
quiser, não? Até certo ponto. Não sou o ator adequado para tudo.
E os diretores com quem gosto de trabalhar têm ideias bastantes
específicas e, muitas vezes, eu não me encaixo no projeto que
eles têm em mente. Mas prefiro os cineastas mais criativos e
audaciosos, com um gosto muito particular.

“Não pensava em ter filhos”


Como o cinema sempre ultrajante de Tarantino… Sim.
Faltava na minha filmografia um título de Quentin. Até então,
eu só tinha feito Amor à Queima-Roupa (1993), escrito por ele
e dirigido por Tony Scott. E, quando li o roteiro de Bastardos
Inglórios, fiquei maluco. É um dos melhores que já vi. Sem falar
que o meu personagem é o bastardo-chefe. E não há nada
melhor que isso (risos). Definitivamente não tenho mais interesse
em interpretar o mocinho da história. Nem idade para isso tenho
mais (risos).

Como assim? Fisicamente você continua o mesmo...
Acredite em mim: estou envelhecendo.
E mais rápido do que gostaria (risos).

Você se preocupa bastante com a aparência? Não.
Não faço dieta nem me exercito muito. Só entro em um
rigoroso treinamento físico se for uma exigência para
determinado papel.

Por mais que você rode um ou dois filmes por ano, parece
estar mais dedicado à família que à carreira, não? Não dá
para levar a mesma vida de antes. Hoje a minha família é
a coisa mais importante e recompensadora na minha vida.
É por isso que estou mais criterioso na hora de aceitar um
trabalho. Faço questão de estar cercado de gente que admiro,
como Tarantino, caso precise passar a maior parte do dia fora
de casa.

Antes de conhecer Angelina, você não tinha esse perfil de pai
de família... Eu não pensava mesmo em ter filhos. Mas tinha
o pressentimento de que eles entrariam na minha vida na hora
certa. Por isso, nunca corri atrás. Acredito que eu precisava
me cansar de pensar só em mim, o que acabou acontecendo.
Como já tive a minha cota de diversão, atualmente a minha
maior preocupação é o bem-estar da minha família.

Com seis filhos, como encontram tempo só para vocês dois?
Não é fácil, mas damos um jeito porque sabemos que é
importante para o nosso relacionamento.

Acredita que voltarão a atuar juntos em um filme? É complicado
por conta de toda nossa história. Ainda assim, não estamos
totalmente fechados à ideia. Se aparecer um roteiro que nos
agrade, talvez. Estamos sempre procurando por filmes que nos
inspirem e nos desafiem. Nesse sentido, somos muito parecidos.

É muito mais complicado viajar com uma família grande, não?
É. Mas o prazer em ver as crianças entrando em contato com
novas culturas é maior ainda. Queremos que nossos filhos sejam
cidadãos do mundo – e eles levam jeito. Aprendem a falar outros
idiomas muito mais rapidamente que eu (risos). Ultimamente,
todos nós estamos aprendendo francês. Mas, enquanto elas já
se comunicam, eu ainda fico no “c’est très difficile’’ (É muito difícil).

Pensam em ter mais filhos? Não vemos razão para parar. Todo
mundo se ajuda de certa forma e temos uma dinâmica bastante
interessante. Quando chega um novo membro da família, as coisas
fogem ao controle nos primeiros meses, mas depois tudo se ajeita.


Cada vez melhor



fonte/globo


1991 Thelma & Louise
Após fazer pequenos papéis em filmes e séries de TV, como
Dallas, Brad Pitt se destacou nesse road movie feminino como JD,
o charmoso ladrão que fica com Thelma (Geena Davis).

1994 Lendas da Paixão
Em uma fazenda no início do século XX, Tristan (Pitt) se apaixona
pela cunhada, Susannah (Julia Ormond). O papel reforçou a
imagem de galã do ator.

1995 Os 12 Macacos
Essa ficção científica rendeu a Pitt uma nomeação ao Oscar e
o Globo de Ouro de melhor ator coadjuvante. No filme, ele
interpreta Jeffrey Goines, um jovem com transtornos psicológicos.

1999 Clube da luta
Pitt interpreta Tyler, fundador de um clube onde homens aliviam a
tensão por meio da violência. O diretor David Fincher já havia
trabalhado com Pitt em Seven – Os Sete Crimes Capitais (1995).

2005 Sr. e Sra. Smith
Muita gente buscou nas cenas dessa comédia algum sinal do
envolvimento de Pitt, então casado com Jennifer Aniston, e
Angelina Jolie. O ator diz que não era mais casado quando
ficou com Angelina.

2008 O Curioso Caso de Benjamin Button
A atuação de Pitt no papel de um homen que rejuvenesce, ao
invés de envelhecer, rendeu ao ator uma indicação ao Oscar de
melhor ator. Mas quem levou o troféu foi Sean Penn, por Milk.

2009 Bastardos Inglórios
No novo longa de Quentin Tarantino, Pitt interpreta o tenente Aldo
Raine, líder dos Bastardos, um grupo de judeus que, na Segunda
Guerra Mundial, persegue nazistas e tem a chance de matar Hitler.


postado por: 00:02




FRANCINE PIAIA É COROADA MUSA DA ESCOLA
MOCIDADE INDEPENDENTE DE PADRE MIGUEL


fonte/globo



CESAR CIELLO ESTRELA CAMPANHA PUBLICITÁRIA AO
LADO DE LETICIA BIRKHEUER


fonte/terra



ASSESSORIA DE ANA MARIA BRAGA DESMENTE
BOATOS DE QUE A APRESENTADORA ESTARIA
SEPARADA


fonte/globo



LUCIANO HUCK DEBOCHA DE LIVIA ANDRADE EM SEU TWITTER
" QUEM É ESTA LOUCA? " REFERINDO- SE A MATÉRIA QUE FOI
AO AR DOMINGO NO " PROGRAMA SILVIO SANTOS " NA QUAL
RONALDO NAZÁRIO ERA O CONVIDADO PRA LÁ DE ESPECIAL


fonte/ig

postado por: 00:01


Segunda-feira, Outubro 19, 2009


JOHNNY DEPP E MEGAN FOX SÃO ELEITOS PELA
REVISTA BRITÂNICA " EMPIRE " OS MAIS SEXY DO MUNDO


fonte/globo



JESUS LUZ PASSEIA DE BARCO POR SALVADOR


fonte/ig




ANA HICKMANN BRILHA NA FESTA DA GRANDE RIO


fonte/terra

postado por: 23:46



CLAUDIA LEITTE JANTA COM JESUS LUZ E APROVEITA
PARA CONVIDÁ-LO PARA O CARNAVAL DA BAHIA.


fonte/globo



E DEPOIS DO JANTAR VAI PARA BOATE ONDE ELE VAI TOCAR PARA
PRESTIGIÁ-LO.


fonte/globo



SHAKIRA REVELA QUE SE VESTIA DE MENINO PARA PODER
FREQUENTAR CURSO DE VERÃO NUMA UNIVERSIDADE


fonte/terra



BRUNO GAGLIASSO APARECE COM AS MEDEIXAS
GRANDES EM EVENTO


fonte/ig

postado por: 23:33



GEORGE CLOONEY REVELA :
" COM ALGUMAS MULHERES ME SENTI MUITO SÓ "


fonte/globo




KATE, A CHIPANZÉ QUE VIVE O MACACO XICO DA NOVELA
" CARAS E BOCAS " ESTRELA CAMPANHA PUBLICITÁRIA


fonte/terra




LAVINIA VLASAK PASSEIA COM O SEU FILHO FELIPE
DE 10 MESES POR IPANEMA NO RIO DE JANEIRO


fonte/ig




fonte/ig


postado por: 23:24






ENTREVISTA QUEM ACONTECE


MATEUS SOLANO



fonte/quem


“Estamos apaixonados para sempre”

Para fazer os gêmeos Jorge e Miguel, em Viver a Vida,
o ator de 28 anos tem gravado de segunda a sábado.
O domingo, segundo afirma, é dedicado à namorada,
Paula Braun, para quem não economiza declarações
de amor eterno

Por Laís Rissato

No ar em Viver a Vida, sua primeira novela, o ator Mateus
Solano, 28 anos, anda sem tempo para quase nada. Para
dar vida aos gêmeos Jorge e Miguel, da trama de Manoel
Carlos, ele tem gravado praticamente todos os dias. Já o
domingo, faz questão de frisar, é de sua namorada, a atriz
Paula Braun, de 30 anos. Os dois estão juntos há um ano
e nove meses. Nascido em Brasília, morador do Rio de
Janeiro, formado em artes cênicas, ele já esteve no elenco
de várias peças teatrais, mas até o início do ano era
desconhecido do grande público. Foi quando apareceu
em Maysa, Quando Fala o Coração, como o compositor
Ronaldo Bôscoli. Manoel Carlos, autor do texto da minissérie,
logo pensou nele para o elenco de Viver a Vida, ideia aprovada
pelo diretor das duas produções, Jayme Monjardim. “É muito
difícil fazer gêmeos, o trabalho é em dobro, mas a recompensa
também.”

QUEM: Viver a Vida fala sobre superação. O que você já
superou na vida?

MATEUS SOLANO: Acho que todo dia nós superamos algumas
situações. Matamos um leão por dia. Quando era mais jovem,
tive uma fase em que não sabia se ia conseguir ser ator. Foi
uma fase em que a vida perdeu um pouco da graça para mim.

QUEM: Você começou no teatro e já declarou que fez peças
sem ganhar nada. Pensou em seguir outra carreira?

MS: Nasci em Brasília, mas minha vida como ator começou
no Rio. Vim morar na cidade com meu pai e tive grande apoio
de minha família, que me deu respaldo para que lutasse na
carreira que escolhi. Mas teatro no Rio é muito difícil e pensei
em fazer dublagem, dar aulas. Tive grana curta, mas problemas
financeiros sérios, nunca tive.

QUEM: Ficou inseguro em estrear em uma novela da Globo
fazendo gêmeos?

MS: Não diria inseguro. Estava ansioso para ver o resultado
no ar. Trabalho com atores incríveis e tenho que estar à altura.
Depois que assisti aos primeiros capítulos, gostei do que vi.
Isso me acalmou. Quando vi que tinha uma família ali, fui
ficando mais tranquilo.


"A CONQUISTA FOI MÚTUA. LIGUEI PARA ELA (PAULA BRAUN),
COMEÇAMOS A NOS ENCONTRAR, A CONVERSAR E VIMOS
QUE FOMOS FEITOS UM PARA O OUTRO."

QUEM: Como se preparou para isso?

MS: Fiz preparação com Patrícia Carvalho, preparadora de
atores da TV Globo, que me ajudou a entender as diferenças
entre os dois personagens. Fiz alguns ensaios de marcação
e câmera, para criar as cenas em que os gêmeos contracenam.

QUEM: Você se identifica mais com o bon-vivant Miguel ou
com o sério Jorge?

MS: Meus amigos devem me achar mais parecido com o Miguel.
Já minha mulher (a atriz Paula Braun) e minha família me acham
mais parecido com o Jorge.

QUEM: Como você e Paula se conheceram?

MS: Nos conhecemos trabalhando juntos em janeiro de 2008.
A conquista foi mútua. Liguei para ela, começamos a nos
encontrar e vimos que fomos feitos um para o outro. E estamos
apaixonados para sempre!

QUEM: Você é romântico?

MS: Sou. Uma vez, quando Paula ia viajar a trabalho para a
Índia e passar dois meses lá, fiz em casa um longo caminho
de pétalas de rosas que culminava num jantar japonês sobre
um mar de papel celofane azul.

QUEM: O que costuma fazer nos momentos livres?

MS: Gosto muito de namorar. De ir a restaurante. Adoro
receber os amigos em casa e ir à casa deles. Também vou
ao teatro, ao cinema, à praia, à Lapa, ao Jardim Botânico.



postado por: 23:19







1. NA NOVELA TIETA, QUE ATRIZ FEZ A PERSONAGEN PERPÉTUA?

A- JOANA FONN
B- BETY FARIA
C- RENATA SORRAH



2. EM QUAL NOVELA VIVIANE PASMANTER FEZ A PERSONAGEN LAURA?

A- FELICIDADE
B- A VIAGEM
C-POR AMOR



3. QUAL O NOME DO PERSONAGEN DE LUIS GUSTAVO NA NOVELA TITITI?

A- VIRA LATA
B- VALENTIM
C- VAMP




4. ONDE FOI QUE A ATRIZ CAROLINA DICKMANN ESTREIOU NA TV?

A- MALHAÇÃO
B- LAÇOS DE FAMILIA
C- SEX APPEL




5. NA NOVELA CELEBRIDADES QUEM FAZIA O PAPEL DA PERSONAGEM QUE
MATOU LINEU VASCONCELOS?

A- MALU MADER
B- DEBORA EVELIN
C- CLAUDIA ABREU




QUER SABER SE SUAS RESPOSTAS ESTÃO CORRETAS? OLHE NA RASPADINHA






postado por: 23:03


Domingo, Outubro 18, 2009



OLIVIER ANQUIER E ADRIANA ALVES ANUNCIAM QUE
VÃO SE CASAR


fonte/terra




SEM LIMITE: JÉSSICA E RAFÃO POSAM PARA O PAPARAZZO


fonte/globo




JOANA PRADO DIZ QUE " FEITICEIRA " FICOU NO PASSADO


fonte/ig



PAULO ZULU PODERÁ SE CANDIDATAR A DEPUTADO ESTADUAL EM 2010


fonte/terra




VEJA A 1 ª FOTO DE FERNANDA YOUNG PARA PLAYBOY


fonte/globo







NA NOVELA " VIVER A VIDA "
QUAL PERSONAGEM VOCÊ ACHA
QUE VAI " ROUBAR "A CENA ?
HELENA ( TAIS ARAUJO )
LUCIANA ( ALINE MORAES )
TEREZA ( LILIA CABRAL )
DORA ( GIOVANA ANTONELLI )
RENATA ( BARBARA PAZ )


Ver Resultado

postado por: 20:05


Sábado, Outubro 17, 2009




ENTREVISTA ABRIL


MARCO PIGOSSI




fonte/abril



Na boca do povo

"Choquei" é o bordão que Marco Pigossi mais ouve das
crianças na rua


por Bárbara Tourinho

Marco Pigossi

Quando Cássio aparece em Caras & Bocas, a gente
já espera o momento de ele falar um de seus bordões,
de preferência o "choquei". E é exatamente o "choquei"
que tem servido de termômetro para Marco Pigossi,
intérprete do queridinho gay da trama de Walcyr Carrasco.
O ator é categórico ao afirmar que não há um dia em que
não ouça o bordão na boca de alguém, principalmente,
,das crianças. "É engraçado e muito gratificante. A criançada,
quando me vê, grita o nome do meu personagem e, assim que
olho para elas, grita o 'choquei' ou o 'rosa-chiclete'", diverte-se
o paulistano de 20 anos, que nunca teve dúvidas ao optar
pela carreira artística. "Uma criança em São Paulo precisa ter
o tempo inteiro preenchido porque não tem o que fazer.
Aos 13 anos, eu tinha aulas de bateria e era federado na
natação. Mas cansei e quis praticar algo diferente. Disse à
minha mãe que queria fazer teatro e, ao voltar da primeira aula,
avisei em casa que queria ser ator", conta o gato.

Você vem sendo considerado a revelação do ano na TV,
mas Cássio não é sua estreia na telinha...
Aos 15 anos, fiz uma participação pequena na minissérie
Um Só Coração (2004) e, no ano passado, atuei em Queridos
Amigos (2008). Mas foi na novela Eterna Magia (2007) que eu
tive, de fato, um personagem que fazia parte de um núcleo.

Tem algum artista na sua família?

Não, todo mundo é normal (risos). Minha mãe, Marines, é
formada em fisioterapia, meu pai (Oswaldo) é médico e
minha irmã (Marinis) cursa direito. Venho de uma família
careta, meu pai é conservador.

Como seu pai, que você diz ser conservador, encara o fato
de o filho interpretar um homossexual na novela?

Tranquilo. Ele é conservador, mas não é preconceituoso.
Tem uma filosofia de que as pessoas têm que ser felizes e
sabe que é um trabalho. E que isso não muda meu jeito de
ser. Ele adora o Cássio e os amigos dele acham o papel
engraçado. Meu pai disse que o Cássio é um papel de
bastante evidência, que gera curiosidade e que, naturalmente,
se destaca na trama.

Como seu pai ficou sabendo que você faria o personagem?

Foi muito engraçado. Liguei para ele e disse que tinha duas
notícias: uma boa e, talvez, uma que ele achasse ruim. A
primeira era que eu havia pegado o papel na novela e a
segunda que o personagem era gay. Ele falou que as duas
notícias eram maravilhosas.




fonte/abril




E sua mãe, o que acha?

É a maior tiete do mundo, não só minha como dos outros
atores. Adora quando eu a levo ao Projac. É claro que rola
preocupação com relação à instabilidade da profissão. Há
muita gente que, quando digo que sou ator, pergunta com
o que vou trabalhar no futuro. Mas minha mãe sempre diz
que temos que fazer o que se gosta. E é o que eu faço.

Seus bordões são um sucesso. Você sugeriu algum?

Walcyr (Carrasco, autor) escreveu os bordões e comecei a
brincar com eles. 'Choquei" foi o primeiro deles. Quando ele
escreveu o "tô bege", soltei um "tô bege-dégradé". Depois,
ele escreveu "tô begelistrado" e a brincadeira foi rolando assim.
O "rosachiclete" também faz sucesso. As pessoas gritam de
longe quando me veem. Cássio é muito carismático, vejo
crianças de 4, 5 anos dizendo "choquei" e "rosa- chiclete".
É muito gostoso.

Já deu para perceber que todo mundo o reconhece e que
está sempre acenando para algum fã. É sempre assim?

Sempre. No Dia dos Pais, fui almoçar com o meu pai, em
Penedo (RJ), e virei um evento na cidade. Todo mundo
queria tirar foto comigo. Confesso que não tinha tanta
consciência do sucesso do personagem e que, no começo,
tive medo desse papel.

Por quê?

Porque é um papel complicado, que não pode cair no
estereótipo, tem que ser verdadeiro. É uma linha tênue. Um
pouquinho a mais é demais e um pouco a menos é nada.
Tive medo da reação do público gay.

E o que os gays estão achando do Cássio?

Não tenho procurado saber. Estou defendendo um
personagem. Existem várias pessoas como o Cássio, mas
não represento os homossexuais. Não levanto a bandeira
dos gays, e sim do meu papel. Se o Cássio é efeminado
demais, deslumbrado demais, é porque ele é assim. Mas,
respondendo à pergunta, os gays têm aceitado de uma
maneira legal.




postado por: 23:18



ANGELICA LEVA JOAQUIM E BENICIO A UM SHOW
INFANTIL


fonte/globo



MALVINO SALVADOR E FIORELLA MATHEIS PRESTIGIAM
INAUGURAÇÃO DE UMA LOJA


fonte/ig



JESUS LUZ CHEGA EM SALVADOR


fonte/terra


SOLIDÁRIA: FRANCINE PIAIA ESTRELA CAMPANHA DE NATAL
DA "LBV "


fonte/terra



THIAGO LACERDA PASSEIA NO AEROPORTO COM
SEU FILHO GAEL NO COLO


fonte/ig

postado por: 23:11



GRAZI MASSAFERA SUA A CAMISA PARA VIVER SUA
1ª VILA NA PRÓXIMA NOVEKLA DAS 19 HS


fonte/globo




fonte/globo




DADO DOLABELLA E VIVIANE SARAHYBA VOLTAM
DA LUA DE MEL


fonte/globo




MESMO COM DIA NUBLADO MARIANA XIMENEZ FAZ
AULA PARTICULAR DE SURF


fonte/terra

postado por: 23:05







ENTREVISTA EXTRA ONLINE


CASSIO GABUS MENDES



Fonte/globo


Cassio Gabus Mendes:
'Sou bom para contar piadas longas'



Filho do novelista Cassiano Gabus Mendes e sobrinho
do ator Luiz Gustavo, Cássio Gabus Mendes conta que
já tirou vantagem do parentesco famoso. O Claudio da
série "Norma" jura, no entanto, quenunca o chamaram
pelo nome de um personagem na hora H.
Confira!

Ainda te confundem muito com o seu irmão, o ator
Tato Gabus?

Às vezes, confundem os nossos nomes, mas eu não
tenho o menor problema com isso. Respondo quando
me chamam de Tato. E tenho muito orgulho disso.

Você também é filho de um dos maiores novelistas
do país (Cassiano Gabus Mendes). Na infância, tirava
proveito do parentesco?

Na verdade, ficava inibido com isso. Se bem que lembro
que uma vez pedi para o Luiz Gustavo (ator e tio dele),
que na época fazia Beto Rockfeller, me buscar na escola.
Coisa de criança.

Alguns atores reclamam que os fãs pedem autógrafo
até no banheiro. Qual o lugar mais estranho que foi
abordado?

O restaurante é o lugar campeão. Os fãs também
costumam pedir autógrafo no elevador. Mas isso
nunca é um problema.

Já mudou o texto de um personagem porque era ruim?

Sempre respeitei o texto. Mas, às vezes, acrescento
um caco para dar personalidade ao personagem.

Quando quer sumir do mapa?

Quero sumir do mapo quando estou no trânsito.

Já te chamaram pelo nome de um personagem
na hora H?

Não, nunca! Acho muito difícil isso acontecer.

Você é bom contador de piada ou é daquele que tem
o talento de estragar uma boa?

Sou bom para contar piadas longas, mas não passo
de um amador. Profissional mesmo é o Tony Ramos.

Homem também pode apelar ao bisturi e ao botox
para ficar melhor no vídeo?

Nunca fiz essas coisas, mas também não tenho
nada contra. Essa decisão é muito pessoal, respeito
quem faça. Acho que não farei, mas aprendi a nunca
dizer nunca.

O que nunca aprendeu a fazer?

Tentei aprender a tocar saxofone. Tive muita dificuldade.
É uma frustração. Mas, quem sabe um dia, volto a praticar.





postado por: 23:01


Sexta-feira, Outubro 16, 2009


MARIAH CAREY EXIGE 80 TOALHAS E CARROS
BLINDADOS PARA VIM AO BRASIL


fonte/terra



MADONNA DIZ QUE PENSOU EM SUICIDIO APÓS SEPARAÇÃO


fonte/ig




TAIS ARAUJO É CAPA DA REVISTA JOYCE PASCOWITCH


fonte/terra




ANGELINA JOLIE PRETENDE AUMENTAR A FAMÍLIA


fonte/globo




ANDRE SEGATTI EXIBE BARRIGA DE TANQUINHO


fonte/ig



CRISTINE DIAS BRINCA COM SEU FILHOTE NO AEROPORTO


fonte/globo




FLAVIA ALESSANDRA VAI POSAR NUA PELA 3ª VEZ


fonte/globo



MADONNA DÁ MESADA DE 10 MIL DÓLARES A JESUS LUZ, DIZ JORNAL
* O VALOR SERIA PARA PAGAR GASTOS DO MODELO, JÁ QUE ELE
DEIXOU VÁRIOS DESFILES E EVENTOS PARA ACOMPANHÁ-LA NOS
SEUS SHOWS PELO MUNDO TODO


fonte/ig

postado por: 00:57





1. QUEM MATOU SALOMÃO HAYALLE( DIONISIO DE AZEVEDO )
NA NOVELA " O ASTRO "?

A- HERCULANO ANTONELLA( FRANCISCO CUOCO)
B- AMANDA MELLO ( DINAH SFAT)
C- FELIPE CERQUEIRA ( EDWIN LUISI)




2- QUEM MATOU O JOVEM FRED ( PEDRO FURTADO )
NA NOVELA " MULHERES APAIXONADAS " ?

A- MARCOS ( DAN STULBACK )
B- RAQUEL ( HELENA RANALDI )
C- CLAUDIO MORETTI ( ERICK MARMO )





3- QUEM MATOU ODETE ROITMAN ( BEATRIZ SEGAL )
NA NOVELA " VALE TUDO " ?

A- HELENINHA ROITMAN ( RENATA SORRAH )
B- IVAN MEIRELLES ( ANTONIO FAGUNDES)
C- LEILA CANTAHEDE ( CASSIA KISS )





4- QUEM MATOU LINEU VASCONCELLOS ( HUGO CARVANA )
NA NOVELA "CELEBRIDADES " ?

A- RENATO MENDES ( FABIO ASSUNÇÃO )
B- LAURA PRUDENTE DA COSTA ( CLAUDIA ABREU )
C- MARCOS RANGEL ( MARCIO GARCIA )




5- QUEM MATOU O BARÃO HENRIQUE SOBRAL ( REGINALDO FARIA )
NA NOVELA "FORÇA DE UM DESEJO " ?


A- INACIO SILVEIRA SOBRAL ( FABIO ASSUNÇAO )
B- BARBARA VENTURA ( DENISE DEL VECCHIO )
C- DONA IDALINA ( NATHALIA TIMBERG )




6- QUEM MATOU CARLÃO ( DU MOSCOVIS ) NA
NOVELA " PECADO CAPITAL"?

A- TONHO ALICATE ( LIMA DUARTE)
B- NELIO ( ALEXANDRE BORGES )
C- VALDIR (TATU GABUS MENDES)




7- QUEM MATOU ESTEVÃO ( HENRI CASTELLI)
NA NOVELA " COBRAS E LAGARTOS "?

A- LEONA ( CAROLINA DIECKMANN)
B- ELLEN ( TAIS ARAUJO )
C- MADÁ ( NANDA COSTA )




8- QUEM MATOU VLAD ( NEY LATORRACA) NA
NOVELA " VAMP" ?

A- NATASHA (CLAUDIA OHANA)
B- CAP JONAS ROCHA ( REGINALDO FARIA )
C- FELIPE ROCHA ( FABIO ASSUNÇÃO )




9- QUEM MATOU CRISTIANA ( FLAVIA ALESSANDRA )
NA NOVELA " ALMA GÊMEA " ?

A- RAUL ( LUIGGI BARRICELLI)
B- GUTO ( ALEXANDRE BARILARI )
C- O DIABO


PASSE O MOUSE E VEJA SE VOCÊ É FERA !




postado por: 00:38



CAROLINE BITTENCOURT E ALVARO GARNEIRO
TERMINAM RELACIONAMENTO DE 05 ANOS


fonte/ig



JAIR OLIVEIRA E TANIA KHALLIL COMEMORAM INDICAÇÃO AO
GRAMMY DO CD " GRANDES PEQUENINOS "



fonte/uol




THEO BECKER "PEGA ONDA" NUMA PRAIA DO RIO DE JANEIRO


fonte/terra

postado por: 00:15



CAUÃ REYMOND ESTRELA CAMPANHA PELO CINEMA NACIONAL


fonte/globo




SABRINA SATO VIRA GATO PERIGOSO E MOSTRA AS GARRAS


fonte/ig



WANESSA RECEBE ELENCO DE HIGH SCHOOL MUSICAL- O DESAFIO


fonte/terra




fonte/terra




ENTREVISTADO DA SEMANA DO PROGRAMA DA MARILIA GABRIELA
DO CANAL FECHADO GNT , WILLIAN BONNER IMITA O LULA E
CANTA NEW YORK, NEW YORK


fonte/globo

postado por: 00:11



LUIZA POSSI E MARIA GADÚ UNIDAS PELA AMIZADE



fonte/terra



fonte/terra




DANIELLE CICCARELI GANHA NOVO GAME NA BAND
EM NOVEMBRO .PROGRAMA É UMA VERSÃO DO " GO '
DA ENDEMOL



fonte/ig



ERIBERTO LEÃO PASSEIA NUM SHOPPING DO RIO COM
SUA NAMORADA E DESMENTE BOATO DO TÉRMINO DO
RELACIONAMENTO


fonte/globo

postado por: 00:05


Quinta-feira, Outubro 15, 2009



DEPOIS DE UMA CAMPANHA PRA LÁ DE SEXY...
AREZZO APOSTA NO HUMOR DA MULHER BRASILEIRA


fonte/n9ve



fonte/n9ve



fonte/n9ve

postado por: 00:11


RIHANNA MUDA O VISUAL


fonte/n9ve



JESUS LUZ GANHA UMA APARTAMENTO DE MADONNA, DIZ JORNAL


fonte/ig










MANDE UM E-MAIL PARA NÓS COM DICAS DE MATÉRIAS,
FOTOS DE VC + SEU IDOLO COM RELATOS DE ENCONTROS,
SUGESTÕES DE ASSUNTOS PARA QUIZ , CURIOSIDADES,
ETC...




fofocadascelebridades@gmail.com







postado por: 00:04



XUXA E SASHA BRILHAM EM DESFILE EM ANGOLA


fonte/globo




fonte/globo




LUIZA POSSI CANTARÁ COM LA TOYA JACKSON NO BRASIL


fonte/n9ve




AMY WINEHOUSE TURBINOU OS SEIOS


fonte/terra

postado por: 00:01


Quarta-feira, Outubro 14, 2009




REPORTAGEM CONTIGO


ANA MARIA BRAGA



No Rio Douro, entre o Porto e Gaia, em um rabelo,
típico barco que levava tonéis de vinho
fonte/contigo


Ana Maria Braga em Portugal
Pelos caminhos da fé
Em viagem à terrinha para sua visita anual à cidade
de Fátima, a apresentadora ganha homenagem,
redescobre Cabral e se aventura por um bosque lusitano


Por Bianca Portugal

Para Ana Maria Braga, 60 anos, promessa é dívida e
cumpri-la é um enorme prazer. Com esse sentimento,
ela retorna anualmente a Portugal, mais especificamente
à cidade de Fátima, desde que se curou de um câncer
no reto, diagnosticado em 2001. ''Eu me curei pela fé.
Quando estava doente, Hebe (Camargo) levou para a
minha casa a imagem peregrina da Nossa Senhora de
Fátima. Ela ficou comigo durante todo o tratamento, só
saía de vez em quando para os compromissos dela,
mas retornava. Hoje, estou 100% curada graças a ela'', conta.

Ana Maria já visitou a terrinha mais de dez vezes, mas
dessa vez não pôde contar com a companhia do marido,
o empresário Marcelo Frisoni, 38. Ela nega os rumores
de separação e afirma que nem mesmo a convivência na
ponte aérea - a apresentadora está morando no Rio de
Janeiro há um ano e sete meses e ele permanece em
São Paulo - abalou a relação. ''Não posso controlar a
boca dos outros. Por isso, vivo aquela música: 'Deixe
que digam , que pensem, que falem...' Marcelo não pôde
vir por causa de seu trabalho, apenas isso. Nós estamos
muito bem'', garantiu.

Peregrinação
Mesmo sem o marido, Ana Maria Braga não perdeu a
oportunidade de fazer a sua costumeira peregrinação por
Portugal antes de chegar a Fátima. Depois de desembarcar
em Lisboa, ela seguiu para a cidade do Porto, onde foi
homenageada pelos 10 anos de seu programa com um
jantar na Pousada do Porto - Palácio do Freixo. Transmitido
ao vivo pelo canal GNT e ainda reprisado à tarde, o Mais Você
é um sucesso entre o público lusitano e a apresentadora é tão
conhecida dos portugueses quanto dos brasileiros.
''Infelizmente, nunca consigo atender a todos os pedidos.
Como fico pouco tempo aqui, se fosse dar entrevista a todos
que me pedem, não faria mais nada'', justificou-se.



fonte/contigo



Vinho do Porto
A recíproca é verdadeira. Amada pelos portugueses, basta
conversar um pouco com Ana Maria para perceber que ela
não apenas idolatra o país como faz questão de estudar as
histórias da terrinha. Em um passeio pelo Rio Douro, que
divide as cidades do Porto e de Gaia, a apresentadora ilustrou
o passeio contando como foi criado o famoso vinho local.
''Existem várias versões, mas na que mais acreditam é a de
que os pescadores saíam com tonéis de vinho tinto, mas eles
estragavam por causa do sol forte. Um dia, um deles decidiu
misturar o vinho com bagaceira, um tipo de aguardente, para
evitar que azedasse, criando assim uma bebida mais forte e
doce'', explicou a dublê de guia turística sobre a origem do
vinho do Porto.

Pedro Álvares Cabral
As maiores surpresas da viagem ficaram reservadas à pequena
cidade de Belmonte, com cerca de 7.500 habitantes. Terra natal
de Pedro Álvares Cabral, o Museu do Descobrimento levou Ana
Maria Braga às lágrimas. ''Parece bobagem, mas é lindo. Como
eles não tinham mais as caravelas originais, fizeram tudo com
tecnologia. Quero muito levantar essa bandeira no Brasil. Vou
batalhar para que a gente tenha alguma coisa parecida.
É inacreditável, mas tive de vir a Portugal para finalmente descobrir
o Brasil'', reconheceu a apresentadora, que também passeou pelo
Castelo de Belmonte, onde nasceu o descobridor.

Cogumelos selvagens
Ainda na pequena cidade, Ana Maria Braga se emocionou ao
participar pela primeira vez da colheita dos cogumelos selvagens
na floresta Serra da Estrela. Essas iguarias nascem apenas entre
outubro e janeiro e só vivem por três dias, por isso é fundamental
estar acompanhado por alguém que conheça os segredos do bosque
para essa aventura. Assim, a apresentadora contou com a companhia
do chef curitibano Valdir Dudek Lubav, que mora em Portugal e se
tornou um especialista no tema.

Sempre ligada em gastronomia, ela ainda aproveitou para aprender
uma nova receita para apresentar no Mais Você. ''É um caldo de
cogumelos à moda capuccino, com espuminha, que é simplesmente
divino, podem me aguardar. É a melhor coisa que já comi na vida.
'' Ao final da jornada, com seu característico bom humor, Ana Maria
voltou para a área urbana tecendo similaridades entre os fungos e as
mulheres: ''Os mais venenosos são também os mais bonitos'', brincou.

De Belmonte, Ana Maria Braga seguiu para Fátima. Lá, reforçou sua fé
e renovou a promessa para que, em 2010, volte a Portugal para novas
aventuras e descobertas.


postado por: 23:57



JONATHAS FARO POSA NO CHUVEIRO PARA REVISTA RG VOGUE


fonte/extra




NÃO DEU CERTO A TENTATIVA DE MARIANA XIMENES DE SE
RECONCILIAR COM EX- MARIDO


fonte/globo




ALCIONE REVELA NO PROGRAMA DA FERNANDA YOUNG
" SOU UMA MULHER QUE DEIXA SAUDADES "


fonte/globo




APRESENTADORA DA " TV GLOBINHO " FERNANDA PONTES
MOSTRA QUE ESTÁ BEM SARADA


fonte/extra

postado por: 23:50






ENTREVISTA FAMOSIDADES


KLARA CASTANHO



fonte/famosidades


Klara CastanhoEla tem apenas nove anos, mas já traz
no currículo uma série no canal pago GNT e uma novela
no SBT. Agora, Klara Castanho promete aprontar poucas
e boas na novela global Viver a Vida, de Manoel Carlos


Por Renan Botelho
Aos nove meses de idade, Klara Castanho estreou como
modelo de comerciais. Com o passar dos anos, a pequena
cresceu e ganhou destaque atuando em trabalhos publicitários.
Quem não se lembra do comercial que a pequena roubou a
cena cantando um jingle de uma propaganda de uma marca
de margarina?
Seu talento promissor a fez conquistar um papel na série
"Mothern", do GNT, onde atuou nas temporadas de 2006 e
2007. No ano seguinte, ela partiu para TV aberta, onde fez
sua primeira novela, "Revelação", do SBT.
Engatando um trabalho atrás do outro, Klara assumiu seu
primeiro grande desafio. A menina vive uma espécie de vilã
na novela "Viver a Vida", da Rede Globo, que já deu o que
falar antes mesmo de o folhetim começar. O Ministério
Público do Trabalho, no Rio de Janeiro, encaminhou
notificação recomendatória ao autor Manoel Carlos. O órgão
alega que interpretar uma pessoa de má índole pode influenciar
na vida da criança.
Em entrevista ao Famosidades, Klara Castanho defende
Rafaela, sua personagem. E garante que não será uma vilã.
"Ela faz muita arte em 'Viver a Vida'", diz.
Natural de São Bernardo do Campo, São Paulo, Klara ainda
falou sobre o desafio de viver um papel de destaque em plena
novela das 21h e contou como está a vida de famosa. Confira!

FAMOSIDADES - Vai aprontar muito como a vilãzinha da
novela?

KLARA CASTANHO - A Rafaela não é uma vilã, a diferença
é que ela faz muita arte. É como fazer qualquer outro
personagem. Ela é muito apegada à mãe, Dora
[personagem de Giovanna Antonelli], mas a tira do sério a
toda hora.

Como é a relação com Giovanna Antonelli, sua mãe na trama?

Ela é o máximo, nos damos muito bem.
Como você se sente ao estrear na Globo com um papel de
destaque na novela das 21h?

Eu fico feliz, bem feliz!

Você é muito paparicada pelos colegas de elenco?

A gente se dá muito bem. Eles brincam comigo o tempo
inteiro nos intervalos. O pessoal da produção é muito
cuidadoso com todos nós.

Já pediu algum autógrafo para alguém da novela?

Não, eu prefiro ter fotos. Depois vou tirar fotos com todos
eles para guardar de recordação.
Você se mudou para o Rio de Janeiro para gravar a novela.

Já se acostumou com a nova escola e os amiguinhos?

Já me acostumei sim. Fui muito bem recebida pelos meus
amigos e meus professores.

Como está a vida de famosa? As pessoas te
reconhecem na rua?

Ainda me reconhecem pouco. Quando lembram de mim,
por conta do "Mothern", as pessoas me abraçam e pedem
pra tirar foto.

É difícil decorar as falas?

Tenho facilidade para decorar. Para mim, não tem nada
de difícil.

De quem você é fã?

Sou fã do Caio Castro, de "Malhação".
Com estudo e com a novela, sobra tempo para brincar?

O que você mais gosta de fazer no tempo livre?

Sobra, claro. Gosto de ir à praia, tomar banho de piscina,
ir ao shopping e acessar sites de jogos de meninas.



postado por: 23:45




DANIELLA SARAHYBA: " MULHER NENHUMA GOSTA DE MÃO BOBA "


fonte/terra




EX-BBB MAX PORTO CAUSA FRISSON ENTRE ARTESÃOS :
" JÁ LEVEI MUITO NÃO COMO REPOSTA "


fonte/terra





THAILA AYALA" MINHA CARACTERÍSTICA MAIS DEPLORÁVEL É A GULA "


fonte/globo




FERNANDA MACHADO GANHA FESTA SURPRESA DO NAMORADO
E ATÉ O WALCYR CARRASCO COMPARECE PARA PRESTIGIÁ-LA


fonte/ig

postado por: 23:37




NA NOVELA " VIVER A VIDA "
QUAL PERSONAGEM VOCÊ ACHA
QUE VAI " ROUBAR "A CENA ?
HELENA ( TAIS ARAUJO )
LUCIANA ( ALINE MORAES )
TEREZA ( LILIA CABRAL )
DORA ( GIOVANA ANTONELLI )
RENATA ( BARBARA PAZ )


Ver Resultado

postado por: 23:30


Terça-feira, Outubro 13, 2009



postado por: 21:49



postado por: 21:49




postado por: 21:48




REPORTAGEM QUEM ACONTECE

OS 5 FILHOS MAIS FOFOS DAS CELEBRIDADES

Uma votação no site de QUEM elegeu os cinco filhos mais
fofos de celebridades nascidos nos últimos anos.
Veja quem são as crianças escolhidas pelos internautas

Por Mariana Martinez

Davi,
8 MESES
Nasceu em: 20 DE JANEIRO DE 2009



Davi chegou ao mundo na época que sua mãe
provavelmente mais gosta: em pleno verão de Salvador,
na Bahia, às vésperas do Carnaval. Filho da cantora
Claudia Leitte com o empresário Márcio Pedreira, o
pequeno deu um enorme susto logo de cara. No início
de maio, quando tinha apenas 3 meses, passou nove
dias internado em um hospital do Rio de Janeiro com
diagnóstico de meningite. Para alívio geral, ele se
recuperou bem. No aniversário de 7 meses, recebeu uma
homenagem da mãe, que publicou sua foto fantasiado de
elefante no Twitter. “O elefantinho mais lindo do Universo!
O amor da minha vida”, escreveu a cantora. Recentemente,
Claudia revelou que Davi agora tem dentinhos – até o
fechamento desta edição eram dois – e que uma de suas
preferências alimentares é biscoito de maisena.






Shiloh,
3 ANOS
Nasceu em: 27 DE MAIO DE 2006



Primeira filha biológica de Angelina Jolie e Brad Pitt,
Shiloh Nouvel nasceu na Namíbia, país da África. Seu
primeiro nome significa paz, em hebraico. O segundo é uma
homenagem ao renomado arquiteto francês Jean Nouvel,
admirado por Pitt. Ainda bebê, Shiloh fez sua primeira
aparição pública na capa da revista People, no colo dos
pais, numa foto avaliada em 4,1 milhões de dólares. O
dinheiro pago pela revista ao casal foi doado para caridade.
Irmã de Maddox, de 8 anos, Pax, de 5, e Zahara, de 4, ela
perdeu o posto de caçula da família há pouco mais de um
ano, quando nasceram os gêmeos Knox Leon e Vivienne
Marcheline. Apesar da pouca idade, Shiloh rodou o mundo
inteiro em viagens com a família. Entre as histórias que
circulam na imprensa sobre a menina, dizem que tem
personalidade forte, prefere usar as roupas do irmão mais
velho e tem uma amiga imaginária chamada Amy, com quem
gosta de conversar na hora do jantar.





Suri,
3 ANOS
Nasceu em: 18 DE ABRIL DE 2006



A filha de Katie Holmes e Tom Cruise já alcançou status
de celebridade semelhante ao dos pais. Por onde passa,
ela vira notícia. As roupas que usa, o corte de cabelo, os
passeios em família e as expressões faciais fazem a
alegria dos paparazzi. O assédio é grande e às vezes
ela chega a esconder o rosto para fugir dos flashes, mas
até Tom Cruise já admitiu que os fotógrafos registram
cenas memoráveis de sua filha. Com um guarda-roupa
estimado em 3 milhões de dólares, Suri foi eleita, em
novembro do ano passado, a criança mais influente do
mundo pela revista Forbes, posto que antes pertencia a
Shiloh, filha de Brad Pitt e Angelina Jolie. O nome Suri
significa princesa, em hebraico, ou rosa vermelha, em
persa. É irmã de Isabella e Connor, filhos adotados por
Tom Cruise no primeiro casamento, com Nicole Kidman.
Seu primeiro ensaio fotográfico foi com os pais, aos
4 meses, para a capa da revista Vanity Fair.






Joaquim,
4 ANOS
Nasceu em: 8 DE MARÇO DE 2005



Joaquim Ksyvickis Huck é o primeiro filho dos
apresentadores Angélica e Luciano Huck. Irmão do
caçula, Benício, que completa 2 anos em novembro,
herdou os olhos claros e os cabelos loiros da mãe.
Ainda muito pequeno, começou a acompanhar Angélica
nos bastidores das gravações do programa Vídeo Game,
e lá era amamentado e dormia bastante.
As primeiras fotos de Joaquim vieram a público quando
ele tinha pouco mais de 2 meses. A letra inicial de seu
nome está tatuada nas costas do pai como uma
homenagem. No fim de junho deste ano, acompanhou a
família numa viagem a Buenos Aires bem no auge do
surto de gripe suína na Argentina, o que deixou todos
meio preocupados. Mas nada aconteceu. Joaquim
comemorou 4 anos em março, vestido de super-herói,
numa festa cheia de amigos e gente famosa.





Noah,
1 ANO E 9 MESES
Nasceu em: 19 DE DEZEMBRO DE 2007



Este pequeno carioca é filho do casal de atores Danielle
Winits e Cássio Reis. Segundo a mãe, a família faz de
tudo para que Noah tenha uma dieta o mais “natureba”
possível. Portanto, ele não come doces e outras
guloseimas. “Antes de ir a uma festa de aniversário, por
exemplo, ele faz uma refeição em casa, e levamos algumas
frutas na bolsa”, disse a atriz à revista Crescer no início
deste ano. Também chama a atenção o estilo das roupinhas
de Noah, sempre despojadas. Não à toa, antes de completar
1 ano ele já assinava, com seu nome, uma linha de roupas
para crianças.

postado por: 00:23



ADRIANE GALISTEU FOI REPRESENTAR O BRASIL
NA REPÚBLICA DOMENICANA


fonte/extra




MIRELLA SANTOS E LATINO REAPARECEM EM PÚBLICO
JUNTOS


fonte/ig




JOANA PRADO E VITOR BELFORT VÃO AO CIRCO COM SEUS FILHOS


fonte/terra




ISIS VALVERDE CURTE PRAIA NO RIO


fonte/globo

postado por: 00:15



ENTREVISTA QUEM ACONTECE


JOANA FONN


fonte/quem




“Quero fazer topless para provar minha feminilidade”

A atriz fala pela primeira vez de sua luta contra o câncer
– ela teve que retirar os dois seios, submeteu-se a cinco
cirurgias e, no lugar da quimioterapia, usa um
medicamento que tira o vigor e a deixa sem ar. Mas
Joana não desiste da vida e faz muitos planos para o futuro

Por Valmir Moratelli

Dois tumores no seio direito – foi esse o diagnóstico que a
atriz Joana Fomm recebeu de sua médica no começo de
2007. Ela descobriu que precisava retirar a mama. Tentou
levar a doença na base do humor, até como forma de aliviar
a ansiedade pela recuperação, após a cirurgia. Um ano
depois, porém, quando pensava ter vencido o drama, o
câncer voltou. Dessa vez, a mamografia indicava três
tumores no seio esquerdo. Uma nova cirurgia foi feita
para a retirada da outra mama. “Na hora em que tiram
o seio... a sensação é a de perder uma perna. Estavam
tirando um pedaço de mim”, diz Joana. O humor, então,
já não era o mesmo de antes. A atriz recolheu-se em
casa, no Leblon, Rio de Janeiro, e só atendia os amigos
por telefone. Chorou, ficou deprimida, mas não escondeu
o câncer de ninguém. O medo da morte surgiu apenas
após uma quinta (e demorada) cirurgia, para a
reconstituição das mamas. “É impossível estar com essa
doença e não pensar nisso. Fiquei imaginando que não é
possível que uma pessoa, na minha idade, aguente tanta
anestesia. Mas foi um pensamento passageiro”, diz ela,
que está com 70 anos.

Em entrevista a QUEM, a atriz, que é mãe de Gabriel, de
34 anos, de seu relacionamento com o escritor Ricardo
Gouvêa, concordou em falar pela primeira vez sobre a luta
que travou contra a doença. Um tanto ofegante, efeito da
medicação que precisa tomar por cinco anos, olhos
marejados e voz por vezes embargada, Joana dá uma lição
de vida. Sentada no sofá de sua sala, ao lado de uma
estátua de Dom Quixote, ela faz planos para o futuro, dos
quais constam trabalhos como a próxima novela de Gilberto
Braga, que deve ir ao ar em 2010. Poderá ser a repetição de
uma grande parceria – em 1978, ela brilhou como a Yolanda
Pratini, de Dancin’ Days. Outro trabalho de enorme sucesso
seu é a amargurada e cômica Perpétua, da novela Tieta, de
Aguinaldo Silva, em 1989. “Tenho muitos planos de viver.
Quando os seios estiverem bem bonitos, depois da próxima
plástica, quero ir à praia de topless, para enlouquecer os
paparazzi. Quero fazer topless para provar minha
feminilidade”, diz, com um belo sorriso.

QUEM: Como você descobriu que estava com câncer?
JOANA FOMM: Fui fazer um exame normal, estava atrasada
com meus preventivos. A médica olhou e disse: “Aqui tem
uma coisa”. Achei que não devia ser nada, porque já tinha
tido uns caroços antes. Mas, da maneira como ela me olhou,
eu já sabia que era câncer.


“DESCULPE EU RIR DISSO, É TRÁGICO, MAS É ENGRAÇADO.
QUANDO VI MEUS NOVOS SEIOS, PENSEI ‘POXA VIDA,
NO FINAL, SAÍ NO LUCRO! ESTÃO MAIS BONITOS DO
QUE ERAM ANTES’.”

QUEM: Qual foi a primeira pessoa a quem você contou sobre
a doença?
JF: Um amigo meu, Radamés, me ligou quando eu estava
saindo do consultório. Tínhamos marcado de ir ao teatro ver
meu filho, que é músico e ia participar da orquestra da peça.
Daí, atendi já falando: “Alô, estou com câncer”. Ele desligou o
telefone na hora, acho que pirou junto comigo. Dois minutos
depois, ligou de novo. Eu disse que não ia ao teatro. Ele insistiu
e fomos. Quando cheguei lá, chamei meu filho, Gabriel, e falei
do exame. Ele tentou segurar o choro, pediu para eu ir para casa,
mas preferi ficar e ver a peça. Esse foi meu primeiro dia com a doença.

QUEM: Você teve câncer duas vezes seguidas. Dá para comparar
as duas etapas?
JF: É muito ruim. Você não sabe que está com a doença, não sente
nada... Um belo dia, faço um exame e o médico diz: “Você está com
câncer”. Na primeira vez, em 2007, segurei bem, operei logo, foi tudo
rápido. Pensei: “Pronto, acabou”. Tirei o seio e fizeram a plástica.
Tive certeza de que estava boa. Num outro exame, um ano depois,
viram que o outro seio tinha três tumores. Aí, peguei depressão.
Pensar em começar tudo de novo... Nossa, foi um golpe e tanto!
A impressão era de que uma pedra tinha entrado na minha cabeça
e tomado conta de mim. Fiquei pálida como uma pera. Branca mesmo.

QUEM: Qual foi o pior momento da doença?
JF: Fiquei ainda mais deprimida quando não consegui fazer uma peça,
que estava ensaiando, no começo de 2008. Queria provar que tinha
capacidade de fazer. Fui aos ensaios, mas não aguentei ir adiante.
Isso me afundou ainda mais.

QUEM: Você fez quimioterapia?
JF: Não. Tenho que tomar um remédio fortíssimo por cinco anos e
fazer exames regularmente. Não perdi cabelo, nada disso... Mas
fico sem fôlego. O remédio que eu tomo tira o vigor. Mas aprendi
a driblar o remédio. Estou representando que estou com vigor.

QUEM: Agora, por exemplo, está representando?
JF: Represento todo dia. Faço piada, brinco... Mas é claro que é
complicado. Antes de você chegar, eu estava na cama, deitada,
bastante tonta. Minha pressão estava 9 por 6. Tomei um copo d’água,
nem conseguia levantar a cabeça. Daí, você chegou e tive que
representar que está tudo bem (risos). Mas estou reerguida. A minha
professora de voz, que também teve câncer, disse que, pela minha voz,
estou curada. Isso tem sentido. Quando se tem a doença, a voz diz
muito sobre você. Depois que acaba, é difícil voltar à voz normal. Sair
é mais difícil do que ficar doente. A gente fica embrulhada num outro
clima.


“NÃO PERDI CABELO, NADA DISSO. MAS FICO SEM FÔLEGO.
O REMÉDIO QUE EU TOMO TIRA O VIGOR. MAS APRENDI A
DRIBLAR O REMÉDIO. ESTOU REPRESENTANDO QUE ESTOU
COM VIGOR.”

QUEM: No período em que esteve doente, as pessoas se afastaram
de você?
JF: Eu é que me afastei. Pedi para os amigos não ligarem, estava
deprimida. A não ser que você tenha muita intimidade com a pessoa,
é chato recebê-las em casa, deitada, com câncer! Arlete Salles me
ligou e me fez rir, falou: “Aproveita para fazer tudo quanto é plástica,
conserta tudo!” Ney Latorraca ligava direto, ficava às gargalhadas com
ele no telefone. Disse que ele me curou um pouco também.

QUEM: Teve medo de morrer?
JF: Só tive medo de morrer uma vez. Fiz cinco operações ao longo do
tratamento, incluindo as plásticas. A última durou sete horas, e aí veio
o medo. Não é possível que uma pessoa, na minha idade, aguente tanta
anestesia. Falei isso para a médica, mas ela achou que era bobagem.
Foi um pensamento passageiro.

QUEM: Que lição você tira disso tudo?
JF: Todo mundo diz que tira lições de um câncer, mas eu não. Isso tudo
talvez tenha me feito pensar na célula que inflama e enlouquece, mas
não enlouquece sozinha, enlouquece as outras células. É um universo
que funciona independentemente da gente, é uma doença da qual você
não participa. Eu quis dar um caráter psicológico a ela, mas meu
psicanalista quis me bater! Desculpe eu rir disso, é trágico, mas é
engraçado. Quando vi os meus novos seios, pensei: “Poxa vida, no
final, saí no lucro! Estão mais bonitos do que eram antes”.

QUEM: Antes da reconstituição dos seios, você conseguia se ver
no espelho?
JF: Não. Fiz a cirurgia e me enrolaram toda na cama com gazes.
Quando levantei, a gaze caiu. Aquilo me deixou nervosa. Tive pânico
de me olhar e não ver meus seios. Chamei as enfermeiras e falei que
caiu o curativo. Fiquei muito nervosa! Mas, aí, entra o lado cômico da
tragédia... As enfermeiras eram minhas fãs, me reconheceram,
ficaram ainda mais nervosas, não conseguiam fazer nada. Ficaram
atrapalhadas. Tive um ataque de riso. Falei: “Gente, vocês estão
parecendo dupla caipira. Me dá isso aqui que eu mesma coloco”.
Daquele dia em diante, tive que rir da doença.

QUEM: Dizem que a retirada dos seios mexe com a feminilidade.
Você sentiu essa mudança?
JF: Não me sinto menos mulher, pelo contrário. Eu me sinto mais
feminina, por saber que segurei essa. Estou mais corajosa. Quero
recuperar a força, acabar com esse cansaço. Na hora em que
tiram o seio... a sensação é de perder uma perna. Estavam tirando
um pedaço de mim. Não é mole, sabia? Mas, depois que passa, o
desejo é ter um seio bacana. É uma vergonha uma mulher da minha
idade falar isso, mas, na verdade, eu quero é namorar. Quero ter 120
anos e estar legal comigo mesma, não me esconder atrás de sutiãs
de enchimento.

QUEM: Você está namorando?
JF: Agora não. Mas, no ano passado, sim. Namorei com seio escondido.
Não ficava à vontade. Não quero falar o nome dele, mas foi uma pessoa
maravilhosa durante toda a doença, ficou por perto, foi bacana, me deu
muita força. Tenho muitos planos de viver. Quando os seios estiverem
bem bonitos, depois da próxima plástica, quero ir à praia de topless, para
enlouquecer os paparazzi. Quero fazer topless para provar minha
feminilidade. Procurei o médico e falei para transformá-los em seios de
atriz europeia, dessas que usam camisetas decotadas.

QUEM: Como está sendo o retorno ao trabalho?
JF: No final do ano passado, participei em Casos e Acasos e Dicas de
Um Sedutor. Fiz tudo nervosíssima. A voz foi sumindo, a força também.
Mas fui lá e fiz. As pessoas que viram gostaram. Mas sei que podia ter
ficado melhor. Não saiu como gostaria de ter feito. Fiz agora um filme,
O Gerente, do Paulo César Saraceni, ficou bem bacana. Consegui dominar
a interpretação. E farei, no ano que vem, a novela do Gilberto Braga.
Quero viver.

QUEM: É comum pessoas que passam por problemas como o seu se
apegarem à religiosidade. Com você também foi assim?
JF: Se eu me tornei religiosa? Não, sabe por quê? Porque não tenho
religião. Nunca tive. Eu não acredito em Deus, mas acredito no poder
da energia positiva. Acredito em santos, por exemplo, que são caras
de energia fantástica. Ainda quero contar num livro os mistérios que
rondam minha vida. São coisas que aconteceram comigo, então, não
posso ignorá-las, simplesmente.

QUEM: Que coisas?
JF: Quase morri de gangrena, com apendicite, quando tinha 6 anos.
Quem me salvou foi um espírita, que meu tio levou até mim, após os
médicos dizerem que não sabiam o que eu tinha. Depois, na
adolescência, tive febre aftosa. A costureira da minha tia foi lá me
rezar, nunca tinha visto uma rezadeira na vida. Quando acabou de
rezar, eu já não tinha mais nada. Olha que loucura! O médico não
sabia nem o que dizer.


“IDADE LIMITA A GENTE. AH, NÃO PODE TRANSAR COM ESSA
IDADE? POR FAVOR, NÉ!”

QUEM: Teve alguma experiência assim, inexplicável, mais
recentemente?
JF: Estive no Retiro dos Artistas em agosto, para ver a Dirce Migliaccio,
que foi muito minha amiga. Me falaram para não ir, porque ela não
reconhecia mais ninguém. Mas fui. E me assustei com a aparência dela.
Perguntei: “Dirce, aqui é Joana. Você se lembra de mim?” Ela, que não
falava há dias, disse: “Claro!” Quando fui embora, ela deu um grito: “Tchau”.
Depois disso não falou mais nada. Foi uma despedida, e só para mim
(Dirce morreu no fim de setembro). Fiquei louca de tão comovida por ela
ter falado só comigo. Chorei horrores.

QUEM: A novela Tieta, que marcou época na TV, está completando
20 anos. Você sente saudade de sua personagem, a megera Perpétua?
JF: Não. Porque deixo a personagem lá no estúdio no último dia de
gravação. Mas fico com certos problemas, sabe? Quando fiz Perpétua,
fiquei cheia de rugas. Eu era uma pessoa toda enrugada, por causa das
expressões que ela fazia. E tinha que usar sapato de padre, aquela
coisa dura, que deixava os pés horrorosos. Foi um sacrifício voltar a
ser eu mesma depois daquele trabalho.

QUEM: É verdade que você não gosta de falar sua idade?
JF: É, sim. Só falo minha idade para taxista, porque eles perguntam e
se assustam depois que falo. “Não pode ser! Setenta?!” Morro de rir
. Parei de falar em idade quando soube de uma frase ótima do Millôr
Fernandes, que diz: “Depois de não existir e antes de desaparecer
para sempre, a gente vive um pouco”. Idade limita a gente. Ah, não
pode transar com essa idade? Por favor, né!

QUEM: Você sente que existe esse preconceito com relação à
idade dos atores?
JF: Muito. Quando você diz a idade, os diretores pensam: “Vamos
colocá-la para ser a tia velha da mocinha”. E nada mais que isso.
A única pessoa que escapou dessa coisa horrorosa foi a Fernanda
Montenegro. O resto não. Em Bang Bang (2005), acharam que o casal
que formei com o Tarcísio Meira era muito velho. Olha que horror!

postado por: 00:07


Segunda-feira, Outubro 12, 2009


KLARA CASTANHO:
" MEU SONHO ERA CONHECER AO ELENCO DA " MALHAÇÃO "


fonte/globo




SUSANA VIEIRA É MADRINHA DA CAMPANHA " ROCINHA SEM FOME "


fonte/terra




RITA GUEDES EM LOS ANGELES ESTÁ ESTUDANDO COM A COACH DAS ESTRELAS


fonte/ig




LUCIANO HUCK E XUXA SACODEM 20 MIL PESSOAS EM LUANDA


fonte/globo

postado por: 23:58



FESTA DE 9 ANOS DA REVISTA QUEM REUNE FAMOSOS

ADRIANE GALISTEU





IRIS STEFANELLI





GIOVANA ANTONELLI






JESUS LUZ E MARCUS BUAZ






CAROLINA DIECKMANN





FRANCINE PIAIA





ADRIANE GALISTEU E MARINA MORENA





GLORIA MARIA





PATRICIA MALDONADO E GUILHERME ARRUDA




postado por: 23:51


Sábado, Outubro 10, 2009





ENTREVISTA EXTRA ONLINE


FERNANDA MONTENEGRO




fonte/extra





Tudo que você não sabia sobre Fernanda Montenegro,
que faz 80 anos



Na próxima sexta-feira, a maior atriz brasileira completa
80 anos de vida. Fernanda Montenegro vai comemorar o
aniversário no lugar onde se sente melhor, o palco. Ela está
em cartaz no Teatro Marília Pêra, no Fashion Mall, com a
peça “Viver sem tempos mortos”, sobre a escritora feminista
Simone de Beauvoir. E lá Fernandona fará um brinde ao lado
de executivos da TV Globo, da crítica Bárbara Heliodora e de
familiares e amigos. A Retratos da Vida não poderia deixar
passar em branco uma data tão especial. Abaixo, selecionamos
curiosidades sobre a vida desta carioca que nos orgulha tanto.
A única brasileira que já foi indicada ao Oscar, o maior prêmio
do cinema. Leia e divirta-se.


O verdadeiro nome de Fernanda Montenegro é Arlete Pinheiro
Esteves da Silva. O nome Fernanda foi por ter uma sonoridade
que remetia aos personagens de Balzac ou Proust, seus
autores preferidos. Já Montenegro veio de um médico amigo da
família.


Filha de um mecânico, funcionário da Light, e de uma dona de
casa, Fernanda nasceu no Campinho. Aos 15 anos, começou
a trabalhar como locutora na Rádio Ministério da Educação e
Cultura. Ela fazia traduções e adaptações de peças literárias
para radionovelas e, para completar o orçamento, dava aulas
de português para estrangeiros na escola em que estudava
inglês e francês.


É torcedora do Fluminense.


Ao lado da Rádio funcionava a Faculdade de Direito, onde
havia um grupo de teatro amador. Fernanda se uniu a ele
e logo foi chamada para uma participação no Teatro Ginástico.
Sua estreia se deu em 1950, na peça “Alegres canções nas
montanhas”, ao lado de Fernando Torres, com quem se casou
em 1953. Da união, nasceram a atriz Fernanda Torres, de
44 anos, e o diretor Cláudio Torres, de 46.


Em 1979, durante a ditadura militar no Brasil, Fernanda e seu
marido foram alvo de um atentado por parte de um dos vários
grupos paramilitares. Ela saiu ilesa, mas, na época, precisou
cancelar apresentações e atuou com as luzes do teatro acesas
e amparada por seguranças.


Em 1985, foi convidada pelo então presidente José Sarney para
ser Ministra da Cultura. Obteve o apoio da classe artística e da
opinião pública, mas Fernanda preferiu recusar o convite.


É avó de três meninos: Antônio, de 1 ano e meio, e Joaquim, de 9,
filhos de Fernanda, e Davi, de 8, filho de Cláudio.


A atriz vive atualmente num apartamento em frente à Praia de
Ipanema. Confortável, mas sem luxos.


No meio artístico, comenta-se que Fernanda comanda com
mão de ferro as produções dos seus espetáculos num escritório
dentro de sua casa. Ela, que tem fama de durona nos negócios,
não é de esbanjar dinheiro e gosta de pechinchar.


Apesar de ser uma pessoa de hábitos simples e atenciosa com
todos que a cercam, Fernanda não é modesta. Ao ganhar um
prêmio, recentemente, ela disse, sem meias palavras: “Não vamos
ser hipócritas. Eu mereço tudo que eu ganhei. Sou boa no que faço”.


Fernanda fez apenas uma cirurgia plástica para diminuir as bolsas
sob os olhos.


A música “Mulher da vida”, de Milton Nascimento, foi feita em sua
homenagem.


Numa das viagens para promover “Central do Brasil”, Fernanda se
desentendeu com Walter Salles. A atriz não gostou de ver o diretor,
um dos herdeiros do Unibanco, usando roupas gastas para disfarçar
a condição de milionário e fingindo se emocionar com a pobreza
mostrada na fita. Hoje, quando se toca no assunto, ambos
desconversam.


Apesar do sucesso do filme, Fernanda não fez fortuna com
“Central do Brasil”. Os cachês obtidos com “O auto da
Compadecida” e outros dois papéis na televisão compensaram
os meses em que Fernanda ficou promovendo o longa.







postado por: 23:31





NA NOVELA " VIVER A VIDA "
QUAL PERSONAGEM VOCÊ ACHA
QUE VAI " ROUBAR "A CENA ?
HELENA ( TAIS ARAUJO )
LUCIANA ( ALINE MORAES )
TEREZA ( LILIA CABRAL )
DORA ( GIOVANA ANTONELLI )
RENATA ( BARBARA PAZ )


Ver Resultado

postado por: 23:30




JESUS LUZ CURTE FESTIVAL DE MÚSICA NO CEARÁ


fonte/globo




fonte/globo




fonte/globo




EMANUELLE ARAÚJO :
"ME CASEI COM 17 ANOS DE NOIVA.AGORA QUERO NAMORAR "
.

fonte/terra



LUIZE ALTENHOFEN E FREDERICO APRESENTAM GRETA


fonte/ig




RICO MANSUR, CARLINHOS E PEDRO SE ENCONTRAM EM BALADA


fonte/terra

postado por: 23:22






ENTREVISTA EXTRA ONLINE


LUIZA POZZI



fonte/extra


Luiza Possi: 'Na época em que 'Per amore' estourou,
dei uma cansada'


Além de ser linda e ter uma voz incrível, Luiza Possi
é bem-humorada e racha a conta do restaurante!
Confira as respostas da cantora nas “Perguntas fora do comum”.

— Já percebeu que estava sem cartão ou cheque na hora
de comprar algo ou pagar uma conta?

— Já aconteceu, sim. Ri, expliquei a situação e voltei mais
tarde para pagar... Acontece com todo mundo, né?

— O que te irrita?

— Levar choque, de qualquer tipo: no chuveiro, cotovelo na
mesa, na geladeira... Isso me tira do sério!

— Quando a conta do restaurante chega, você paga tudo,
racha com o rapaz ou finge que nem é com você?

— Como sempre fui muito independente, no começo de uma
relação tenho muita dificuldade em deixar alguém pagar
qualquer coisa. Depois, eu deixo acontecer naturalmente.

— Quando pergunta ao namorado se está gorda, você quer
ouvir um elogio ou uma mentira?

— Quero ouvir que eu estou macérrima, linda, incrível e
única (risos). Não é isso que a gente quer?

— Tem alguma mania?

— Tenho superstições, milhares... Mas mania mesmo, acho
que não. Ah! Tenho minhas fraldas de pano que fico passando
no olho antes de dormir.

— Qual música da sua mãe, Zizi Possi, que você não aguenta
mais ouvir?

— Eu aguento ouvir, sim! Claro que, na época em que
“Per amore” estourou, dei uma cansada, mas na hora que a
via cantando no show me emocionava de novo.

— Já foi convidada para posar nua?

— Sim. Não aceitei porque não tem nada a ver comigo. Se um
dia eu posar é porque eles enlouqueceram e resolveram me dar
um salário vitalício.

— Você já foi morena? Ou nunca quis?

— Já fui morena, ruiva, verde, rosa (sem querer, foi erro mesmo).
Meu cabelo é um sobrevivente.




postado por: 23:15



EM ENTREVISTA PARA O PROGRAMA " TODA SEXTA "
DE ADRIANE GALISTEU ZAGALLO DIZ QUE NÃO SE ARREPENDEU
DE NÃO TER CONVOCADO ROMÁRIO PARA A COPA DE 98


fonte/ig



SABRINA SATO EMENDA SHOW DE PRETA GIL E BALADA


fonte/ig




PARIS HILTON CURTE FILHOTE DE CHIMPANZÉ EM EVENTO
EM NOVA YORK


fonte/terra




JOANATAS FARO SE DESPEDE DE "PERALTA ", MAS LOGO ESTARÁ NA
TELINHA NOVAMENTE


fonte/terra

postado por: 23:11



HUMBERTO MARTINS DIZ QUE SE ENCOMODA EM
FAZER PAPEIS DE " HOMEM OBJETO "


fonte/globo




FRANCINE PIAIA E ANA CAROLINA SE ENCONTRAM EM FEIRA
DE MATERIAL ESCOLAR


fonte/ig




fonte/ig




fonte/ig

postado por: 23:05



GRAZI MASSAFERA É CAPA DA REVISTA CRIATIVA DESTE MÊS

Os apegos de Grazi


fonte/editora globo


Por Mariane Morisawa



fonte/editora globo


Fotos da infância, conchinhas, ímãs de geladeira,
páginas do diário... Ela cresceu, virou atriz e agora
faz as vezes de apresentadora. Mas ainda tem traços
da menina de Jacarezinho, tanto nos objetos que mais
preza quanto no jeito espontâneo e meigo. E precisa mudar?



fonte/editora globo

postado por: 23:01



BRUNO MAZZEO E ISABEL WILKER TROCAM BEIJOS EM EVENTO


fonte/terra





O RAPPER AMERICANO 50 CENTS VEM AO BRASIL EM DEZEMBRO


fonte/ig




PERLLA ESTÁ " FICANDO " COM O MODELOCARIOCA BRUNO COELHO


fonte/ig





JULIANA PAES MUDA O VISUAL


fonte/globo

postado por: 22:58


Sexta-feira, Outubro 09, 2009


FINALMENTE RONALDO NAZÁRIO GRAVA PROGRAMA
AO LADO DE SILVIO SANTOS


fonte/terra




LAZARO RAMOS DIZ QUE AMOR, FAMÍLIA E AMIGOS SÃO A
RECEITA PARA TUDO NA VIDA


fonte/globo





MÃE CORUJA: ANGELICA LEVA BENICIO E JOAQUIM EM UMA
LOJA DE BRINQUEDOS



fonte/globo




fonte/globo

postado por: 00:36









REPORTAGEM CONTIGO


GLORIA PIRES



fonte/contigo

Gloria Pires
''Eu moraria aqui. É uma cidade incrível!''
Atriz ficou tão encantada com Londres -
onde participou do 1º Cine Fest Brasil-London
que declarou ter descoberto outra cidade
europeia onde adoraria viver com a família





Por Aline Salcedo

Morando em Paris há quase dois anos, Gloria
Pires, 46, visitou Londres pela primeira vez
e se descobriu apaixonada pela capital britânica.
''Eu moraria aqui. É uma cidade incrível! Não a
conhecia e fiquei encantada com o calor dos
londrinos'', declarou a atriz. Ela esteve em
Londres entre 16 e 19 de setembro para participar
do 1º Cine Fest Brasil-London, que exibiu o filme
Se Eu Fosse Você 2, campeão de bilheteria em 2009
e vencedor do 4º Prêmio Contigo! de Cinema Nacional,
pelo júri popular.

Gloria, que vive na França com o marido, Orlando
Morais, 47, e os filhos mais novos - Antônia, 17,
Ana, 9, e Bento, 5 -, espantou-se ao ser tratada
como ídolo em Londres, sobretudo no debate que
aconteceu logo após a exibição do filme no
Riverside Studios. ''Foi muito surpreendente.
A sala estava lotada e as pessoas gostaram mesmo,
entenderam o humor do roteiro, riram muito! É muito
bom saber que uma história bem contada tem esse
alcance, principalmente por se tratar de uma cultura
tão diferente da maioria da audiência (ingleses,
alemães, franceses e gregos)'', disse.

Turista em Londres
Gloria chegou a Londres na quarta-feira (16) e não
perdeu tempo. Após fazer o check in no hotel, a atriz
saiu para conhecer os cartões-postais da cidade, como
uma típica turista de primeira viagem. ''Logo na chegada,
peguei o ônibus que faz o sightseeing (excursão), foi
ótimo. O dia estava lindo e deu para entender um pouco
a geografia da cidade'', contou, após fazer um dos mais
populares passeios, no tradicional ônibus vermelho de
dois andares, e ouvir atentamente as explicações dos
guias turísticos.

Depois, ela foi caminhar e se dedicou às compras.
''Comprei uns cashmeres na Brompton Street, fui à
Harrods umas duas vezes comprar coisinhas, e também à
Burberry, que adoro... Aliás, achei uma bolsa que
procurava há séculos! Tenho amigos que moram em
Londres. Eles me levaram à Portobello Road, onde quase
fui à falência nas bancas de antiquário'', confessou.

Museus e gastronomia
Durante a temporada em Londres, ela ainda fez um tour
cultural por museus e exposições e, para completar,
provou a gastronomia local. ''Pude visitar a Torre de
Londres e o Museu de História Natural, que me encantou
pela arquitetura. Também fui ao Movieum, um museu
dedicado ao cinema, onde vi uma exposição de objetos e
fotos dos Beatles, que amo... Depois, estive num
restaurante excelente, o Bocca di Lupo; fui ao French Bar;
e ao Electric Cinema, onde tomamos café da manhã no último
dia.'' O que mais encantou a atriz, porém, foram as pessoas.
''Que gente educada! E não é só educação pró-forma,
é gentileza, disponibilidade, uma noção muito integrada
em cada indivíduo do que é a liberdade de ser o que se
deseja, da forma que se quer... Estou louca pra voltar!''

Saudades de Cleo
A atriz voltou a Paris no sábado (19) na expectativa da
chegada da filha Cleo Pires, 27, que entrou de férias
após o fim da novela Caminho das Índias, em que interpretou
a personagem Surya. ''Mesmo não sendo uma mãe possessiva,
sinto muita saudade dela... Mas é a vida. Ela está no momento
de plantar. Sinto muito orgulho de Cleo e, logo, logo,
estaremos juntas, curtindo um friozinho gostoso'', adiantou
a atriz, que sempre que pode também visita a filha no Rio
de Janeiro. ''Por incrível que possa parecer, meu destino
mais constante é o Brasil. Graças a Deus, trabalho muito e
tenho feito malabarismos para aproveitar a estada da minha
família em Paris. Aqui as escolas têm muitas férias, são
quatro por ano, e aproveitamos para viajar por perto. O fato
de ter tantos países tão próximos geograficamente facilita
o intercâmbio. E isso é muito enriquecedor, sem dúvida.
Eu me sinto influenciada por tudo o que tenho conhecido.
Isso gera algumas mudanças pessoais e, claro, profissionais''
, afirmou Gloria. Apesar da ótima adaptação, ela ainda não
cogita trabalhar na Europa.

Experiência de vida
Sobre a vida em Paris, Gloria reconhece que o principal
motivo da estada no exterior é apoiar a carreira internacional
do marido. ''Só nos mudamos para Paris porque Orlando ganhou
um visto especial, chamado compétence et talent, que lhe dá o
direito de viver e trabalhar na França. Somos os grandes
beneficiados desse presente!''.

E completa: ''Em um país diferente do nosso, tudo é difícil,
mas pode ser fácil também. Depende se estamos dispostos a
entender como funciona aquela cultura. E o contato com a
família também ajuda muito. Se tiver de reclamar de alguma
coisa, escolho a burocracia, situação que também vivemos
no Brasil. Mas está sendo uma experiência maravilhosa,
principalmente para as crianças''.



fonte/contigo


De volta ao Brasil
No início deste ano, Gloria passou uma longa temporada no
Brasil para as filmagens de Lula - O Filho do Brasil, de
Fábio Barreto, 52, em que trabalhou ao lado de Cleo. O
longa-metragem, previsto para estrear no início de 2010,
a fez relembrar seus primeiros trabalhos como atriz. ''Foi
um prazer reencontrar Fábio, com quem fiz o meu primeiro
longa- metragem, Índia, a Filha do Sol, que adoro. Fábio
tem uma grande qualidade, ele sabe escutar e não tem nenhuma
questão de ego mal resolvida, então o trabalho se torna leve.
Mesmo sendo uma superprodução, o ambiente é civilizado e
amoroso'', elogiou Gloria.

No ano que vem, além de voltar para o lançamento do filme,
a atriz ficará mais tempo no Brasil por causa da próxima
novela das 8. ''Voltarei para a próxima (novela) de
Gilberto Braga, em 2010. Houve dois convites, para Tudo Novo
de Novo e a próxima das 7, mas no fim perceberam que seria
muito corrido e poderia atrapalhar a do Gilberto'', disse ela,
que não esconde estar realizada com os rumos profissionais e
pessoais . ''Sou feliz com a vida que tenho, mas não penso em
realização plena. Acho que a vida é feita de tempo presente.
Claro que penso no futuro, mas vivo o presente, procurando
fazer o melhor que está a meu alcance com minha família,
meu trabalho e meus amigos.''





postado por: 00:31




MALVINO SALVADOR FAZ SUCESSO COM PÚBLICO TEEN
" ADOLESCENTE É SEMPRE ATUAL "



fonte/ig




JULIA FARIA, FERNANDA RODRIGUES E CAROL DIECKMANN
PRESTIGIAM PAULINHO VILHENA NO TEATRO


fonte/globo




KAYKI BRITTO GANHA FESTA DE PATO E STHEFANY EM IBIZA


fonte/ig

postado por: 00:23




DAMA DE VERMELHO: CHRISTINE FERNANDES DEIXA
JALECO DE LADO


fonte/ig




LUIZE ALTENHOFEN DEU À LUZ A GRETA, MENINA NASCEU COM 3,8 KG E 52 CM


fonte/ig





NATALIA GUIMARÃES DIZ QUE NÃO ESTÁ GRÁVIDA. SERÁ?


fonte/terra




CECIL THIRÉ LANÇA LIVRO E FAMILIA INTEIRA VAI PRESTIGIÁ-LO



fonte/terra



GUILHERMINA GUINLE TAMBÉM COMPARECEU


fonte/ig

postado por: 00:10


Quarta-feira, Outubro 07, 2009





REPORTAGEM EXTRA ONLINE

Joana Prado e Vitor Belford apresentam Kyara



fonte/extra


Em entrevista a revista "Caras", Joana Prado e Vitor Belford,
pais de Davi 4 anos e Vitória 2, falam sobre a chegada de Kyara,
a mais nova integrante da família. Com quatro meses,
60 centímetros e seis quilos e meio, a menina é sempre comparada
a um anjinho pelos pais. "Ela é muito calminha e risonha, quase não
chora...", derrete-se Joana que, até a hora do parto, definia seu
sentimento como uma mistura de medo e felicidade. "Kyara veio
antes do planejado, eu não queria engravidar. Tomava pílula"

Confira parte da entrevista publicada pela edição.


fonte/extra



Como receberam Kyara?

Vitor - Sofri um pouco. Uma semana após o parto, viajei.
E estou sempre fora do país. Quando volto, Joana pede que
dê atenção extra a Kyara, ela é doida por mim. Por outro lado,
tenho a noção de que bebê é muito mais próximo da mãe do
que do pai. Não tento suprir a maternidade da Joana, mas sim
integrar nossos papéis.

A atenção que dão aos filhos atrapalha a relação de vocês?

Joana - Quando Kyara fez dois meses, aproveitei que Vitor
estava em Los Angeles e fui encontrá-lo. A gente não viajava
a sós há cinco anos, desde o nascimento do Davi. Pensamos
muito e achamos que era importante para a relação manter um
clima de romance. Conversei com as crianças, sofri, mas digo
que foi a melhor decisão que tomei.

Houve culpa por deixá-los?

Joana - No caminho para o aeroporto, senti angústia. Antes
de decolar, liguei para o Vitor e comecei a chorar, desabei.
Aí consegui relaxar mais, estava feliz porque curtiria meu
marido, mas com o coração na mão pelas crianças. Sou
muito atenta, levanto com qualquer chorinho. Somos pais
24 horas. Às vezes, a gente acorda a mil com eles. Só depois
um olha para o outro e dá bom dia. Mas foi legal eles sentirem
saudade e saberem que o pai e a mãe estão juntos e felizes.
E para a gente, que agora sabe a importância de preservar
momentos a dois.

Vitor - O casamento tem sido banido pela sociedade e, na minha
opinião, não existe como você ser pai ou mãe sem estar casado.
O melhor presente que podemos dar aos nossos filhos é manter
a união estável e feliz. Amor é como fogo, precisa da lenha. A
rotina faz a relação ficar morna. Então, precisamos estar sempre
atentos e alimentando nosso amor para que ele não acabe.

Joana - A gente se policia até para andar de mãos dadas na rua,
para não deixar a coisa esfriar.



fonte/extra


postado por: 21:05



LUCIANA DIDONE IRMÃ DE JULIANA DIDONE VAI ESTREIAR
NA MALHAÇÃO, JU DÁ A DICA : " ´PÉS NO CHÃO "


fonte/terra




fonte/terra



BIA ANTONY JÁ SABE O SEXO DO BEBÊ QUE ESTÁ ESPERANDO DO
SEU MARIDO RONALDO NAZARIO: UM MENINO!


fonte/ig




ALLINE MORAES DIZ QUE NÃO VÊ PROBLEMAS EM TRANSAR NO 1° ENCONTRO


fonte/ig


Alinne Moraes é a capa da edição de aniversário de 2 anos
da revista “Gloss” e conta é quase um homem em sua descrição
de como lida com as questões do amor. À publicação, Alinne
se define “pouco romântica e cada vez mais racional quando o
assunto é o coração”.

A Luciana de “Viver a vida” diz que não tem problema em tomar
a iniciativa: “Ninguém nunca se assustou. Quando me apaixono,
vou atrás. Mas não sou de conhecer um cara numa noite e decretar:
‘Esse é o amor da minha vida”. A atriz é tão desencanada que
também diz não ter problemas em transar no primeiro encontro.
“Essa decisão depende do momento, do clima. Não gosto de
estabelecer regras em relacionamentos”, explica a bela.

Alinne só não comenta o namoro de três meses com o
empresário Rodrigo Mendes. “Falar de vida amorosa é
complicado porque não mandamos no nosso emocional.
Prefiro não fazer declarações de amor, afinal, não sei o dia
de amanhã. Vejo as pessoas fazendo promessas que não
deveriam”, diz a beldade.



fonte/ig

postado por: 21:00



XUXA TATUA UM " S " NA NUCA EM HOMENAGEM A SASHA


fonte/globo



SASHA VAI VIAJAR PARA ANGOLA COM XUXA


fonte/globo




RAI FALA SOBRE GAYS NO FUTEBOL PARA O PROGRAMA " IFY "


fonte/extra




fonte/extra





SANDY NEGA GRAVIDEZ


fonte/terra

postado por: 20:41


Terça-feira, Outubro 06, 2009





ENTREVISTA CONTIGO


BEYONCÈ


fonte/contigo



Beyoncé curte ritmo de trabalho frenético
Beyoncé talvez seja a mulher que mais trabalha no show
business

Por Redação Online

LOS ANGELES (Billboard) - Beyoncé talvez seja a mulher
que mais trabalha no show business.

Nos quatro dias que antecederam o recente MTV Video
Music Awards,por exemplo, ela encerra um ensaio geral
de sua apresentação no Radio City Music Hall à meia-noite
da quinta-feira. Às 10h da manhã da sexta,está de volta aos
ensaios. Uma pausa em seu camarim não significa descanso:
ela conversa com o pessoal da MTV sobre logística e faz
uma sessão de edição de seu próximo projeto - um DVD com
as imagens de um show que fez no verão no Wynn Las Vegas.

Na noite da mesma sexta, 11 de setembro, Beyoncé aparece
de surpresa no show de seu marido Jay-Z no Madison Square
Garden. E no dia 13, logo após o VMA, ela embarca para a
Austrália para começar o trecho seguinte da turnê mundial que
está fazendo para promover seu último álbum líder nas paradas,
''I Am ... Sasha Fierce''.

''É uma daquelas semanas carregadas'', diz Beyoncé, como se
não fosse nada demais.

Uma pessoa comum não consegue acompanhar seu ritmo de
trabalho. Como você dá conta de tudo?

Sou uma mulher do tipo tudo ou nada. Ou não estou fazendo
nada, só relaxando, lendo um livro, sentada olhando o mar e
sem responder pergunta alguma, ou estou trabalhando 100
por cento, realmente dando tudo de mim.




fonte/contigo



Acabei de passar três semanas de férias, depois de dois
meses em turnê. Tenho que reservar tempo para descansar,
rejuvenescer e me inspirar para trabalhar de novo. Agora
estou descansada, e graças a Deus que tive esse descanso,
senão não conseguiria passar por uma semana como esta.

O que você faz para manter seu pique? Ouvi dizer que você
corre na esteira de salto alto e cantando.
(rindo muito) Não corro na esteira de salto alto, isso seria um
pouco radical. Mas ensaio minhas coreografias de salto, sim.
E tenho uma regra: quando eu estou de salto, todo o mundo
também precisa estar.
Às vezes os dançarinos dizem algo tipo ''tomara que a Beyoncé
atrase'', porque quando começo eu continuo o dia inteiro.
No fim do dia estou com bolhas nos pés. Às vezes é realmente
difícil. Também faço todas aquelas coisas chatas que todo o
mundo faz nas sessões de ginástica normais, tipo
agachamentos e esteira. Mas fico em forma especialmente por
fazer as coreografias naqueles ensaios longos de 12 horas
seguidas,durante dois meses antes de cada turnê.

Nos dias de descanso durante a turnê, faço muito turismo.
Adoro visitar igrejas e museus em todo o mundo. A arquitetura
nos EUA é belíssima,
mas na Europa há muita história para ver. E, nos meus dias de
folga, comecei a andar de bicicleta com pessoas tipo minha
assistente e meu maquiador. É legal que consigo andar por aí
de bike. As pessoas me vêem,mas, já que estou de bicicleta,
pensam ''não deve ser ela.'' Quando percebem que sou eu, sim,
eu já estou longe. É ótimo fazer algo normal todos os dias, isso
me mantêm com os pés no chão.

Você se surpreendeu com a popularidade enorme do vídeo do
single ''Ladies (Put a Ring On It)''?
De todos meus vídeos, esse foi o que custou menos e levou
menos tempo para fazer. E acabou virando ícone. Eu não
esperava isso, acho que ninguém esperava. Mas eu sabia
exatamente o que queria fazer: conservar a simplicidade.
Já fiz tantas coisas em vídeos, com mudanças de cabelo e
trocas de figurino, iluminação, etc. Desta vez eu queria
conservar tudo no mínimo.

Eu tinha visto um vídeo de 1969 (com Gwen Verdon), um
take de uma coreografia linda do Bob Fosse contra um fundo
branco. Pensei: ''Uau, apesar de toda a tecnologia que a gente
tem hoje, seria legal reduzir tudo ao mínimo - sem mudanças
de tomadas e cortes de câmera, sem trocas de roupa e cabelo
- e focar a performance.'' Tivemos exatamente 12 horas
para rodar aquele vídeo.

Você trabalha o mesmo tanto como empreendedora. Isso vem
desde que você começou a trabalhar com a L'Oreal.
Trabalho com a L'Oreal desde os 18 anos, e o relacionamento
ainda é ótimo. Com a grife de roupas que abri com minha mãe
(Tina Knowles), ainda garanto que a grife seja fiel ao que eu
gosto e ao que acho que minhas fãs vão gostar.
É muito importante deixar tudo ao alcance dos bolsos delas.
E, nos meus concertos, oferecemos lugares por 10 dólares,
para que mesmo quem não tenha muito dinheiro possa assistir.

Você já sabe qual será seu próximo trabalho como atriz?

Fiz dois filmes no ano passado; foi difícil, porque eu já estava
com o álbum e a turnê. No momento estou em turnê e estarei
até março, sem falar em ir e vir para participar de algumas das
cerimônias de premiação. Então algo pode acontecer no ano
que vem, depois da turnê. Já me mandaram muitos roteiros,
e de todos há uns dez que são muito bons. Então vou ter que
escolher aquele que eu gostar muito mesmo.

Todo o trabalho que fiz nos meus filmes deu resultado, porque
o tipo de roteiro que estou recebendo agora mudou por completo
Eu sempre quis fazer algo mais soturno e mais dramático,
porque sou melhor com drama que com qualquer outra coisa
Acho que ninguém sabia disso até eu representar Etta James.
E depois fiz aquele outro filme, ''Obsessed''. Foi muito divertido,
especialmente as cenas de luta. Adorei fazer aquelas cenas.

Não estou com pressa nessa área, porque para mim atuar é
diversão. É algo que faço porque curto, não porque eu precise.
Então vou ter paciência e encontrar o filme certo no qual trabalhar
no ano que vem ou quando der certo.

O que mais está na sua lista de coisa a fazer?

Me interesso por muitas coisas diferentes. Eu gostaria de
trabalhar com videogames, porque adoro o Wii Fit. Acho que
seria uma ótima ideia incorporar coreografias, porque para mim
malhar é bem mais divertido quando envolve dançar, em vez de
apenas aquela coisa chata de ficar correndo na esteira. Acho que
muitas mulheres curtiriam isso.

Também quero continuar a produzir filmes, mesmo que eu não
atue neles, além de um documentário sobre minha vida. Na verdade,
eu gostaria de fazer um filme mais ou menos baseado na infância
de meu pai (Matthew Knowles).
Ele teve uma vida interessante. Mas isso provavelmente só vai
acontecer daqui a dois ou três anos.

Não podemos encerrar esta entrevista sem uma última pergunta:
existe alguma base de verdade no boato sobre uma turnê e/ou
álbum de reencontro do Destiny's Child?

Não sei se faremos outro disco no futuro próximo. E não falamos
em turnê.
Isso é simplesmente algo que a mídia vem aventando. Se as
pessoas continuarem a falar disso, quem sabe a gente faça.
Mas a qualquer momento em que as garotas precisarem de mim
ou que eu precise delas, estaremos à disposição.


postado por: 00:44



IVETE SANGALLO DEIXA O HOSPITAL COM MARCELO NO COLO


IVETE E MARCELO


fonte/globo


DRA LUCIANA, IVETE, MARCELO E DANIEL CARDY


fonte/globo




JULIO CESAR E SUSANA WERNER COMEMORA COM SEUS AMIGOS
OS 07 ANOS DE SEU FILHO MAIS VELHO CAUET


fonte/ig




ADRIANE GALISTEU NUA EM EXPOSIÇÃO FOTOGRAFICA


fonte/terra




fonte/terra

postado por: 00:36



HELENA RANALDI E MARCELO NOVAES EM CLIMA DE ROMANCE
O CASAL FOI VISTO NO SÁBADO AOS BEIJOS NA BOATE LEBLON LOUNGE


fonte/globo




XUXA SOBRE O FILHO DE IVETE SANGALLO:
" A BOQUINHA DELE É IGUAL A DA MÃE "


fonte/globo





BARBARA PAZ: " VOU EMAGRECER MAIS QUANDO A RENATA ESTIVER
NO FUNDO DO POÇO "



fonte/terra

postado por: 00:30




NA NOVELA " VIVER A VIDA " QUAL PERSONAGEM VOCÊ ACHA QUE VAI " ROUBAR "A CENA ?
HELENA ( TAIS ARAUJO )
LUCIANA ( ALINE MORAES )
TEREZA ( LILIA CABRAL )
DORA ( GIOVANA ANTONELLI )
RENATA ( BARBARA PAZ )


Ver Resultado

postado por: 00:07


Domingo, Outubro 04, 2009


FAMOSOS PRESTIGIAM SHOW DE JORGE BEN JOR


fonte/contigo



ANDRE ARTECHE E TARSILA TAKAHASHI


fonte/contigo




GISELE ITIÉ E KEVIN TANG


fonte/contigo




PEDRO NESCHLING E JULIANNE TREVISOL


fonte/contigo




FERNANDA MACHADO E MARCELO FAUSTINI


fonte/contigo




SERGIO MARONE


fonte/contigo




MALVINO SALVADOR


fonte/contigo




SOPHIE CHARLOTTE


fonte/contigo





MONICA MARTELLI SOBRE SER MÃE :
" PARECE QUE MEU CORAÇAO EXPANDIU"


fonte/terra




LAURA PAUSINE FARÁ SHOWS NO BRASIL


fonte/ig

postado por: 21:02






REPORTAGEM EXTRA ONLINE



FIORELLA MATHEIS



fonte/extra


Fiorella Mattheis diz que usaram photoshop em fotos suas




A apresentadora do “Video show” Fiorella Mattheis entrega
que já usaram photoshop em fotos suas e que nâo vê problema
em apelar ao recurso com moderação. A loira conta ainda que
teve um ataque de risos num intervalo do programa e não
conseguiu voltar a gravar depois e também que fica vermelha
de raiva quando leva uma cantada desrespeitosa, nas
"Perguntas fora do comum" desta semana.

O que é perdoável em uma mulher: mentir a idade, o peso
ou o número de namorados que teve?

Os três são perdoáveis. Quando eu era modelo, algumas vezes
diminuía o meu peso. Era comum reduzir uns dois quilinhos (risos).

Qual foi a última vez que teve um ataque de riso?

Gravando uma chamada do “Video Show” com o André Marques.
Ele é muito divertido. Falou uma gracinha e não consegui voltar
a gravar de tanto rir.

O que te deixa vermelha de vergonha? E de raiva?

De vergonha? Chegar atrasada no teatro. E de raiva?

Levar uma cantada muito desrespeitosa.

Você tem medo de quê?

Eu tenho medo da violência por motivos óbvios.

Já usaram photoshop numa foto sua?

Já. Muitas fotos de revista têm photoshop. Acho que quando são
pequenos retoques, como a correção de uma imperfeição na pele,
tudo bem. Mas quando a mudança é grande, alterando formas e
feições, não sou a favor.

Será uma senhora que assume as rugas e marcas de
expressão ou ‘botocada’?

Ah, um pouco dos dois...

O que estaria fazendo hoje se fosse feia?

Vivendo, estudando e trabalhando, como estou.

Qual foi o maior mico que pagou no trabalho?
E na vida pessoal?

Estava gravando “Malhação” e levei um tombo no meio
da cena. Mas o pior mesmo foi uma vez que derrubei um copo
de água na cabeça de um passageiro no avião. Nem mesmo o
pedido de desculpa amenizou a vergonha.

O que você faz melhor: lava, passa, cozinha ou nenhuma
das alternativas?

Lavo roupas muito bem na máquina de lavar. Passo muito
bem na máquina de secar. E faço um tostex como ninguém.

Como você dorme?

Com quatro travesseiros...


postado por: 20:51


Sábado, Outubro 03, 2009






ENTREVISTA FAMOSIDADES


CECÍLIA DASSI



fonte/famosidades



Cecília DassiEla continua encantando com os olhos azuis, o sorriso
largo e a pele branquinha. Mas muita coisa mudou. Cecília Dassi
mostra com Clarisse, de Viver a Vida, que descobriu a mulher que
se tornou


Por Nina Ramos

Quando a reportagem do Famosidades pediu para Cecília Dassi se
definir em uma palavra, ela não vacilou: lançou de cara um "feliz".
O sorriso largo é algo que raramente não está plantado no rosto da
atriz de 19 anos, que passou de mirim para mulher em uma novela.
Segundo Cecília, ela já era abordada na rua por fãs que falavam
"você cresceu, está uma moça!". Mas, "a palavra 'mulher' só tem
aparecido agora", contou a jovem. Isso é por conta de Clarisse,
sua personagem "Lolita" em "Viver a Vida", da Globo.
Bruno Perillo é o par de Cecília na trama. Para desgosto do pai,
a relação dos dois é ótima, mas a idade do moço o incomoda.
Além disso, Clarisse é uma "saidinha" de primeira. "Ela é provocante,
sensual, mas não é uma sedução séria, daquelas de vestidos com
enormes fendas... Ela é bem mais natural, daquele tipo menina-mulher",
disse.
Cecília tem outro Bruno na vida. Ele tem 21 anos e é seu namorado.
Questionado se o moço concordava em assistir as cenas dela no
folhetim, Cecília rebate na lata, deixando a repórter em uma sinuca
de bico: "[Risos] Você assistiria? Eu não. Ele até assiste, sim, mas
tenho certeza que as mais quentes ele não vai querer ver. E eu até
acho melhor mesmo, né? O que os olhos não veem o coração não
sente [risos]".

Na entrevista exclusiva você confere também curiosidades sobre a bela,
como por exemplo, o que não pode faltar em sua geladeira, em sua bolsa
e o que mais gosta de fazer no dia de folga! Vai perder?
Confira a íntegra do bate-papo abaixo:

FAMOSIDADES - Você está em uma nova fase profissional, estreando
um perfil de personagem que é novo para seu currículo. Como está a
reação das pessoas na rua? Você está ouvindo bastante a tradicional
exclamação "Nossa, você cresceu. Virou mulher"?

CECÍLIA DASSI - [Risos] Sim. Mas a "virou mulher" não era tradicional
para mim, não. Era sempre "você cresceu, está uma moça!". A palavra
"mulher" só tem aparecido agora.
Para quem ainda não viu Clarisse em cena, conte um pouco sobre a
personagem e a forte personalidade dela.
A Clarisse gosta de brincar com a sedução, com o efeito que ela sabe
que pode causar nos homens quando resolve provocar. É provocante,
sensual, mas não é uma sedução séria, daquelas de vestidos com
enormes fendas... Ela é bem mais natural, daquele tipo menina-mulher.
Por isso as características de Lolita dela.

Eu li que você fez o teste para a novela duas vezes. É verdade?
E se sim, por que foi necessário repetir o teste?

Fiz sim, porque o primeiro teste não tinha nada a ver com a Clarisse.
Era um teste tipo para ver como eu estava física e profissionalmente
de um modo geral mesmo. O segundo foi super voltado para essa
coisa da sedução e de como eu lidaria com isso.

Trabalhar com Manoel Carlos sempre foi muito importante e especial
para você. Afinal, foi em uma novela dele que você despontou como
atriz mirim de destaque. Como você se sentiu no momento em que
recebeu a aprovação do próprio para "Viver a Vida"?

Foi mágico. Ele me ligou para me dizer que tinha visto meu teste,
que tinha amado e eu quase tive um treco [risos]. É uma oportunidade
maravilhosa demais, sou muito grata a ele. De novo [risos].

Você tem algo em comum com Clarisse? Ou não, são de mundos
completamente diferentes?

Ainda conheço pouco do caráter da Clarisse para falar. Do que eu
conheço por enquanto, não encontro semelhanças. Não coloco
minha mão no fogo pela fidelidade dela nem por nenhuma atitude,
entende? Não sei o que ela é capaz ou não de fazer. Mas acho que
acima de qualquer coisa a Clarisse é leve. Tem bom humor, se
diverte com as coisas da vida e acho que isso é algo que temos em comum.

Na novela, Clarisse namora um cara bem mais velho. Isso, em algum momento,
te causou certo nervosismo ou insegurança? Como você se preparou para este
universo da Clarisse, essa coisa de sedução e jogo de prazer?

Me preparei para a Clarisse como teria me preparado para qualquer outro
personagem com as características dela, independente da idade da pessoa
com quem ela se relaciona. Na verdade, a idade até pesou como um dado na
construção dela, porque soube que ela definitivamente não é uma criança.
Ela tem malícia, é uma mulher, mesmo. Mas nunca senti nervoso com relação
à diferença de idade. Assisti a vários filmes, fiz aulas com a Rossela [Terranova],
que é preparadora de elenco da novela, e com a Leila, fonoaudióloga da novela,
também.

Você está com 19 anos e se divide entre as gravações da novela, namoro,
amigos e faculdade de psicologia? É isso? Como concilia as agendas?
Dá tempo para tudo?

Não [risos]. Tive de trancar a faculdade, porque neste período é impossível
conciliar. É uma novela das 21 horas, envolve um ritmo mais intenso de
gravações e esse meu personagem exige mais dedicação. Optei por me
dedicar inteiramente à minha prioridade no momento, que é a novela.

O namorado não fica enciumado quando você trabalha demais e não tem
tanto tempo para o relacionamento ou isso não acontece?

Claro que o trabalho diminui o tempo livre, é natural, mas ele compreende
que é meu trabalho, que é importante para mim e jamais reclama disso.

Ele gosta de assistir suas cenas ou prefere não conferir o resultado,
principalmente as mais "quentes"?

{Risos] Você assistiria? Eu não. Ele até assiste sim, mas tenho certeza
que as mais quentes ele não vai querer ver. E eu até acho melhor mesmo, né?
O que os olhos não veem o coração não sente [risos].

Voltando para a psicologia, por que você escolheu este curso?

Sempre gostei muito. E uni o útil ao agradável, já que é algo que me ajuda até
na construção dos personagens e também é um curso que dá pra conciliar
com o trabalho quando estou em novelas das 18h ou 19h, por exemplo, que
são menos corridas. Medicina, que é um curso que eu moooorro de vontade
de fazer só pra aprender, porque nunca me imaginei médica, não daria para
conciliar. E eu me imagino psicóloga. De crianças. É na infância que quero
me especializar.

Você pretende trabalhar na área futuramente e deixar de lado a dramaturgia?
Não pretendo largar a dramaturgia, mas pretendo trabalhar na área, sim.
E mesmo que não dê, quero ao menos estudar. Muito. Porque não consigo
ficar sem estudar.

A Clarisse adora mostrar as curvas e barriga e pernas e etc. Você fez algum
tipo de preparação física especial para "Viver a Vida" ou apenas seguiu sua
rotina tradicional?

Ah, digamos que essas cenas me motivaram a deixar a preguiça de lado e
encarar meu pilates, que eu já fazia há cerca de um ano, com mais
disciplina [risos]. Além disso, eu comia muuuita bobagem meeeesmo e
hoje em dia eu tenho evitado tantos doces e frituras como antes, até por
uma questão de saúde. Naaaada radical, mas tenho tentado não exagerar
nas bobagens e fazer meus exercícios com mais disciplina e frequência.

Tem algum personagem ou tipo de personagem específico que você sonha
em interpretar?

Sim, claro, o clichê das atrizes que só fazem mocinhas: a vilã!

Uma auto-análise rápida: Cecília Dassi é...:

Feliz!

Eu gosto da fama, porque...:

Porque me permite receber o carinho das pessoas nas ruas.
As pessoas podem amaaaaar uma roupa, por exemplo, mas a
não ser que sua estilista seja famosa ela nunca vai ser parada na
rua pra ouvir "eu AMO seu trabalho, parabéns e saiba que eu torço
muito pelo seu sucesso!" como eu ouço.

Eu não gosto da fama, porque...:

Porque me expõe e faz com que, por exemplo, algumas pessoas
achem que só porque meu trabalho envolve aparecer na TV meu dever
passa a ser estar sempre pronta para tirar foto, mesmo quando estou
no meio de uma refeição ou de biquíni na praia.

Qual é o programa perfeito para um dia de folga?

Ficar em casa vendo filme ou jogando buraco.

O que não pode faltar na sua geladeira?

Toddynho.

O que não pode faltar na sua bolsa?

Batom.

O que não pode faltar no seu dia-a-dia?

Pessoas que eu amo ao meu redor.




postado por: 23:04






REPORTAGEM VEJA ONLINE


LILIA CABRAL



fonte/abril




O lado bom da amargura
Lilia Cabral subiu de patamar nas novelas ao interpretar
mulheres insatisfeitas. Como Tereza, de Viver a Vida,
está roubando a cena

Por Marcelo Marthe


A DESILUDIDA
Tereza, com a filha (Alinne Moraes):
"Longe de mim ser porta-voz das infelizes"


A atriz Lilia Cabral tem sido abordada nas ruas por mulheres
indignadas com a situação de sua personagem na novela
Viver a Vida, de Manoel Carlos. As espectadoras acham o fim
da picada que Tereza, ex-modelo elegante e mãe exemplar,
tenha sido abandonada por seu marido cafajeste, Marcos
(José Mayer). E ficaram irritadíssimas com a cena em que
Tereza flagrou a heroína Helena (Taís Araújo), que fisgou o
coração de seu ex, provando o vestido de noiva em seu quarto
na mansão da família em Búzios (como se já não fosse
humilhação suficiente, convenhamos, se sujeitar a dividir a
mesma casa de praia após o divórcio). "Digo às mulheres que
também morro de raiva. Naquela cena, minha vontade era jogar
um sapato na cara da Helena", afirma a atriz. Por enquanto,
essa desforra é incompatível com a personagem. Lilia faz de
Tereza a imagem viva da resignação e infelicidade femininas,
um registro que se tornou sua marca nos folhetins. Em Páginas
da Vida (2006), também de Manoel Carlos, ela subiu de patamar
ao representar Marta, uma mulher amargurada cujas ambições
de ascensão social acabaram frustradas pelo casamento com
um marido banana. Mais recentemente, em A Favorita (2008),
interpretou Catarina, dona de casa anulada por um marido
castrador e violento.

Paulistana de 52 anos, Lilia iniciou sua carreira no fim da década
de 70, às escondidas do pai, um italiano que não queria saber
de filha atriz. Por pelo menos duas décadas, foi mais conhecida
pelo trabalho no teatro do que na TV – pois nas novelas parecia
fadada a papéis quase sempre leves e de pouca relevância. A
Marta de Páginas da Vida mudou isso. "Só aconteci de verdade
na televisão depois dessa personagem", reconhece Lilia. A atriz
consegue dar vazão à amargura em todas as suas nuances.
Marta era uma criatura doentia que enxergava como sinal de
fracasso até o fato de ter uma neta com síndrome de Down.
Catarina exibia uma autoestima tão baixa que nem consciência
tinha de quanto sua vida era ruim. Como Tereza, Lilia outra vez
rouba a cena (Taís Araújo que se cuide: a personagem transmite
tanta, digamos, verdade que está colocando a protagonista Helena
na posição de antipática). Tereza, ex-modelo, trocou a trajetória de
Sucesso pela dedicação a um homem – e agora o vê refazer sua vida
com uma jovem expoente da profissão (e rival de sua filha Luciana,
vivida por Alinne Moraes). "Tereza é uma mulher inconformada. E
mulheres inconformadas não deixam ninguém em paz", afirma Lilia.
Tal como sua atual personagem, a atriz enfrentou o fim de uma união
de sete anos, em 1994. Pouco depois, casou-se pela segunda vez –
com o economista Iwan, pai de sua filha de 12 anos. "Na vida real,
jamais agi como Tereza", diz. "Longe de mim ser porta-voz de
mulheres infelizes."


postado por: 22:53





PASSEIO EM FAMÍLIA: HUCK, ANGELICA, BENÍCIO E JOAQUIM
PASSEIAM NO RIO DE JANEIRO



fonte/globo






IVETE SANGALLO DISTRIBUI LEMBRACINHAS PARA QUEM VISITA
E PARA PROFISSIONAIS QUEM ESTÃO NA FRENTE DA CLÍNICA COBRINDO O
NASCIMENTO DE SEU BEBÊ " MARCELO"




fonte/globo




fonte/globo




fonte/globo

postado por: 22:48





IVETE SANGALLO É MÃE DE UM MENINO


fonte/quem

REPORTAGEM QUEM ONLINE

Bebê, que recebeu o nome de Marcelo, nasceu na noite desta sexta-feira (2),
de cesariana

Por Driele Veiga, de Salvador

Ivete Sangalo acaba de dar à luz um menino. O bebê nasceu na
noite desta sexta-feira (2), de cesariana, com 3,60 kg e 52cm e
recebeu o nome de Marcelo. Assim que chegou na Maternidade
Santa Maria, do Hospital Português, em Salvador, Ivete posou
para os fotógrafos e acenou.

Em conversa com a QUEM, Jesus Sangalo, irmão da cantora
comentou emocionado: "Estamos muito felizes. A criança é a
cara da mãe e do pai. Ganhou o nome de Marcelo."
Vale mencionar que, por volta das 18h de hoje, a cantora postou a
seguinte mensagem em seu "Twitter": “Acho que chegou a a hora
de ter meu baby” .

O hospital estava fechado para receber a cantora desde às 16h30
e seguranças estavam espalhados por toda a parte.

QUEM apurou que o parto estava de fato marcado para as 20h30.
A cantora tomaria remédio para induzir o nascimento. Caso não
surtisse efeito, seria realizada uma cesárea. Os enfermeiros, que
normalmente têm acesso ao prontuário de todos os pacientes, não
conseguem ver o de Ivete.

A médica Luciana Lopes, obstetra da cantora, contou a QUEM que
Ivete ligou para ela afirmando estar sentindo dores. O telefonema
ocorreu no fim da tarde desta sexta e a médica foi para o hospital.

Grávida de seu primeiro filho, de seu relacionamento com Daniel Cady,
Ivete aproveitou para agradecer o carinho de seus fãs. "Muito obrigada
pelo carinho de todos", disse. Ela deve receber a visita de Xuxa,
Ana Maria Braga, Angélica e Luciano Huck, que já tiveram a entrada
autorizada na maternidade.

Carinho no “Twitter”
Preta Gil e Carolina Dieckmann, amigas de Ivete, fizeram questão de
postar mensagens a respeito do nascimento de Marcelo no “Twitter”.

A filha de Gilberto Gil escreveu: “Estou muito emocionada. Estou em
Juazeiro, terra onde a mamãe nasceu.” Ivete nasceu nessa cidade baiana.

Ela também se mostrou emocionada no microblog e desejou boas energias
para a família da cantora. "Estamos todos muito felizes, que esse menino,
que já nasceu abençoado e amado por nós, tenha muita saúde, muito amor
eu to sentindo!!! Muito amor que tenho por Ivete e toda a familia Sangalo,
e por Daniel, e por Dito. Nem sei o que dizer", escreveu enquanto se
preparava para mais um show.

Já Dieckmann postou: “Nasceu! Eeee, viva Ivetinhaa...Muito amor, muito!”

Primeiros momentos com Marcelo
Ivete foi para o quarto e já amamentou pela primeira vez o bebê. Dentro de
48 horas, a cantora baiana receberá alta, segundo informações da equipe
do hospital.

De acordo com a médica responsável, Ivete está muito feliz e tranquila e,
durante a primeira mamada, não sentiu dores no seio.



postado por: 00:26




postado por: 00:19






REPORTAGEM CONTIGO


LILY ALLEN



fonte/quem



Lily Allen
Quem tem medo de Lily Allen?
Depois de cultivar a fama de baladeira e desbocada, a cantora britânica
retorna mais dócil e com outro ótimo CD, It`s Not Me, It`s You

Por Adriana Del Re

A enfant terrible da música pop britânica já não anda mais tão terrible
assim. Em recente passagem pelo Brasil, trazendo a tiracolo a nova
turnê It's Not Me, It's You, a cantora e compositora Lily Allen,
de 24 anos, mostrou estar mais sóbria nas atitudes e um pouco menos
intransigente nas palavras. Topou dar entrevistas, se comportou bem no
palco... Claro que não perdeu completamente a fama de criadora de
polêmicas, mas Lily amadureceu.

Nem a própria inglesinha achava que emplacaria outro disco depois do
sucesso do álbum de estreia, o badalado Alright, Still, de 2006. Pois não
é que seu novo CD, It's Not Me, It's You, voltou a agradar público e crítica?
É que Lily criou uma identidade musical pessoal e intransferível,
combinando diversas referências sonoras com letras francas, diretas e,
por vezes, com uma pitada daquele humor bem britânico. Daí o estouro da
canção Smile, que imprime um clima festivo numa letra autobiográfica, na
qual conta a tristeza de levar o fora do namorado e o doce sabor da volta
por cima.

Mas nos três anos que separam Alright, Still do novo trabalho, muita água
passou por baixo da ponte. Não é segredo para ninguém, por exemplo, que
a cantora sempre travou uma luta inglória com a balança. Ora aparecia
cheinha, ora esbelta. Após muito tempo sofrendo do mal ''efeito sanfona'',
ela fez as pazes com o corpo, segundo a própria, graças a um regime à
base de terapia da hipnose.

Passou a adotar também hábitos mais saudáveis depois que soube, no
final de 2007, que estava grávida do então namorado Ed Simons, do
Chemical Brothers. O anúncio da gravidez criou um auê na imprensa
mundial, mas ela acabou sofrendo um aborto espontâneo e, não demorou
muito, o casal estava desfeito.

Rainha dos tabloides
Por um bom tempo, Lily reinou nos tabloides ingleses ao lado da cantora
Amy Winehouse e da top Kate Moss. Não havia um dia que uma das três
não estampasse uma foto estourada nas páginas dos jornais - não raro, em
situações constrangedoras. Baladeira assumida, Lily, vira e mexe, era flagrada
bêbada e saindo carregada de alguma festa. Fez a alegria dos paparazzi com
um inocente topless na praia e foi acusada de agredir fotógrafos.

Outro de seus atributos conhecidos é o de não ter travas na língua. E aí
ninguém escapa. Nem Paris Hilton, a quem definiu como ''desgraçadamente
sem talento'', nem sir Elton John, com quem bateu boca no meio do GQ
Awards, na Inglaterra. Ufa! Tão jovem e já com um currículo tão longo...

Família de artistas
Filha do comediante Keith Allen e da produtora Alison Owen, Lily nasceu
em Londres, já sob a luz dos holofotes, mas não teve infância nem
adolescência fáceis. Os pais se separaram quando ainda era criança, e ela
virou uma espécie de garota-problema. Chegou a estudar em 13 escolas
diferentes até fazer 15 anos e decidir abandonar os estudos. Ela admitiu ter
sido traficante de drogas e foi funcionária de uma floricultura.

Depois de tantas experiências, Lily se encontrou mesmo na música. E se
tornou uma garota conectada. Foi na internet que começou a bombar quando
criou um perfil no MySpace e lá postou algumas de suas composições, que
foram descobertas pelos internautas; logo a música Smile viraria febre na web.
Foi então que Lily The Kid, como foi apelidada, assinou contrato com a EMI e
gravou o primeiro disco.

Agora, a moçoila está se divertindo com um novo brinquedinho, o Twitter.
Recentemente, no seu blog oficial, ela comunicou os fãs que não vai gravar
um novo disco, nem fazer turnê, pois não está ganhando dinheiro com isso.
Planeja atuar numa peça de teatro. Sinal de que, mesmo com as mudanças,
Lily não perdeu o gosto por uma boa polêmica.


postado por: 00:18



CANTOR DANIEL VOA DE ASA DELTA NA GÁVEA E TEM UMA
PLATÉIA PRA LÁ DE ESPECIAL



fonte/globo



fonte/globo




MATEUS SOLANO: " EU MESMO AS VEZES ME CONFUNDO COM OS GÊMEOS "


fonte/globo




XUXA E SZAFIR VISITAM A MESMA JOALHERIA QUE SASHA ESTEVE
NA SEMANA PASSADA E OLHAM JÓIAS


fonte/globo




fonte/globo

postado por: 00:12


Sexta-feira, Outubro 02, 2009



FAMOSOS COMPARECEM AO PRÊMIO VMB DA MTV



RONALDO E BIA ANTONY


fonte/globo


ARLINDO CRUZ E DIOGO NOGUEIRA


fonte/globo



FRANZ FERDINAND


fonte/globo




FRESNO


fonte/globo




ERASMO CARLOS E ELIANA


fonte/globo




MARCELO CAMILO E MALU MAGALHÃES


fonte/globo




MARINA PERSON E SARAH OLIVEIRA


fonte/globo




NX ZERO


fonte/globo




WANESSA E JA RULE


fonte/globo




BRANCA E BIA ( NADO SINCRONIZADO )


fonte/globo

postado por: 01:26



FAMOSOS DESFILAM NO DONNA FASHION IGUATEMI DE POA


PAULINHO VILHENA, RODRIGO LOMBARDI E RODRIGO SANTORO


fonte/n9ve



RODRIGO LOMBARDI


fonte/n9ve



RODRIGO SANTORO


fonto/n9ve

postado por: 01:15






REPORTAGEM EXTRA ONLINE


ALINNE MORAES


fonte/extra


A belíssima Alinne Moraes falou sobre o incêndio que aconteceu
em sua casa, recentemente. A mimada Luciana, de "Viver a vida",
que é a capa da revista "Estilo" de outubro, contou à publicação
que o episódio lhe rendeu a maior saia-justa de sua vida. "Levantei
da cama com a impressão de que minha casa estava pegando fogo,
e sai do quarto correndo, de calcinha e top gritando “fogo!”. Quando
cheguei na sala, havia cerca de dez homens que já tinham apagado
o incêndio, mas não conseguiram me acordar quando ele realmente
estava acontecendo. Ainda bem que foi só um pequeno acidente.
Mas fiquei muito envergonhada pelos meus trajes e pela falta de
timing dos meus gritos", disse a beldade.



fomte/extra


Alinne ainda falou à revista sobre os boatos que costumam inventar
a seu respeito. "O principal (boato) é sobre eu ter feito preenchimento
nos lábios. Ontem mesmo uma mulher toda esticada me abordou no
banheiro de um restaurante para dizer que freqüentava o mesmo
cirurgião que eu, você acredita? Quando eu era criança, tinha trauma
da minha boca, achava desproporcional. Com o tempo ela foi entrando
no lugar, mas ainda assim se destaca", conta.


postado por: 01:11



VEJA ALGUMAS CARICATURAS DE FAMOSOS


fonte/azideias.net




fonte/azideias.net

postado por: 01:07



" MENINAS DE OURO " DO VÔLEI VISITAM O RS


fonte/n9ve




fonte/n9ve





MADONNA:
" PREFIRO SER ATROPELADA POR UM TREM DO QUE CASAR DE NOVO "


fonte/terra

postado por: 01:05


Quinta-feira, Outubro 01, 2009




REPORTAGEM EXTRA ONLINE


GIOVANA ANTONELLI

Giovanna Antonelli conta o segredo da sua felicidade


fonte/extra

Giovanna Antonelli é conhecida por ser uma atriz sorridente.
Simpática, frequentemente é fotografada gargalhando pelas
ruas do Rio de Janeiro e, por onde passa, leva alto astral.
Prestes a viver a vilã Dora, na novela "Viver a vida", Giovanna
divide com as leitoras da revista "Shape" os segredos da
felicidade, beleza e boa forma que a tornam cada dia mais
realizada.

Aos 33 anos, Giovanna acredita que seu corpo está muito
melhor do que há dez anos. Mais uma celebridade entre as
muitas adeptas ao Pilates, a morena conta que conheceu o
exercício por meio de uma amiga que estava com um corpo
incrível. "O Pilates fez bem para o meu corpo e para a minha
saúde", diz Giovanna, satisfeita. A atriz pratica uma série de
exercícios diversificados diariamente, além de 40 minutos de
transport (aparelho que simula os movimentos do esqui na neve).
"Já estou nessa há dois anos e ainda não pensei em parar. Eu
me encontrei na gama de atividades físicas", conta.



fonte/extra


A atriz é fã de maquiagem, mas não se considera escrava do visual.
"Quero estar bem. Uso um creminho para o rosto, outro nos olhos,
protetor solar e hidratante", afirma. Entre seus cosméticos preferidos
estão produtos das marcas L'Occitane, Dior, M.A.C, Avène e Lâncome.
Nos cabelos, apenas uma boa dupla de xampu e condicionador.
"Só hidrato no salão quando faço manutenção do megahair. Aí aproveito
para retocar a raiz, fazer o pé, a mão. Me sinto toda mulherzinha", brinca.

Giovanna vive uma rotina agitada, mas procura sempre dosar o trabalho e
os cuidados com o filho Pietro (do casamento com o ator Murilo Benício).
A atriz conta que não imagina sua vida sem o filho para cuidar e para se
preocupar. "Ele é minha razão de existir", declara Giovanna, emocionada.



postado por: 02:18






ENTREVISTA QUEM ACONTECE


FERNANDA YOUNG



fonte/quem



Fernanda Young dispara: “Queria ser gay, mas não consegui”

Apresentadora afirma que posou nua por vingança, relata experiências
com drogas e fala de sua admiração pelos homossexuais

Por Guilherme Samora

Quando marcou esta entrevista, Fernanda Young fez um pedido: queria
que a conversa fosse no Salve Jorge, bar que fica na região central de
São Paulo. Entre o Mosteiro de São Bento, a Rua 25 de Março, a Bolsa
de Valores e os cinemas eróticos, Fernanda diz sentir-se em casa.
A carreira da apresentadora do Irritando Fernanda Young (no GNT) está
movimentada. A polêmica é ingrediente comum a todos os seus novos
projetos: em novembro, ela vai ser a capa da Playboy, lança um novo livro,
O Pau, pela Editora Rocco, e sua linha de joias. Entre as criações de ouro,
cordões com grandes pingentes em forma de pênis, cravejados de diamantes.
“A marca chama-se Aydvonyoung, meu nome e o de Marcelinha, minha sócia
e amiga desde os 3 anos”, explica, mostrando as criações, que carregava na
bolsa.

Aos 39 anos, Fernanda fala – e com orgulho – da vontade de chocar a mãe.
Em contraponto, mostra seu lado materno quando o assunto é suas filhas:
as gêmeas Cecília Madonna e Estela May, de 9 anos, e Catarina, de 7 meses,
adotada recentemente por ela e o marido, o escritor Alexandre Machado, com
quem escreveu sucessos da TV e do cinema como Os Normais. “Minhas filhas
foram minha salvação. Eu iria enlouquecer sem elas”, resume.

QUEM: Você disse que, com o lançamento de seu novo livro, sua mãe cortaria
relações de vez com você. É uma missão sua irritá-la?
FERNANDA YOUNG: Eu sempre tive uma postura anárquica, delinquente. Me
sinto muito orgulhosa por ter isso na minha genética. Não é por ter espírito de
porco, mas por achar que tudo que é tido como certo é perigoso. Mas não é
uma questão pessoal, é por ela ser uma mulher comum. Ela é advogada, séria...
me dá uma vontade enorme de provocá-la! Eu sou de Niterói, morava em frente
à praia. Minha mãe é uma mulher loira, morena, bela. E se sentia à vontade
sendo igual aos outros.

QUEM: Não consigo te imaginar em Niterói. Acho você a cara de São Paulo...

FY: E sou! Eu e Rita Lee (risos). Tudo em Niterói foi estranho, difícil. Nunca me
senti integrada ao Rio de Janeiro. Claro que o Rio – e isso inclui Niterói – é um
dos lugares mais bonitos do mundo e ponto! A questão é que no Rio há o senso
comum que é categórico. Se você não se adapta a ele, é muito difícil que
sobreviva à cidade. Talvez em algum momento eu tenha tentado me adequar.
Para sobreviver, talvez tenha pensado em ser, sei lá...


“SE ALGUÉM ME DISSESSE QUE EU ERA BONITA, ERA CAPAZ DE DAR
UMA ESCARRADA NA CARA. NÃO ME ACHAVA –
E NÃO SABIA ESCUTAR ELOGIOS.”

QUEM: A moça da praia?

FY: Isso! Mas não deu. Toda vez que vou ao Rio, sinto como se tivesse sido
rejeitada pelo meu berço. Trabalho muito com atores do Rio, a Globo está no
Rio, minha família é do Rio, mas a minha sensação é de rejeição. Não minha
para com o Rio, mas do Rio para comigo.

QUEM: Voltaria para Niterói?

FY: Não, não. E acho muito improvável que o Rio se torne uma cidade que
tenha um ritmo necessário para que eu viva lá. Sou muito disciplinada, muito
metódica. Conviver no Rio seria insuportável para mim, pois iria pirar com o
ritmo da cidade. Talvez uma cidade tão bonita mereça ser mais leve. Mas eu
sou intensa, dramática e estressada. Sou isto aqui. Olha, que lindo (diz,
apontando para a rua, debaixo de garoa e sem sol). Que lugar lindo!
Que dia lindo!

QUEM: Você já disse que parou de fumar, pois percebeu que o cigarro não
preencheria a ausência de seu pai. Mas ele está vivo, não está?

FY: Vivo. Houve um afastamento desde muito cedo e ambos vacilamos nisso
(ele e a mãe de Fernanda separaram-se quando ela tinha 6 anos).
Não consigo reverter essa parada. É triste, mas já não fumo mais para tentar
preencher esse vazio. Minha literatura já não gira mais em torno disso.

QUEM: Quando saiu de Niterói?

FY: Com meus 16, 17 anos. E ganhei a liberdade. Por isso sou implacável
nesse assunto. Depois que se conquista o direito à liberdade, como voltar atrás?

QUEM: Você pensa no dia em que suas filhas sairão de casa?

FY: Eu tenho que prepará-las para isso e quero que elas tenham a minha casa
e a mim como um retorno possível. Acredito que existe um ciclo de pai e de mãe
que é até os 21 anos de idade. Até lá, tenho que prepará-las para a saída.

QUEM: E se for aos 16, como você fez?

FY: Se elas estiverem preparadas, o.k. Eu estava preparada para isso.
Foi o ideal ter parado de estudar (ela interrompeu os estudos e fez um
supletivo para concluir o ensino médio) e viver algumas coisas muito cedo?
Como mãe, acho que não. Mas eu não seria a mesma se tivesse sido de
outra forma.

QUEM: A que tipo de coisa se refere?

FY: Fumar, por exemplo. Comecei com 13 anos. Uma loucura, coisa indecente!
De tudo com que você entra em contato e pode te viciar, o cigarro é a pior coisa
que já fiz. Fiquei tão mais inteligente quando parei de fumar!




fonte/quem



QUEM: Usou outros tipos de drogas?

FY: Já, já experimentei outras. Mas hoje não uso nada. Maconha, que eu não
tenho a hipocrisia de considerar pior que a cerveja, não posso fumar. Se eu fumar,
parece que tomei um LSD. A coisa vai numa grandiosidade! Eu fiquei fraquinha
com a idade (risos). Então, só tomo cerveja. Se eu tomo um uísque, eu perco a
tampa. Não posso. Fico muito louca.

QUEM: O que mais experimentou?
FY: Outras coisas... nada tão dramático. Aquela louca nunca me piquei (risos).
Mas a cocaína é a pior. É a droga do ego, em que você acha que tudo gira em
torno de você. Uma droga que alimenta essa sensação é muito estranho.

QUEM: Você se considera egocêntrica?

FY: Tendo a achar que tudo é culpa minha. Mas não tinha o ego de me achar
maravilhosa. Pelo contrário: tive que lutar para adquirir uma autoestima para me
defender. Mas só consegui com 30 anos, quando as gêmeas nasceram.

QUEM: Não se achava bonita antes disso?

FY: Ah, se alguém me dissesse que eu era bonita, era capaz de dar uma
escarrada na cara. Não me achava – e não sabia escutar elogios.

QUEM: E hoje?

FY: Hoje sei! Sei e concordo. Me acho bonita! Estou com o corpo ótimo.

QUEM: Tanto que vai sair na Playboy...
FY: Sim! Já até fotografei.


“TENHO CARA DE QUEM FAZ SURUBA – E NÃO FAÇO! TIVE POUQUÍSSIMOS
PARCEIROS SEXUAIS. TRANSEI MUITO, MAS COM POUCOS PARCEIROS
SEXUAIS.”

QUEM: Qual o tema das fotos?

FY: Não queria criar uma personagem, para não me justificar:
“Não sou eu, é uma personagem” (fala com cara de deboche). Arte?
Pelo amor de Deus! Isso não é arte. Arte é quando escrevo um romance.
A ideia (das fotos) é de uma mulher que aguarda. Nada mais excitante!
Eu queria fazer algo bonito, mas erótico! Tem que ser erótico!

QUEM: Sentiu-se bem fazendo as fotos?

FY: Minha relação com a nudez é a seguinte: ando nua na frente das pessoas.
Mas, se eu me interessar pela pessoa, aí ferrou. Apaga a luz, enrola em toalha.

QUEM: Então, o seu posar nua não é por arte. Também já deixou claro que
dinheiro não é motivo. Qual o motivo, afinal?

FY: É por vingança mesmo! Vingança do “baba, baby”, sabe? Sempre teve
alguém que não quis a gente. Minha carência não admite o abandono! Então,
tem uns três babacas que estou adorando provocar (com as fotos). Mas eu
ficaria muito grata se, vendo minhas fotos, outras mulheres interessantes
viessem a posar. Até os anos 90, houve um exercício ainda ideológico do nu.
Depois, bregueou tudo.

QUEM: Você fala das mulheres-frutas?

FY: É... Ninguém está dizendo que essas mulheres hortifrútis não têm seu
espaço de erotismo. Mas, no Brasil, há uma banalização do erótico que vai
sempre para o mau gosto, para o cafona. Mau gosto para o meu gosto, sabe?
Existem pessoas que acham que a branca, tatuada, andrógina e inteligente é
bonita. Não precisa ter aquela bunda toda e ser BBB.
Ser BBB é o fim da picada. Posar nua já foi um ato político. Ainda pode ser,
mas a gente não pode ceder à tentação de se parecer com uma garota de
programa num pole dance. Aliás, se eu tivesse visto essa revista antes,
não teria assinado o contrato.

QUEM: Está preparada para críticas?

FY: Já escutei. Estou preparada. Mas quer saber? Essas pessoas nunca me
ajudaram quando eu estava lá, lançando meus romances. Minha literatura
recebeu os créditos que merece? Não. Eu vendo muito por ter leitores.
Esses acadêmicos, jornalistas e críticos nunca falaram de minha literatura
como ela merece e agora vêm me cobrar? No mundo, tem muita mulher que
tem que andar com o pano enrolado para não mostrar nem o olho ou o cabelo.
Cá entre nós: se eu puder exercitar minha liberdade de ser mulher e nua, é um
grande sinal.

QUEM: Então, a vaidade não pesou no fato de posar nua?

FY: Nem um pouco. Tive um momento de deslumbre uma vez na vida, quando
estava lançando meu segundo livro, aos 27 anos, e fui alçada a uma coisa
meio hype. Mas durou pouco. Foi uma época em que me dediquei ao
champanhe. Fui viciada em champanhe (risos). Eu fiquei coquete.
Eu vou usar um termo que Alexandre (Machado, seu marido) usa: fiquei
flamboyant (risos). Fiquei ridícula. Cedi à tentação. Mas foi muito breve.

QUEM: Você teve algum tipo de preparação para as fotos?

FY: Nada específico. Tenho o corpo atlético. Meu corpo está cada vez
melhor. Faço muito pilates. Vendo as fotos, fiquei espantada. Não sabia
que estava tão bem. Posso dizer claramente que os retoques feitos serão
por causa de umas estrias da época da gravidez e pouca celulite na área
das nádegas. Minha barriga, musculatura, realmente estão melhores do
que nunca.

QUEM: Você vê revistas de mulheres nuas?

FY: Quando tem uma personagem que me interessa . Há muito tempo eu
não manifesto o desejo de comprar... Mas a mulher gosta de ver a nudez
de outra mulher. O público que imagino que vá comprar minha revista é a
pessoa que tem a intenção erótica de me ver nua, o gay que se interessa
por mim, a pessoa que está chocada e quer me “chochar”... mas sei que
muita mulher vai comprar! A gente gosta de se ver. Mas não perco tempo
vendo revista de homem pelado, por exemplo.

QUEM: Por que não?

FY: Acho nojento. Aquela coisa horrorosa de barriga tanquinho, músculos...
É tão musculoso que fica com a cabeça pequena. Me lembra um açougue.
E eu, como vegetariana, não gosto de açougues (risos). Esteticamente,
a mulher tem um corpo lindo. O ventre é lindo, a bunda é bonita. Não precisa
ter atração, mas o feminino é belo. No homem, me atrai a inteligência.
Veja o Alexandre. Ele é sensacional! É genial. A única coisa razoavelmente
certa que minha mãe falou foi que ele é o único homem que me aguentaria.
Acho que é verdade. Não permito o ridículo de pedir autorização de
absolutamente nada na minha vida. E homem não aguenta isso.

QUEM: No mesmo mês, além da revista, você lança o livro.
Pode adiantar algo sobre ele?

FY: Se chama O Pau. No sentido fálico, do órgão sexual, mesmo.
É um thriller. A história de uma mulher que passa a noite inteira ao
lado de um homem, que é seu namorado, descobrindo coisas sobre
ele e o punindo. Ela faz um estrago bonito no rapaz...


“ACHO ESTRANHO PESSOAS QUE VIVEM RELACIONAMENTOS
SIMPLESMENTE SEXUAIS. A INTELIGÊNCIA DO OUTRO É MUITO
MAIS ATRAENTE PARA MIM DO QUE O SEXO. MAS SEXO É
SUPERINTRIGANTE. É O QUARTO ESCURO DAS PESSOAS.”

QUEM: O sexo tem sempre um papel importante em seus livros...

FY: E olha que não sou uma pessoa muito sexualizada. Tem umas
temporadas que eu tiro o sexo da minha cabeça. Acho muito estranho
pessoas que vivem relacionamentos pura e simplesmente sexuais.
A inteligência do outro é muito mais atraente para mim do que o sexo.
Mas sexo é superintrigante. É o quarto escuro das pessoas. É como
se fosse o melhor do humano para esmiuçar, cutucar. Mas não fico
falando sobre sexo.

QUEM: Mas você fez um programa com a Rita Lee no qual falavam
sobre orgia...

FY: Ah, mas não fiz nem faria suruba! Eu precisaria estar com um aplicativo
muito forte na cabeça para fazer um negócio desses. Debocho muito da suruba.
É uma coisa muito doida. As pessoas mais improváveis fazem suruba. Eu
tenho cara de quem faz suruba – e não faço! Eu tenho pouquíssimas
experiências. Tive poucos parceiros sexuais. Transei muito, mas com poucas
pessoas. E isso é muito bom. Você não gasta energia vital. Acho que boa parte
da minha vivacidade vem disso: não fico por aí trocando energias casuais.

QUEM: Lembra de sua primeira vez?

FY: Ih, foi um saco perder (a virgindade). Na minha época, você só podia
dar se estivesse amando e fosse para sempre. Para mim foi horrível: me
decepcionei com o amor e com o sexo. Flagrei o cara com quem transei
pela primeira vez na cama com outra mulher. Tinha uns 16 anos.
É mais fácil imaginar um soco na cara do que um flagrante.
Um soco a gente sabe o que vai sentir.

QUEM: Como você vê a traição?

FY: Normal, não é (risos)? Ninguém quer, ninguém gosta e o ideal é não
provocar essa hipótese. Mas está aí. Todo mundo já traiu. Só não vou
falar quando ou vou me queimar (risos).

QUEM: Viveria um casamento aberto?

FY: Não! Imagina a gente sentado de manhã, conversando: “Oi, como foi ontem?
Sentiu alguma emoção (com a outra pessoa)?”. De jeito nenhum.
Sou muito ciumenta, passional e dramática para isso.

QUEM: Você tem muitos fãs gays...

FY: Graças a Deus. Eu os admiro demais. Quando mais nova e com
poucos recursos – financeiros, afetivos –, eu tive a ajuda de homens
gays que foram fundamentais para mim. Eles são paternais e maternais
na mesma essência. Mas a verdade é que nunca fui gay. Nunca
consegui ser. Queria ser gay, mas não consegui.


postado por: 02:12




postado por: 01:56




MARIA BETANIA GANHA PALCO COM SEU NOME


fonte/globo





MILENE DOMINGUEZ:
" FOI A SITUAÇÃO MAIS CONSTRANGEDORA QUE PASSEI NA VIDA "
ELA ESTÁ SE REFERINDO A AUDIÊNCIA QUE TEVE QUE COMPARECER
EM MADRI PARA REVER O VALOR DA PENSÃO ALIMENTÍCIA DE RONALD


fonte/globo





MARIA RITA SE PREPARA PARA SHOW EM SP


fonte/ig





SAMARA FELIPPO MOSTRA ALICIA SUA FILHA COM O JOGADOR
LEANDRINHO . AS DUAS PARTICIPAM DA CAMPANHA DE
DOAÇÃO DE LEITE MATERNO


fonte/terra









CONTADOR DE ACESSOS

Contador de visitas





postado por: 01:51




arquivo